Evento Cosmos 29 Anos

We did it!
“Sem dúvida alguma, um dos maiores nomes da ciência é Carl Sagan. Quem com
um pouco mais de 30 anos não se lembra da famosa minissérie na década de 80,
onde um homem ousou mostrar que Ciência pode se aprender de uma maneira
fácil e pela TV.
Hoje, isto até parece coisa boba, já que temos tantos programas de
documentários e emissoras com o mesmo tema.
Mas devemos lembrar, que, mais exatamente, 1980, a realidade era outra.
Cosmos passou no Brasil, em meados de 1982, na Rede Globo, e atraiu milhares
de crianças e adultos, que hoje se transformaram no futuro da nação.
Na época, eramos apenas entusiastas, sonhadores, de talvez, um mundo melhor.
Carl Sagan, através de Cosmos, ousou desafiar políticos e cientistas,
mostrando uma realidade que um dia, poderia ser dura. Um bom exemplo, é o
efeito estufa, aquecimento global, a fome em larga escala.
Mas ele também mostrou um mundo melhor, com novos inventos, a conquista
espacial e alternativas para a humanidade progredir.
E preparando para os 30 anos do lançamento de Cosmos (EUA), o grupo Cosmos
Brasil está realizando um evento para relembrar um pouco mais da história da
ciência, onde teremos o grande desfecho das comemorações em outubro de 2010,
que utilizando o título de um famoso filme, podemos dizer com toda certeza,
será o Ano em que Faremos Contato”.

Fiz aqui questão de começar este artigo com o belíssimo texto de nosso
release para o Evento Cosmos: 29 Anos, pelo fato dele mostrar um pouco do
sentimento que todos nós, do Aumanack e do grupo Cosmos Brasil, temos com
relação a mais famosa série de divulgação científica de todos os tempos.
NÃO SOMOS seguidores de Carl Sagan, como uns e outros se intitulam por aí.
Ele não foi messias, e obviamente nunca desejaria isso. Somos fãs desse ser
humano extraordinário e cientista único, cuja visão e idéias continuam hoje,
29 anos depois de Cosmos, mais atuais do que nunca.
O que seguimos é o exemplo de Carl, nos preocupando com a Terra e a
sociedade terrestre, e ansiando por explorar as fronteiras, tanto do
conhecimento, quanto do espaço.
E antes de descrever o que foram essas extraordinárias horas que passamos,
novamente na Estação Ciência, vale a pena destacar um fato que nos encheu de
orgulho:

Este foi o PRIMEIRO EVENTO, em todo o mundo, dedicado a série Cosmos e a
Carl Sagan, pelo que pudemos apurar!

O dia começou, como não poderia deixar de ser, com cerca de meia hora do
primeiro episódio de Cosmos, Uma Viagem no Oceano Cósmico, e detalhe, com a
dublagem original de 1982! Pessoalmente, ter assistido na época esse
espetáculo mudou minha vida para sempre. Depois conferimos uma versão
editada da biografia de Carl que foi exibida pelo canal E, e entraram a
seguir nossos amigos da FFESP (Federação da Frota Estelar de São Paulo), e
Grupo Zona Neutra, para comentarem o maravilhoso novo filme da franquia,
Star Trek! Esse é com certeza o universo da Ficção Científica que mais se
aproxima das idéias e visões de Sagan. E o Almirante César, um de nossos
amigos, leu uma crítica do tipo “não vi e não gostei” de um indivíduo que
escreve para uma conhecida revista de divulgação científica, e que
lamentavelmente já teve dias melhores. O sujeito, claro, detonou o filme,
indo na contramão de quem realmente o assistiu, e naturalmente foi bastante
vaiado em sua insignificância.
Após o intervalo do almoço, nossos amigos de Jornada nas Estrelas
retornaram, ao mesmo tempo que foi exibido um divertido documentário do
Discovery Channel sobre o que foi mostrado na série e se tornou realidade,
entre o celular, portas deslizantes, e até os atuais estudos sobre a
velocidade de dobra! Por sinal, vale lembrar que existe em Star Trek uma
Classe Sagan, semelhante a Grison (vista em A Procura de Spock), e que uma
segunda USS Sagan foi construída dentro da Classe Intrepid, a mesma de
Voyager. Sem esquecer, naturalmente, a belíssima homenagem feita no
penúltimo episódio da série Enterprise, quando foi mostrado o ponto de
repouso, em Marte, do jipe robô Sojourner, ponto que foi batizado como
Estação Memorial Carl Sagan.
Vários artigos, livros e revistas relacionados a Sagan e sua obra estiveram
expostos, incluindo nada menos que três exemplares de sua obra-prima e
motivo principal deste evento, Cosmos! Este co-editor levou uma edição de
março de 2000 da revista Discover, com uma matéria de capa sobre planetas
extrassolares, e a legenda “CARL SAGAN WAS RIGHT”, Carl Sagan Estava Certo.
A Ufo 130, onde tive o privilégio de assinar uma matéria sobre a vida e a
obra desse grande cientista, igualmente foi destaque, com exemplares sendo
sorteados entre os presentes. Vale lembrar que foi a única revista
brasileira a, próximo do aniversário de dez anos da morte de Carl, saiu as
bancas para homenageá-lo. Nosso co-editor Alan levou um disco de vinil com a
deslumbrante trilha sonora da série, mais a própria Cosmos em DVD, que
inexplicavelmente não se acha mais no mercado. E nossos amigos da loja
Coleciona expuseram variadas miniaturas do filme Star Trek que ainda nem
estão sendo comercializadas, com destaque, claro, para a deslumbrante nova
versão da Enterprise. Um dos grandes destaques sem dúvida foi o telescópio
Cosmos, construído por nossa amiga Silvia Reis do Grupo Zona Neutra.
Entremeados pela maravilhosa sequência do Calendário Cósmico, tivemos um
ótimo bate-papo a respeito de inúmeros aspectos da vida e obra de Carl.
Quase nada ficou de fora, incluindo a preocupação com o meio ambiente, a
condenação contra a corrida armamentista, os mais recentes avanços da
Astronomia… falamos de energia e matéria escura, e também o fluxo escuro
que pode ser a prova da existência de múltiplos universos, multiverso esse
que Carl Sagan igualmente pode ter antecipado em Cosmos.
O perigo do obscurantismo foi lembrado, com diversas instituições, incluindo
algumas famosas e de elevada reputação, dando espaço para a lamentável
introdução do criacionismo em salas de aula. Todos foram unânimes em
condenar o ensino do que não passa de uma crendice, que não é apoiada sequer
pelo próprio Vaticano, em aulas de ciência. Houve um espaço também para
alguns comentários sobre Ufologia, obviamente com toda a seriedade e
critérios científicos devidos.
Um documentário recentemente exibido sobre a missão da sonda Phoenix em
Marte, quando pela primeira vez a água do planeta foi tocada por um engenho
da Terra, foi seguido pelo vídeo de encerramento, o já famoso Pálido Ponto
Azul. Após a sonda Voyager passar por Saturno, Carl teve a idéia de apontar
suas câmeras na direção da Terra, e o resultado foi um pequeno pixel azul na
imagem. Conforme o grande divulgador da Ciência narra, é nesse pálido ponto
azul que existe ou existiu tudo o que cada um de vocês conhece, todas as
pessoas que já ouviu falar, e cada um dos tiranos megalomaníacos que por um
tempo se auto-intitularam líderes de um pequeno canto desse pálido ponto
azul.
Não poderíamos pedir por um encerramento mais coerente com o espírito e as
idéias de Carl Sagan! Todos os presentes, em número superior a 100 ao longo
de todo o dia, se confessaram emocionados por rever, mesmo que apenas em
poucos trechos, essa obra-prima da divulgação científica.
Por sinal, já está mais do que na hora, chegando em 2010 o aniversário de 30
anos de Cosmos, que tanto a série, no formato de DVD quanto o livro sejam
relançados para encantar novas gerações! Nós, do Aumanack e Cosmos Brasil,
começamos a fazer nossa parte, que prosseguirá no ano que vem com uma
programação especial para comemorar o trigésimo aniversário da grande obra
de Carl Sagan.
Deixamos aqui os maiores agradecimentos para a Folha de São Paulo, o
Trekbrasilis, USP, UnB e especialmente a Rádio Bandeirantes por terem
divulgado o evento, e também um muito obrigado para a participação e apoio
dos amigos da FFESP, Zona Neutra, Revista Ufo, Revista Scifi News,
Coleciona, WA2S e mais uma vez para a Estação Ciência, cuja parceria é
motivo apenas de muita satisfação e orgulho para nós.
Até 2010, com o Evento Cosmos: 30 Anos!

Artigos relacionados

75 Anos de Carl Sagan Se estivesse vivo, o maior divulgador científico de todos os tempos, Carl Edward Sagan, estaria hoje completando 75 anos. Nascido em 9 de novembro d...
Vida em Gliese 581g, e como a descobrimos? Vivemos uma coincidência extraordinária em nosso evento Cosmos 30 Anos, realizado no último sábado, 2 de outubro, na Estação Ciência. Na quinta, d...
Remake atualizado da série Cosmos é sucesso mundia... Depois da surpreendente exploração do universo de Carl Sagan em "Cosmos: A Personal Voyage", Nat Geo embarca em uma nova rota entre as estrelas co...
III Encontro Cosmos: Carl Sagan Nascia há 31 anos uma das séries televisivas de maior sucesso mundial, Cosmos.     Criada por Carl Sagan e sua esposa Ann...
IV – Evento Cosmos: dia 01 e 02 de Dezembro Sagan foi um homem sempre a frente de seu tempo, uma pessoa sem medo de errar e que ensinou gerações adquirirem amor pela ciência e o planeta. Carl...

Adicione seu comentário

Powered by Facebook Comments

Deixe uma resposta