Cosplay World: Fábio Henrique de Souza Barbosa


cosplaysouza

Entrevistamos o Fábio Henrique de Souza Barbosa, que é de Piracaia, interior de São Paulo e com apenas 17 anos está cursando Eletroeletrônica e faz cosplays incríveis! Dá só uma olhada:

– Por que você resolveu começar a fazer cosplay?

Então, conheci o cosplay mesmo indo a eventos menores na região em 2012, porém sempre tive vontade de me vestir como um personagem que eu gostava quando criança, no caso das armaduras dos cavaleiros do zodíaco. Em 2013 tive mais vontade depois de ver os cosplays no Anime Friends e decidi fazer, aonde participei de um concurso e um evento aqui na região chamado Anime Nipo.

– É você mesmo quem faz seus cosplays e acessórios?

Bom, a parte eletrônica deles sim, porém estou começando a aprender a fazer meus próprios acessórios mas meus cosplays em si foram outras pessoas que fizeram pra mim.
– O quê você leva em consideração na hora de escolher um personagem?

Bom, eu não sou contra fazer cosplay so porque achou o personagem legal ou porque achou a roupa legal (antes de conhecer a historia do personagem), porém é bem interessante e mais prazeroso você fazer aquele personagem que você conhece e gosta bastante. É bem gratificante quando elogiam seu cosplay de um personagem preferido seu.

– Um dos seus cosplays que mais chama atenção, sem sombra de dúvidas, é o espantalho de Batman: Arkham Asylum. Conta um pouco pra gente como foi o processo de escolha e criação desse cosplay.

Bom, eu gostei do personagem Espantalho através do filme, até que um dia estava conversando com uma amiga sobre vilões do Batman e começamos a falar dele e acabei conhecendo o jogo e me interessei bastante também, aí comecei a pesquisar a historia por trás do Espantalho e a conhecer a Vida do Dr. Crane e acabei achando bem interessante a história dele como vilão e decidi fazer o cosplay

– Pergunta bônus: Jonathan Crane é traumatizado pela infância abusiva que sofreu na mão da avó (como a gente pode ver em Batman – Espantalho: Ano Um). Qual é o seu maior trauma de infância?

Comparado a ele acho que não tive nenhum trauma de infância. Nunca tive problemas nela.

– Onde a gente pode acompanhar o seu trabalho?

Bom, por enquanto não tenho uma página própria, mas logo estou para criar, mas sempre posto projetos e tutoriais de eletrônica no meu próprio facebook (https://www.facebook.com/fabio.henrique.71404 ) e as fotos dos ensaios no World Cosplay (http://worldcosplay.net/member/128109) de DeviantArt (http://morholt21.deviantart.com).

dracule_mihawk_by_morholt21-d845ffz.jpg (727×1098)

 

Artigos relacionados

09 fatores que despertam a nostalgia dos otakus Quem manteve uma paixão pela cultura japonesa nos anos 2000 – ou até mesmo antes –, provavelmente tinha alguns hábitos ou mesmo objetos indispensáveis...
Anime Friends: Público recebe com carinho os atore... Os atores japoneses Shouhei Kusaka, conhecido por interpretar o Policial de Aço Jiban, que foi sucesso no Brasil na década de 1990, e Takumi Tsut...
Casa dobrável inspirada no anime A Princesa e o Ca... Uma das grandes joias da animação japonesa o mangá A Princesa e o Cavaleiro teve origem e publicado em três versões de 1954 a 1966 e o anime exibido e...
Anime Friends terá presença de atores de Jiban, Ji... Intérpretes de personagens que se tornaram ícones da cultura pop no Brasil a partir do fim dos anos 80 estarão no país para participar do Anime Friend...
Bienal Internacional do Livro | de SP celebra mund... Os amantes de quadrinhos e ficção científica vão poder participar de palestras, lançamento de livros e quadrinhos e dia especial do Cosplay &nb...

Adicione seu comentário


Powered by Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *