Truque de mestre 2

885c22a9117c6a86c03d407941cb702e_XL

Os mestres da mágica conhecidos como Os Quatro Cavaleiros retornam para um número de escapada inesquecível e ousado, elevando os limites da ilusão no palco a novos patamares para tentar limpar seus nomes e expor a crueldade de um perigoso magnata da tecnologia.
Um ano após seu show à la Robin Hood ganhar o coração do público e confrontar o FBI, o quarteto ressurge para uma performance triunfal, que fará seus shows anteriores parecerem uma brincadeira de criança. Com a ajuda do agente do FBI Dylan Rhodes (Mark Ruffalo), os Cavaleiros — J. Daniel Atlas (Jesse Eisenberg), Merritt McKinney (Woody Harrelson), Jack Wilder (Dave Franco) e a nova adição, Lola (Lizzy Caplan) — bolam uma meticulosa aparição-surpresa para expor um magnata corrupto, Owen Case (Ben Lamb).
Mas o tiro sai pela culatra e expõe o envolvimento de Dylan com os Cavaleiros, causando a fuga de todos. Para reaver sua liberdade e reputação, o grupo é forçado pelo recluso milionário Walter Mabry (Daniel Radcliffe) a recuperar um chip de computador incrivelmente poderoso, roubado por ninguém menos que seu desleal ex-sócio, Owen Case. Os Cavaleiros logo se encontram novamente enfrentando o inescrupuloso empresário Arthur Tressler (Michael Caine) e o cético profissional Thaddeus Bradley (Morgan Freeman) enquanto tentam realizar o roubo mais difícil de suas carreiras – e ainda assim, sem conseguir antecipar a última surpresa que os aguarda.
Truque de Mestre – O 2º Ato é estrelado por Jesse Eisenberg (A Rede Social, Batman vs Superman: A Origem da Justiça), Mark Ruffalo (Os Vingadores, Ilha do Medo), Woody Harrelson (“True Detective,” Jogos Vorazes), Dave Franco (Anjos da Lei, Vizinhos), Daniel Radcliffe (Harry Potter, Versos de um Crime), Lizzy Caplan (Cloverfield: Monstro; A Entrevista), Jay Chou (O Besouro Verde, A Maldição da Flor Dourada), Sanaa Lathan (Alien vs Predador, Contágio), com Michael Caine (A Origem, Interstelar) e Morgan Freeman (Invasão a Londres, Menina de Ouro).
Em Truque de Mestre – O 2º Ato, os produtores mudaram o foco de um filme de assalto orientado por performances de mágica para algo mais difícil de categorizar, na opinião de Solomon. “Para mim, filmes que desafiam a fácil classificação são os de mais sucesso”, diz. “Não sei especificar o gênero dele, as pessoas têm dito que é um suspense de espionagem ou de escapadas, uma comédia sobre mágicos. É um pouco disse tudo, tentamos criar a sensação de você estar vendo um grande mágico em ação, você sabe que está sendo enganado, sem saber como. É uma realidade levemente aumentada com personagens muito inteligentes e que têm habilidades que parecem quase superpoderes”.

 

[button link=”http://www.almanaque.etc.br/2016/07/07/critica-assistimos-o-otimo-truque-de-mestre-2-confira/” newwindow=”yes”] Confira nossa crítica do filme Truque de Mestre 2[/button]
O público sentirá que está assistindo a grandes mágicos fazendo seu melhor trabalho, de acordo com o roteirista. “Você deve ter aquela responsabilidade dual que a mágica evoca de forma sempre surpreendente; você fica espantado com o que está vendo, mesmo que você saiba que está sendo enganado. Você fica animado para ver onde ele vai levá-lo, a suspensão maravilhosa da descrença”.
Solomon elogia o comportamento de Chu no set, bem como os seus instintos de filmagem. “Há tantas coisas que eu realmente gosto em trabalhar com Jon”, diz o roteirista. “Ele é muito confiante dos artistas em torno dele, porque ele acredita que vai trazer o seu melhor trabalho para o filme. Só de saber que ele acredita, faz as pessoas se esforçarem para isso. Ele tem um olho incrível e ele é muito bom com a coreografia e movimento”.
“Eu conheço Jon há cerca de dez anos”, diz Cohen. “Ele tinha acabado de sair da escola de cinema da USC, onde ele fez um curta extraordinário, que era um musical completo. Ele realmente entende que a coreografia e movimento dentro de um quadro são essenciais para o que os mágicos fazem”.
Truque de Mestre – O 2º Ato começa um ano após o primeiro filme terminar, com os Cavaleiros escondidos e à espera do que a misteriosa sociedade secreta de magos conhecida como O Olho vai pedir que façam. Apesar do inimigo dos Cavaleiros, Thaddeus Bradley, um desmistificador notório de mágicas, ter sido preso por seus crimes, os mágicos continuam a ser os alvos de uma caçada do FBI.
“No primeiro filme, os Cavaleiros conhecem o seu plano antes de nós”, diz Cohen. “O público tem o prazer de tentar descobrir isso. Desta vez, as coisas dão errado muito rapidamente para eles. O público pode esperar um filme que tem um escopo maior, risos maiores e ação maior, enquanto vai mais fundo na mitologia do Olho. Temos truques de mágica impressionantes, mais enigmas, mais surpresas e, portanto, muito mais divertido”.
No coração deste filme, como a de seu antecessor, está um senso de aventura e surpresas, diz Solomon. “Eu espero que seja pelo menos tão divertido para o público a assistir como foi para nós fazer”, acrescenta. “Eu acho que as pessoas gostam de magia pela mesma razão que eles amam piadas. É o elemento surpresa. Você sabe que é um jogo, mas você se sente seguro. As pessoas gostam de assistir a um perito fazendo algo que não entendem muito bem e tentando chegar ao fundo desse mistério”.

 

Artigos relacionados

Crítica: assistimos o ótimo Truque de Mestre 2, co... Ah, a maravilhosa sétima arte! Como um filme pode causar emoções e opiniões tão divergentes (sem referências) em diversas pessoas, até mesmo e...

Adicione seu comentário

Powered by Facebook Comments

Deixe uma resposta