Marvel | As joias do infinito e o futuro da Marvel nos cinemas e a teoria THANOS


Posts Relacionados

Matéria originalmente publicada em 25/07/2016, atualização 03/05/2017.

Em mais um dos conteúdos presentes nos extras dos DVDs e Blu-Rays de Vingadores: Era de Ultron, alguns membros da equipe criativa responsável por diversos filmes da franquia explicam a suma importância que as seis Joias do Infinito tem nesse universo.

Para Jeremy Latchan, produtor executivo de três filmes da Marvel, as Joias do Infinito são a força que move toda a franquia. “Desde que nós começamos a construir o Universo Marvel Cinematográfico, nós construimos pensando nessa ideia das Joias do Infinito. O que há de divertido nas Joias do Infinito nos quadrinhos — ou as ‘Gemas do Infinito’, como elas eram conhecidas inicialmente — é que elas representam um grande, e incrivelmente poderoso, grupo de MacGuffins [elemento que conduz uma trama]”, afirma Latchan no vídeo.

As joias são cobiçadas pelo supervilão Thanos, que enfrentará os Avengers em Vingadores 3: Guerra Infinita – Parte 1 e Vingadores 4: Guerra Infinita – Parte 2. “Thanos sempre foi um grande manipulador, porque ele é, realmente, um deus. Mais do que o Thor, ele é como um mal supremo”, diz o diretor Joss Whedon, de A Era de Ultron e Os Vingadores – The Avengers. “Assim que ele consegue todas as joias, tudo é possível”, completa Latchan.
As Joias do Infinito representam nos quadrinhos. Originalmente chamadas simplesmente de Joias da Alma, sem a especificação das propriedades individuais de cada uma delas, as Joias surgiram como subdivisão da alma de um ser primordial que representava o próprio Universo.
Dividas em seis, cada qual comanda um determinado aspecto da existência. A partir daqui, temos:
A Joia da Alma, na cor verde, que ajuda a roubar, trocar e manipular a alma de qualquer ser, seja vivo ou morto. É a mais corruptível das gemas e quando tem seu potencial completo liberado, permite o controle de toda a vida no universo.
A Joia do Tempo, amarela, dá a seu usuário completo domínio do passado, presente e futuro, e ajuda na manipulação do tecido do tempo. Quando completamente dominada, garante onisciência.
A Joia do Espaço, por sua vez roxa, permite que o usuário esteja em qualquer lugar, e manipule as dimensões espaciais. Potencial completo garante onipresença.
A Joia da Mente, azul, faz com que o usuário possa acessar qualquer pensamento ou mente dos seres no universo. É uma joia que simboliza o subconsciente do universo.
A Joia da Realidade, laranja, permite a manipulação de todos os tecidos da realidade, mudando até mesmo o que é considerado impossível.
Por fim, a Joia do Poder, vermelha, dá ao usuário a capacidade de acessar todas as fontes de poder e energia que já existiram, existem e existirão no universo. Seu domínio garante quase completa onipotência.

latest (1280×720)

Tesseract: Joia do Espaço
Filmes em que foi apresentado: Capitão América: O Primeiro Vingador e Os Vingadores
Histórico:
Odin (até 965)
Vigia da Igreja (1942)
Caveira Vermelha e a Hidra (1942-1945)
S.H.I.E.L.D. (1945-2012)
Loki (2012)
Portador atual: Heimdall (Asgard).

O Tesseract, uma preciosa Joia que adapta, ao mesmo tempo, a Joia do Espaço e o Cubo Cósmico já foi confirmada como uma das Gemas do Infinito e deve ser utilizada em breve para que Thanos consiga realizar seus planos sinistros.
Ela surgiu pela primeira vez em Capitão América: O Primeiro Vingador, sendo motivo de ambição do Caveira Vermelha. Ao final do filme, descobrimos que seu poder é tamanho e capaz de transportar o vilão a algum lugar indeterminado no Espaço.
Depois de apreendida pela SHIELD, ela foi usada para abrir portais dimensionais para Loki e os Chitauri invadirem a Terra, em Os Vingadores. Uma vez que os vilões foram derrotados, a Joia foi levada até Asgard. Na versão cinematográfica, a Joia é azul.

 

eter-thor-2.jpg (1024×432)

Éter: Joia da Realidade
Filme em que foi apresentado: Thor: O Mundo Sombrio
Histórico:
Malekith (até 2987 a.C.)
Bor (2987 a.C.)
Jane Foster (2013)
Malekith (2013)
Asgard (2013)
Portador atual: o Colecionador (Museu do Colecionador).

Apresentada em Thor: O Mundo Sombrio, o Éter é a versão cinematográfica da Joia da Realidade. Na cor vermelha, ela consegue possuir o usuário e fazer com que ele possa adquirir poderes de manipulação do tecido da realidade.
Ela é inicialmente incorporada em Jane Foster, o que desperta Malekith e os Elfos Negros e os faz ir a procura do objeto, para reinserir o Universo em completa escuridão.
Depois que Thor consegue recuperar o Éter, ele é entregue nas mãos do Colecionador, ainda que não se saiba se, depois da explosão provocada pela Joia do Poder em Guardiões da Galáxia, ele tenha conseguido manter o objeto.

 

orbe.jpg (2048×1363)

Orbe: Joia do Poder
Filme em que foi apresentado: Guardiões da Galáxia
Histórico:
Planeta Morag (até 2014)
Peter Quill (2014)
Guardiões da Galáxia (2014)
Ronan, o Acusador (2014)
Portador atual: Tropas Nova (em Xandar).

Um objeto que despertou o interesse de alguns caçadores de relíquias, o Orbe contendo a Joia do Poder foi caçada por Yondu e seus comparsas, até que o Senhor das Estrelas, Peter Quill, conseguiu roubá-lo e tentou vendê-lo.
Depois que sua equipe é formada, ele leva a Joia até o Colecionador, que explica o funcionamento e o surgimentos dessas relíquias. Porém, uma escrava acaba despertando de forma errada o poder da Joia – que, em contato com determinadas superfícies, pode destruir até mesmo um planeta – e explode o Museu do Colecionador.
Ronan então chega no local e rouba a Joia, tentando futuramente usá-la para destruir Xandar, mas é impedido pelos Guardiões. Atualmente, a Joia está sendo guardada pela força policial de Xandar, a Tropa Nova.

 

avengers2-vision-posterignjpg-f554a4.jpg (1280×720)

Cetro de Loki/Visão: Joia da Mente
Filmes em que foi apresentado: Os Vingadores e Vingadores: Era de Ultron
Histórico:
Thanos (até 2012)
Loki (2012)
S.H.I.E.L.D. (2012-2014)
Hidra (2014-2015)
Vingadores (2015)
Ultron (2015)
Portador atual: Visão (Terra).

Uma das joias mais interessantes já mostradas, a Joia da Mente foi inserida inicialmente em Os Vingadores, no cetro empunhado por Loki. Através dela, o vilão conseguia manipular a vontade das outras pessoas.
Futuramente, em guarda da SHIELD, ela teria sido roubada pela HIDRA e usada para desenvolver os poderes dos Irmãos Maximoff (em Vingadores: Era de Ultron), isso até o momento em que os Vingadores tomaram o cetro deles, e logo em seguida, perderam o objeto para Ultron.
O vilão então quebra o invólucro da gema, revelando a Joia amarela, e utilizando-a para criar o Visão. Uma vez que o herói foi criado, ele se rebelou contra seu criador. Mas continua com a Gema em sua testa.
Uma vez que essas foram descobertas, resta saber o destino da Joia da Alma e do Tempo, que, como revelado em Guardiões da Galáxia, possuem as cores verde e laranja. Afinal, em que filmes da Fase 3 elas podem aparecer?
Joias do Tempo e da Alma
As Joias do Tempo e da Alma ainda não foram vistas no Universo Cinematográfico da Marvel. Nos quadrinhos, a Joia do Tempo permite ao seu portador o domínio total sobre o passado, o presente e o futuro, e pode ser utilizada como uma arma, aprisionando suas vítimas em ciclos do tempo.

 

Olho de Agamotto/Doutor Estranho: Joia do tempo

Filmes em que foi apresentado: Doutor Estranho (2016)
Portador atual: Doutor Estranho.

Depois da apresentação de Benedict Cumberbatch em Doutor Estranho e este sensacional trailer da Comic Con quase não resta dúvidas que além dos elogios referentes ao visual extremamente similar ao dos quadrinhos, os fãs notaram algo interessante em um objeto clássico das histórias do herói: O Olho de Agamotto possuía um brilho verde.
Nos quadrinhos, o objeto foi dado ao Doutor Estranho pela Eternidade para que pudesse batalhar contra Dormammu. Ele revela toda a verdade através de um poderoso raio de luz, retirando ilusões e trapaças.

 

Já a Joia da Alma dá a seu portador o poder de roubar, manipular e alterar almas, seja dos vivos ou mesmo dos mortos. Nos quadrinhos, Adam Warlock foi o principal guardião desta Joia, o personagem apareceu em seu casulo no final nos créditos finais do Guardiões da Galáxia Vol. 2. Teorias a parte, é bem provável que Adam fique com a gema somente no final de Ragnarok, quem aí aposta isso?

 

Thor: Ragnarök /  Joia da Alma
É sabido que o terceiro filme do Deus do Trovão, Thor: Ragnarök irá adaptar o evento que encerra o mundo na mitologia nórdica. Assim sendo, e pelo conteúdo cósmico já presente em outros filmes do Thor, é de se esperar que possamos ver uma Gema da Alma aqui.

A destruição do martelo por Hela e a mostra do seu interior levou os fãs a loucura nas redes sociais, e a confirmação da teoria THANOS (final desse antigo) está praticamente confirmada.
É interessante notar que, apesar da destruição e do “fim de tudo que existe”, o Ragnarök dos quadrinhos sempre tem uma forma cíclica, de forma que ele termine para dar surgimento ao início de tudo, mais uma vez com Hela resetando o universo asgardiano.

 

Hela = Morte

Nos quadrinhos Hela e a Morte são personagens totalmente diferentes, mas vale acrescentar que as suas origens de certa forma as torna uma única entidade, pois Hela em sua origem é a Deusa da Morte.

Nas Hqs Hela nasceu em Jotunheim, lar dos gigantes de gelo. Segundo a lenda, ela é filha de Loki, o deus da trapaça, e da gigante Angurboda. Quando atingiu a maioridade, Odin nomeou-a Deusa da Morte, dando-lhe domínio sobre os mortos nos reinos de Hel e Niffleheim.

Talvez em Thor Ragnarok ela não seja a filha de Loki, mas há quem diga que ela possa ser a sua mãe (especulação mais forte) ou a irmã do Loki.

Por isso ela teve força o suficiente para destruir o martelo do Deus do Trovão.

 

TEORIA THANOS

Como mostrado no gráfico acima esta teoria surgiu depois que (algum fã com certeza) associou a letra do nome do objeto onde as joias encontram-se escondidas. E com a exibição do trailer de Thor Ragnarok e a destruição do Mjölnir (HAMMER / MARTELO) a teoria praticamente está confirmada.

As cores das Joias do Infinito diferem entre os quadrinhos e os filmes. As cores originais na HQ são:
Joia do Poder: vermelha
Joia do Tempo: laranja
Joia da Mente: azul
Joia do Espaço: roxa
Joia da Realidade: amarela
Joia da Alma: verde

 


maxresdefault.jpg (1280×720)

Homem-Formiga e Vespa
Foi anunciado recentemente que, devido ao seu sucesso, Homem-Formiga ganharia uma continuação em 2018. Com o nome Homem-Formiga e Vespa, é esperado que o filme centre na busca por Janet Pym, no Reino Quântico, uma vez que Scott conseguiu fugir de lá com vida.
Pelo Reino Quântico ser um local que independa dos conceitos de tempo e espaço, é provável que a Joia do Tempo também seja apresentada lá. Ela poderia ser o centro dessa realidade, e ter conservado Janet com a mesma idade de quando ela foi parar lá.
Se trazida para nossa realidade, a Joia poderia ajudar Hank Pym a rejuvenescer, como algumas teorias diziam que aconteceria no primeiro filme. Assim sendo, ele pode passar a ocupar uma posição definida no Universo Marvel atual, ao mesmo tempo que Scott não deixa de existir. O único problema seria encaixar isso na cronologia, uma vez que Homem-Formiga e Vespa estreia depois da primeira parte de Vingadores: Guerra Infinita.

 

4f2b2921d5adfbf8552ab9cbd77502b5_XL.jpg (900×450)

Capitã Marvel
E se nem todas as Joias fossem apresentadas logo de cara em Vingadores: Guerra Infinita – Parte 1? Assim como Homem-Formiga e Vespa, Capitã Marvel estreia num meio-tempo entre a primeira e a segunda parte da investida de Thanos contra os Vingadores.
Não há muito a respeito do que teorizar aqui, tendo em vista que o filme tem pouquíssimas informações dignas de especulação, mas uma vez que a heroína tem forte relação com o universo cósmico da Marvel, faria sentido inserir uma Joia do Infinito no filme.
Não sabemos ao certo qual se encaixaria de forma ideal na história de Carol, se a Joia do Tempo ou a Joia da Alma, mas seria um ponto de partida interessante para uma história de origem da heroína.

 

guardians-galaxy-2-casting-images.jpg (1200×600)

Guardiões da Galáxia Vol. 2
Uma das teorias mais amadas pelos fãs a respeito de Guardiões da Galáxia e sua continuação é a possível identidade do pai de Peter Quill residir na messiânica figura de Adam Warlock, que tem um papel fundamental com as Joia do Infinito nos quadrinhos.
Lá, Warlock detém a Joia da Alma em sua testa, e foi, durante muito tempo, residente do universo interno da Gema. Supondo que a coisa vista em Guardiões da Galáxia seja realmente seu casulo, faz sentido imaginar que ele seja detentor da Joia.
Assim sendo, ele adotaria uma postura similar à que toma na saga Desafio Infinito. Nessa questão, eu também apostaria que, uma vez que o filme fosse baseado na saga, Loki tomaria o lugar de Mephisto, e Peter Quill e os Guardiões da Galáxia tomariam o lugar do Surfista Prateado.

infin111.jpg (540×290)
Vingadores: Guerra Infinita
E se todas as opções se esgotarem, ainda temos a chance de ver as Joias sendo apresentadas em Vingadores: Guerra Infinita – Parte 1 e Parte 2. A Guerra em questão poderia ser adiada para a segunda parte, e a primeira funcionaria como uma adaptação de Thanos: Em Busca de Poder.
Na série, Thanos vasculha todo o cosmo atrás dos Anciões do Universo, cada qual detentor de uma Joia do Infinito, para que ele possa cumprir seu objetivo: assassinar metade da população do Universo, ao mesmo tempo em que se torna digno do amor da Morte.
Nos cinemas, a Parte 1 poderia apresentar uma ou as duas joias restante, ao mesmo tempo em que vemos o vilão procurando todas as gemas e preenchendo, aos poucos, sua Manopla. Dessa forma, toda a grande Guerra poderia ser deixada para a segunda parte, que contaria com um crossover universal dos Vingadores e dos Guardiões da Galáxia, além dos heróis restantes do Universo Cinematográfico da Marvel.
Lembrando que, em Desafio infinito, Thanos alcança seu objetivo e assassina metade da população do Universo, mas o processo logo é revertido, o mesmo poderia acontecer nos cinemas, de modo que cada Joia poderia passar para as mãos de um herói protetor, formando assim os Illuminati ou a Guarda do Infinito.

 

Confira o calendário da Marvel nos cinemas

– Capitão América: Guerra Civil (28 de Abril de 2016 no Brasil e 6 de Maio de 2016 nos EUA)

– Doutor Estranho (3 de Novembro de 2016 no Brasil e 4 de Novembro de 2016 nos EUA)

– Guardiões da Galáxia 2 (4 de Maio de 2017 no Brasil e um dia depois nos EUA)

– Homem-Aranha: De Volta ao Lar (28 de Julho de 2017 nos EUA)

– Thor: Ragnarok (2 de Novembro de 2017 no Brasil e um dia depois nos EUA)

– Vingadores: Guerra Infinita – Parte I (4 de Maio de 2018 nos EUA)

– Pantera Negra (16 de Fevereiro de 2018 nos EUA)

– Capitã Marvel (14 de Março de 2019 nos EUA)

– Vingadores: Guerra Infinita – Parte II (3 de Maio de 2019 nos EUA)

– Título a ser anunciado (30 de abril de 2020)

– Título a ser anunciado (9 de julho de 2020)

– Título a ser anunciado (5 de novembro de 2020)

 

Fontes:

Adoro cinema
Minha serie
Legiao dos herois

 

 

 

Artigos relacionados

Confira as datas dos lançamentos da Disney, Marvel... Confira o calendário com os lançamentos de cinema (Disney, Marvel, Lucasfilm e Disney•Pixar) e dos canais (Disney Channel, Disney XD e Disney Junior) ...
Marvel revela sinopse e imagem dos bastidores de T... Thor: Ragnarok - (L-R) Director Taika Waititi and Chris Hemsworth. Photo by: Jasin Boland. ©2016 Marvel Studios. A Marvel Studios divulgou a s...
Por que BvS é melhor que Guerra Civil, ou o contrá... Heis a guerra filosófica do século! Direto ao assunto. Dizer que o fã busca referências no cinema como acontece em Batman vs Superman é uma ver...
Conheça o Flash de dois mundos na 2ª temporada de ... Sucesso da TV também ganha box exclusivo em DVD com as duas temporadas Correndo por aí na velocidade do som, a nova temporada de The Flash cheg...
Artigo | O fantasma dos reboots e remakes e “... Antes de falarmos sobre o fantasma dos remakes e reboots vale a pena explicar a diferença entre eles, remake, reboot e remasterização. (Excluíndo ...

Adicione seu comentário


Powered by Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *