PLAYBOY Brasil comenta volta da nudez na edição americana


marylin2
Marilyn foi a primeira a estampar a capa da Playboy, em 1953

O presidente Marcos de Abreu defende a importância da expressão social da publicação neste 64º aniversário da revista

Depois de um período de edições menos ousadas, a PLAYBOY americana anunciou a volta das fotos com nudez. De acordo com o diretor criativo da revista, Cooper Hefner, a decisão é baseada no entendimento de que a nudez é uma expressão artística normal e faz parte da essência e do estilo único da PLAYBOY.

Para Marcos Abreu, presidente da PLAYBOY Brasil, a notícia é para ser comemorada: a PLAYBOY está de volta.

“Estive recentemente nos Estados Unidos e apoio essa decisão, que para mim é mais do que acertada. Isso porque, enquanto a nudez ainda é tratada como tabu por algumas pessoas, a sociedade começa a perceber o quão natural é essa expressão artística. Acredito que, ao acabar com a nudez no impresso, a PLAYBOY americana passou por um momento de repaginação de sua identidade. Mas a verdade é que essa é uma essência intrínseca e única da grande marca que é a PLAYBOY”, diz Abreu.

Para comprovar o quanto a revista está engajada em ressaltar a normalidade e naturalidade da nudez, o CCO americano, Cooper Hefner, voltou a escrever a coluna “The Playboy Philosophy”, que o próprio Hugh Hefner publicou ao longo dos anos 60 para defender e expor a real identidade da PLAYBOY. Em seu primeiro texto, Cooper destaca que o mundo passa por grandes mudanças de pensamento e necessita, cada vez mais, de ideais que prezem pela igualdade, em uma sociedade que enxerga na nudez algo mais profundo do que apenas um resultado da cultura pop. Seja como movimento artístico, seja como posicionamento social, a PLAYBOY dá novamente um enorme passo em direção ao exclusivo e inovador.”

15-curiosidades-sobre-marilyn-monroe-5Marilyn foi a primeira a estampar a capa da Playboy, em 1953. A revista foi fundada em Chicago por Hugh Hefner, em 1953.  Segundo o fundador, ela se sentia completamente a vontade nua. O que era motivo para vulnerabilidade para muitas mulheres, era uma questão de poder para ela.

Marilyn Monroe tinha 22 anos em 1949 e não era muito conhecida. Foi nesse ano que o fotógrafo Tom Kelly a convidou para posar nua para um calendário, e ela aceitou porque estava precisando de dinheiro. No fim do dia, recebeu um cachê de US$ 50 pelo trabalho e essa teria sido a única vez que foi paga na vida para ser fotografada sem roupa. Marilyn assinou o ensaio como Mona Monroe porque tinha vergonha de usar seu nome verdadeiro: Norma Jeane Mortenson.

Tom Kelly vendeu as imagens em 1953 para Hugh Hefner por US$ 500, sabendo já se tratar de uma promissora atriz. Então elas foram publicadas em uma edição da “Playboy” que vendeu mais de 50 mil exemplares.

Questionada sobre a atitude escandalosa para a época ela respondeu. “Eu estava precisando do dinheiro“.

Quem gostar das imagens pode encomendar uma cópia através da Limited Runs, loja especializada em pôsteres vintage. Só clicar nesse link aqui. Certifique-se se eles entregam no Brasil. Bem, caso queiro, o google images está aí para isso.

Artigos relacionados

Marilyn Monroe | Descoberto mais de 50 fotos inédi... A revista LIFE descobriu os negativos no mês passado. Marilyn aparece relaxada nas fotos, no parque Griffith em Los Angeles em Agosto de 1950,...
Marilyn Monroe| Revista publica fotos inéditas da ... Fotos inéditas da atriz Marilyn Monroe nua serão publicadas na edição de junho da revista americana Vanity Fair. Sob o título de "A Splash of Mari...
Artigo| O biquini no cinema: Uma história antes da... Brigitte Bardot em Barbarella 1962  Talvez um dos assuntos mais polêmicos de 2015 foi a declaração de Carrie Fisher sobre o uso do icônico...
PLAYBOY dá início a venda de versão digital com Fl... A PLAYBOY dá início hoje as vendas da versão digital da revista. A novidade acontece especialmente para atender a demanda dos fãs internacionais da mo...

Adicione seu comentário


Powered by Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *