Oscar 2017 | Duas gafes (confira vídeo) na história do prêmio e Moonlight leva douradinho para casa

DETALHE no dedo do meio de Jimmy Kimmel 89th Academy Awards – Oscars Awards Show – Hollywood, California, U.S. – 26/02/17 – Jordan Horowitz of “La La Land” (L) holds the card announcing “Moonlight” as the winner of the Best Picture Oscar as presenter Warren Beatty (C) and show host Jimmy Kimmel stand behind. REUTERS/Lucy Nicholson

Ryan Reynolds este ano fez uma maciça e divertida campanha para que Deadpool concorresse a alguma categoria no Oscar 2017. Claro que não foi indicado, mas não é que o herói tagarela foi o mais lembrado da noite, não pelo prêmio, mas com certeza pela trolagem de alguém ao trocar os envelopes de melhor filme.

Durante a madrugada de hoje somente os assinantes do canal TNT puderam acompanhar ao vivo a apresentação do maior prêmio do cinema.

Apesar do erro que passou despercebido na entrega do InMemorian onde a foto da produtora Australiana Jan Chapman,  foi colocada no lugar de Janet Patterson que realmente morreu em outubro de 2016.

Ano passado depois da péssima repercussão de não ter diversidade nos indicados, este ano o Oscar bateu o recorde de maior número profissionais negros, 20. Há anos o Oscar tenta alavancar a audiência e dessa vez o prêmio entrou para a história não somente pelo glamour mas pela gafe de ler o nome do vencedor de melhor filme La La Land no lugar de Moonlight, La La Land levou seis prêmios.

Dois outros recordes entre tantos, o diretor Damien Chazelle (La La Land – Cantando Estações) se tornou o mais jovem a levar a estatueta, com 32 anos e 1 mês. E se você acha que Leonardo DiCaprio era o homem mais azarado do Oscar este recorde era de Kevin O´Connel que levou o prêmio de engenheiro de som por até o Último Homem, – ele já havia sido indicado 20 vezes.

Já sabemos qual vai ser o novo visual do Oscar para 2018.

Confira vídeo abaixo o momento da entrega

Melhor Ator Coadjuvante
Mahershala Ali (Moonlight: Sob a Luz do Luar)

Melhor Maquiagem
Esquadrão Suicida

Melhor Figurino
Animais Fantásticos e Onde Habitam

Melhor Documentário
O.J.: Made in America

Melhor Edição de Som
A Chegada

Melhor Mixagem
Até o Último Homem

Melhor Atriz Coadjuvante
Viola Davis (Um Limite Entre Nós)

Melhor Filme Estrangeiro
O Apartamento (Irã)

Melhor Curta-Metragem de Animação
Piper

Melhor Animação
Zootopia – Essa Cidade é o Bicho

Melhor Design de Produção
La La Land – Cantando Estações

Melhores Efeitos Especiais
Mogli – O Menino Lobo

Melhor Montagem
Até o Último Homem

Melhor Curta-Metragem de Documentário
Os Capacetes Brancos

Melhor Curta-Metragem
Sing

Melhor Fotografia
La La Land – Cantando Estações

Melhor Trilha Sonora
La La Land – Cantando Estações

Melhor Canção Original
“City of Stars” (La La Land – Cantando Estações)

Melhor Roteiro Original
Manchester à Beira-mar

Melhor Roteiro Adaptado
Moonlight: Sob a Luz do Luar

Melhor Diretor
Damien Chazelle (La La Land – Cantando Estações)

Melhor Ator
Casey Affleck (Manchester à Beira-mar)

Melhor Atriz
Emma Stone (La La Land – Cantando Estações)

Melhor Filme
Moonlight: Sob a Luz do Luar

Adicione seu comentário

Powered by Facebook Comments

Deixe uma resposta