Os biônicos estão de volta


A atriz Lindsay Wagner  postou em seu twitter uma foto dos bastidores das filmagens de um spin-off da aclamada série dos anos 70/80 O homem de seis milhões de dólares.

 

 

Já fizemos uma matéria aqui no Aumanack sobre O Homem de 6 milhões de dólares

The Six Million Dollar Man foi uma série de televisão norte-americana produzida e exibida entre 1974 a 1978 pelo canal ABC.

A série é sobre o ciborgue Steve Austin, interpretado pelo ator Lee Majors. No Brasil a série se denominou O Homem de Seis Milhões de Dólares ou também de O Homem Biônico. A série era na época costumeiramente reprisada pela Rede Bandeirantes.

O programa se baseou no livro Cyborg de Martin Caidin de 1972, que se tornou um best-seller, com três sequências: Cyborg II: Operation Nuke, Cyborg III: High Crystal, e Cyborg IV. A série foi antecedida por três filmes de televisão, de 1973.

O primeiro filme, com o mesmo nome da série mas que também ficou conhecido como Cyborg: Six Million Dollar Man (que deu origem ao outro nome que a série ficou conhecida no Brasil:”Ciborgue, o homem de seis milhões de dólares”).

O programa trazia episódios de 60 minutos, produzidos por Harve Bennett. Deu origem (spin off) à série da “Mulher Biônica” ou The Bionic Woman.

A idéia da “mulher biônica” apareceu em 1975, num episódio de duas partes chamado “The Bionic Woman”. Nele, aparece a personagem de Jaime Sommers, uma jogadora de tênis profissional e antigo interesse amoroso de Austin, que sofreu a cirurgia dos implantes biônicos após ter se acidentado em uma queda de paraquedas. Seus implantes eram similares a de Austin, mas na história falham e ela morre. Com a popularidade da personagem, ela foi revivida na temporada seguinte (por intermédio da criogenia), ganhando em 1978 sua própria série.

(1973) – Adaptação do livro feita por Howard Rodman (com o pseudônimo de Henri Simoun).Indicado para o prêmio Hugo (Hugo Award). Na história do filme, Austin era um astronauta civil e não oficial da Força Aérea. O filme introduziu os sons eletrônicos característicos da série, a corrida em câmara lenta (slow motion), para simular o efeito contrário (provavelmente inspirado nas cenas de ação de Kung Fu), ou seja, a velocidade. No filme aparece também o personagem de Oscar Goldman (chamado de Oliver Spencer, interpretado por Darren McGavin), o supervisor de Austin da organização chamada OSO. O líder do projeto dos implantes biônicos era o Dr. Rudy Wells (Martin Balsam). Em outras ocasiões o cientista seria interpretado por Alan Oppenheimer e Martin E. Brooks.

Outros filmes ainda em 1973:Wine, Women and War e Solid Gold Kidnapping. O último fime, produzido por Glen A. Larson, introduziu a ambientação de James Bond para a série e restabeleceu Austin como um coronel da Força Aérea.

Steve Austin e Jaime Sommers retornaram em três sequências feitas para a TV: The Return of the Six Million Dollar Man and the Bionic Woman (1987), Bionic Showdown (1989) – com Sandra Bullock como uma nova mulher biônica; e Bionic Ever After? (1994) em que Austin e Sommers finalmente se casam. Majors faz o papel de Steve Austin em todas as sequências, acompanhado também de Richard Anderson e Martin E. Brooks. No filme de 1987 o avião do acidente foi mudado para “M3F5”, sigla usada no livro original.

Nos anos 1990 o diretor Kevin Smith escreveu um roteiro (DVD “An Evening with Kevin Smith 2: Evening Harder” de 2006), pretendendo Chris Rock para o papel.

Em 2003,announcement foi anunciado o projeto com Jim Carrey.

Em 2007, o canal NBC exibiu a versão da Bionic Woman com elementos retirados de The Six Million Dollar Man. Jaime Sommers teve um olho biônico implantado, além das tradicionais habilidades.

 

 

 

Artigos relacionados

Nosso tributo a Glen A. Larson http://www.aumanack.etc.br/wp-content/uploads/2014/11/RenatoAzevedo.jpg Originalmente escrito por: Renato Azevedo http://escritorcomr.blog.uol...

Adicione seu comentário


Powered by Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *