O terceiro filme finalmente chega nas telonas do Brasil. E alguns pais que ainda não levaram seus filhos para ver a nenhum dos dois filmes anteriores, devem repensar um pouco mais.

Mas antes de falar sobre o filme, hora da sinopse!!

O ex-ator mirim e astro de TV, Balthazar Bratt, foi um típico malvado bem-sucedido nos anos 80 e agora está de volta à ativa. Ele vai aterrorizar a vida de Gru, Agnes, Margo, Edith, Dr. Nefario e os atrapalhados Minions. Em meio a tudo isso, Gru também vai encontrar o seu irmão gêmeo, Dru.

Meu Malvado Favorito é para crianças, ok! Mas também é pensado para os adultos, principalmente esse terceiro filme. Com várias referências a séries, filmes e principalmente as músicas que embalaram clássicos como Top Gun, passando por Bad de Michael Jackson e Madonna, os pais irão se deliciar com esta aventura.

E os filhos irão olhar para os pais que sem dúvida alguma irão fazer comentários sobre essa época. Principalmente se estiver bem ligado e perceber partes como o próprio título “Irmãos Gêmeos” com Arnold Schwarzenegger e Danny DeVito, “Adoro quando um plano dá certo” de Esquadrão Classe A e tantas outras.

Além da trilha sonora (olha Guardiões da Galáxia fazendo escola), o personagem Bratt é uma homenagem, ou não, aqueles jovens atores que fizeram sucesso na TV como apresentadores, em filmes, séries e ao chegar na puberdade, sumiram sem deixar vestígios. São vários os casos que conhecemos e nem precisamos ir até os anos 1980 para isso. Podemos citar o caso de atores como Haley Joel Osment de O Sexto Sentido, Macaulay Culkin de Esqueceram de Mim ou até os mais antigos como Corey Feldman de Conta Comigo e Garotos Perdidos entre outros para não deixar a lista tão grande.

Bratt é sem dúvida aquela figura que transformou o seu personagem em um malvado com cara de Freddie Mercury. E com uma ótima ginga anos 1980.

Gru, agora voltado para o bem, passa por dificuldades, pois não é nada fácil ficar do lado da força! Ter que encarar as responsabilidades de um emprego, da família e como ser um pai ao ter que dizer “não”, são alguns dos problemas que nosso anti herói tem que passar. Além de se sentir um fracassado. Quem irá mais sentir essas partes são realmente os pais na sala de cinema.

O filme não trata apenas do reencontro entre dois irmãos e as traquinagens de sempre. Ele vai muito além disso, com dosagens do que é ser pai, de porque temos que ter um trabalho, que algo que façamos irá realmente repercutir em nossos filhos. A parte da Agnes realizando uma venda – não vou colocar spoilers aqui -, foi bem dolorida.

Só que isso são apenas discussões colocadas para que os pais sintam um pouco. O restante, é para a criançada se divertir e rir demais!

E como elas irão rir! Tenham certeza, pois na sessão que pudemos conferir, tinham muitas crianças, e elas estavam rindo como nunca.

Meu Malvado Favorito 3 é um daqueles filmes para se ver com a família. Aproveitar um final de semana para saírem, comerem alguma coisa, curtirem o filme, saírem da sala de cinema e comerem algo novamente para comentar as passagens e aventuras de Gru e companhia. Por isso, vá não apenas ao cinema! Vá com a família e se divirta!

E que subam as cortinas! Até a próxima!!!

Compre o livro na amazon: bit.ly/estradaparayellowrose

Adicione seu comentário VIA FACEBOOK

Powered by Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *