Biblioteca Mário de Andrade exibe “Tunga: O Espaço é do Artista” pela primeira vez em São Paulo


Debate com especialistas na obra do artista acontece após a sessão do filme de Ruth Chindler, que mistura entrevista, trechos de performances e imagens documentais
Um dos mais representativos nomes da arte contemporânea brasileira, Tunga faleceu em junho do ano passado, deixando um legado de extrema importância, com obras em grandes museus do mundo e também no Inhotim, em Minas Gerais, onde há um pavilhão exclusivamente dedicado ao artista pernambucano.

Um retrato desse legado pode ser visto no filme Tunga: O Espaço é do Artista, que a Biblioteca Mário de Andrade exibe sábado, dia 8 de julho, às 19 horas, em seu auditório. É a primeira vez que o filme será mostrado para o público de São Paulo.

Dirigido por Ruth Chindler, Tunga: O Espaço é do Artista traz uma extensa entrevista da psicanalista com o artista, filmada no “espaço psicoativo” de Tunga, ao pé da pedra da Gávea, no Rio de Janeiro, em dezembro de 2014, entremeada com trechos das suas performances e imagens da sua obra e da sua vida.

Após a sessão, haverá debates com especialistas na obra do artista.

Cinema

Tunga: O Espaço é do Artista

Direção: Ruth Chindler

Filmagem: Mario Caillaux

Edição: Mario Caillaux e Ruth Chindler

Duração: 73 minutos.

Indicado para maiores de 14 anos.

Serviço

08.07, Sábado

19h

Biblioteca Mário de Andrade – Auditório Rubens Borba de Moraes

Rua da Consolação, 94, Consolação

Telefone 11-3775-0032.

Entrada franca (por ordem de chegada, até a lotação do Auditório). Lugares: 175.

Adicione seu comentário


Powered by Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *