Andy Serkis no Brasil | Confira como foi a coletiva de imprensa com o ator em São Paulo


Posts Relacionados

Foto Surya Bueno / Aumanack

Esta semana, dia 1º, o site Aumanack esteve presente a convite da FOX na coletiva de imprensa de Planeta dos Macacos: A Guerra.

Confira também a nossa crítica do filme.

O aclamado ator Andy Serkis estava empolgadíssimo com a presença da imprensa e foi simpático logo na entrada, pousou para fotos e ficou até mais tempo do que de costume atendendo a atenção dos presentes.
E essa atenção se prolongou também na coletiva, todas as respostas dos jornalistas foram carregadas de carinho com explicações técnicas e algumas até detalhadas sobre o seu personagem e sua carreira.
Não é de se admirar, Andy Serkis é o mestre do chamado Captura de movimento ou MoCap (forma abreviada) , que dá “vida” a personagens digitais.
“Hoje não falamos apenas de captura dos movimentos, mas da performance completa do ator. Não se captura somente a parte física, mas também as expressões do seu rosto, o áudio e tudo o que envolve a interpretação”, afirmou. “Há dez anos, o processo era feito em etapas. Em primeiro lugar, filmavam-se os movimentos do ator com uma câmera de 35 milimetros e, em seguida, o material era levado para ser editado em um computador por animadores.”
A aplicação da captura digital dos movimentos e expressões não ficou restrita aos cinemas. Na produtora The Imaginarium Studios, que criou em Londres, Andy Serkis presta consultoria para a criação de games, programas de TV e até peças de teatro. “Também temos uma academia onde atores podem treinar a técnica e recebemos estudantes de tecnologia das universidades para estágios.”
Mas as suas respostas foram além da parte técnica. Ele é um mestre também em interpretação e além de Gollum (talvez o mais conhecido personagem) ele será Balu (O urso) em O Livro da Selva, explicou.
“Eu farei um urso, um MoCap bastante complexo, agora imaginem o trabalho de Benedict Cumberbatch (como Shere Khan, tigre) e Christian Bale (Bagheera, pantera), ou até mesmo a cobra Kaa vivida por Cate Blanchett , eles estão sensacionais.”
Toda essa empolgação tem um motivo, e ele explica. A academia (Oscar) ainda vai demorar para entender que existe um ator atrás do MoCap e que isso é interpretação como no teatro. “Se eu tivesse com maquiagem e uma grande roupa de macaco eles diriam: ‘Uau. Isso é interpretação´, os membros mais novos já entenderam isso, os mais antigos e conservadores ainda não.”

 

E ele foi além. Existe todo um trabalho de interpretação e desenvolvimento do personagem, mesmo ele sendo um macaco. “O mais cansativo, preciso confessar, foi fazer o Cesar jovem, como adolescente. Quis dar a sensação de um Cesar líder, na maior parte do tempo parece um humano, mais ereto, mas sobretudo, com emocionalmente é mais maturo”.
“No segundo filme tivemos o desafio de tornar crível que macacos falassem. Eles não construíam sentenças, como se procurassem palavras, era o nascimento da língua. Há uma diferença entre os dois filmes em termos de articulação”.
O ator completou que Nelson Mandela foi uma inspiração para o personagem e que César teve que passar a credibilidade necessária para que as pessoas sentissem empatia por ele.
“Não há bonzinhos ou malvados. Todos têm seus motivos e você consegue entendê-los. Tanto que, no momento final, em que Cesar olha nos olhos de seu inimigo, ele consegue achar novamente sua empatia.”
Andy Serkis está realmente contente com a franquia e garantiu que se tiver algum outro filme ficará bastante feliz em fazer um outro grande personagem.
“Se me convidarem, por que não!”. “Há uma sensação de estar vendo uma grande história, não tem nada de previsível. Todos sabemos que as sequências tendem a se repetir e isso não acontece em Planeta dos Macacos. Vai mexer com as pessoas emocionalmente, educar as pessoas a não serem tão julgadoras”.

 

Aguardem que loco em nosso canal no youtube um vídeo com os melhores momentos da entrevista.

 

A sala Cinemark do Shopping Eldorado está toda decorada para maratona de estreia do filme. 

Foto: Mauricio Santana

 

 


SOBRE O FILME

Planeta dos Macacos: A Guerra  (2017)

Ação/aventura

Duração: 2h20m

Sinopse – Em Planeta dos Macacos: A Guerra, o terceiro capítulo da aclamada franquia, César e seus macacossão forçados a um conflito mortal contra um exército de seres humanos liderados por um Coronel implacável. Depois que os macacos sofrem perdas inimagináveis, César luta contra seus instintos mais escuros e começa sua própria busca mítica para vingar sua espécie. À medida em que a jornada finalmente os coloca cara a cara, César e o Coronel se enfrentam em uma batalha épica que determinará o destino de suas espécies e o futuro do planeta.

Nesse espetáculo de mitologia cinematográfica, o público vê acontecer o momento crucial que define para sempre o destino da civilização humana, e acompanha de perto o drama emocional de César, líder dosmacacos, na liderança de sua jovem sociedade em busca de um novo lar, enquanto uma guerra entre sua crença na honra e na família e a tentação da vingança tortura a sua alma.

Diretor – Matt Reeves

Elenco – Andy Serkis, Woody Harrelson, Steve Zahn, Karin Konoval, Amiah Miller

Distribuição – Fox Film do Brasil

Versões em 2D e IMAX

 

Artigos relacionados

Han Solo – Mercenário. Patife. Herói. Começa Uma N... São Paulo, 21 de fevereiro de 2017 - O passado repleto de aventuras do emblemático mercenário e do Wookiee favorito de todo mundo vai para as ...
Telecine: Andy Serkis retorna às telas em mais uma... Famoso por interpretar no cinema vários personagens não humanos, como o símio César e King Kong, o ator Andy Serkis esteve no Brasil para divulgar Pla...
Planeta dos Macacos: A Guerra | Terceiro filme fec... Nada melhor do que sair de um filme de alma lavada e ficar pensando e criando novas histórias para o futuro da franquia. E as encaixar com toda a cron...
Artigo | O fantasma dos reboots e remakes e “... Antes de falarmos sobre o fantasma dos remakes e reboots vale a pena explicar a diferença entre eles, remake, reboot e remasterização. (Excluíndo ...
Planeta dos Macacos: A Guerra, ganha livro Retirado de seu lar na selva, César e seu grupo ainda estão se recuperando das ações do renegado Koba. César está desesperado para evitar uma guerra c...

Adicione seu comentário


Powered by Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *