Posts Relacionados


Durante o ano infelizmente são noticiados vários acidentes, alguns fatais nos sets de filmagens.

Mesmo com os recursos de hoje como chroma key e personagens digitais, é exigido cada vez mais que os atores participem mais e mais das cenas perigosas de ação. E a exigência não para por aí, os dublês também sofrem riscos com manobras cada vez mais exigentes e perigosas.

As perdas são irreparáveis, afinal são vidas perdidas, independente se são atores ou não.

Em 1994 a mãe de Brandon Lee, (foto ao lado) Linda Lee Cadwell realizou uma forte campanha por mais segurança durante as filmagens. Vale lembrar que seu filho estava filmando O Corvo quando foi alvejado por uma bala real no lugar de uma de festim. Na época houve um boato que ele foi morto pela máfia chinesa, como seu pai. Mas a cena serviu de prova para apurar o caso, inclusive há quem diga que foi até usada no filme, quando o seu personagem que segurava um saco de compras leva um tiro.

Mas a morte de Brandon não foi a primeira e nem tão pouco a última em Hollywood.

A atriz Martha Mansfield (ao lado) talvez tenha sido a primeira protagonista a morrer em um set de filmagens. O acidente foi bizarro e violento. Ela descansava dentro de um carro, durante um intervalo, quando um membro da equipe jogou uma bituca de cigarro acesa em seu volumoso e altamente inflável vestido de época. Ela morreu no hospital por conta das queimaduras graves. The Warrens of Virginia (1924).

O ator inglês Roy Kinnear caiu de um cavalo em Toledo, na Espanha, e quebrou um osso que forma a pélvis. Ele chegou a ser tratado em um hospital em Madrid, mas morreu no dia seguinte, de ataque cardíaco. A morte afetou diretamente o diretor Richard Lester, que desistiu do cinema após a morte do ator. O Retorno dos Mosqueteiros (1989).

O ator Vic Morrow morreu em um acidente no set do filme, juntamente com dois atores mirins, My-ca Denh Le e Renee Chen, quando um helicóptero usado no filme ficou fora de controle e caiu na área em que Vic e as crianças estavam. No Limite da Realidade (1983)

O caso do ator Erik Hexum (ao lado) foi bem diferente e igualmente triste. Ele estava entediado durante a gravação da série “Cover Up”, no canal americano CBS, e resolveu brincar de roleta-russa com a arma que usaria em cena. Havia apenas uma bala, e foi ela que o atingiu na cabeça.

Um dos maiores pilotos e dublês de Hollywood, Art Scholl, morreu durante as filmagens do sucesso de Tom Cruise. Ele tinha acabado de voar com sua equipe para filmar as acrobacias, quando o avião sofreu uma pane e caiu.  Top Gun (1986)

Harry O’Connor, dublê do ator Vin Diesel no longa, tinha a seguinte missão: descer de rapel em uma ponte e posar em um submarino. A cena foi feita, mas Harry pediu ao diretor Rob Cohen para filmar novamente: aí ela deu errado e ele morreu ao bater na ponte. Triplo X (2002)

O épico com Brad Pitt, Orlando Bloom e Eric Bana sofreu com alguns acidentes durante a filmagem. Brad, que interpretava Aquiles no filme, chegou a romper o seu tendão de Aquiles esquerdo, durante uma cena. Uma coincidência apenas. Mas o pior estaria ainda para acontecer. O dublê George Camilleri, quebrou sua perna durante as filmagens. Ele chegou a ser operado e morreu duas semanas. depois. Tróia (2004)

O ator Jeremy Renner que interpreta o Vingador Gavião Arqueiro já se machucou duas vezes durante as filmagens de Avengers, o caso mais recente foi agora em julho quando quebrou os dois braços.

Em setembro de 2016 o ator Dylan O’Brien sofreu um grave acidente durante as filmagens de ‘Maze Runner: A Cura Mortal‘.

Em entrevista ao The Hollywood Reporter, o produtor Lorenzo di Bonaventura revelou que o acidente que Dylan O’Brien sofreu no set de ‘Maze Runner: A Cura Mortal‘ foi muito pior do que o divulgado na mídia.

“Agora ele está bem melhor. Mas foi muito assustador. Eu nunca cheguei a vê-lo em sua pior forma, mas tudo foi descrito para mim. Ele chegou perto da morte. Foi bem pior do que divulgaram. Isso foi o suficiente para abalar a ele e a todos os filmes em que ele estava envolvido [Maze Runner e American Assassin]”, afirmou.

A fonte ainda disse ao veículo que o ator filmava uma cena de Maze Runner: A Cura Mortal e acabou sendo atingido por um automóvel. As filmagens desse longa foram canceladas.

Há uma lista enorme de dublês e atores que sofreram acidentes, acima somente alguns tristes exemplos. Algumas lesões mais leves, outras nem tanto são até algo “comum”. O que não deveria ser. Infelizmente para os amigos e parentes.

O ator Tom Cruise disse em entrevista que gosta de fazer algumas cenas arriscadas, mas o recordista em risco com certeza é Jackie Chan, o ator e lutador de artes marciais disse em entrevista que já perdeu as contas de quantas fraturas já teve. Talvez dessa lista ele seja quem teve mais “sorte” de ainda estar vivo. E até conta em tom de brincadeira o ocorrido.

► Tornozelo quebrado
Arrebentando em Nova York (1995)
► Nariz Quebrado quebrado
O Jovem Mestre do King Fu (1980), Projeto China (1983) e Mr. Nice Guy – Bom de Briga (1997)
► Teste Lesionada
O mestre Invencível (1878)
► Joelho Fraturado
Chan já fraturou as rótulas tantas vezes que, hoje, sobre o mínimo possível da perna quando anda. Ele só se locomove normalmente diante do publico ou das câmeras
► Crânio Fraturado
Chan conseguiu literalmente rachar a cuca em Armadura de Deus (1986). Ele caiu de cabeça do alto da muralha de um castelo em uma pilha de pedrar. E ainda refez o Take!
► Dente arrancado
Punho de serpente (1978)
► Queixo Lesionado
O lorde Dragão (1982)
► Ombro Deslocado
Police Story 3 – Supercop (1995)
► Maçã do rosto Deslocada
Police Story 3 – Supercop (1995)
► Pescoço Lesionado
Projeto China (1983) e Mr, Nice Guy – Bom de Briga (1997)
► Garganta Esmagada
O Jovem Mestre do Kung Fu (1980)
► Perna Esmagada
Crime Story (1993), Chan ficou preso na batida entre um carro e a traseira de um caminhão
► Esterno Descolado
Operação Condor: Um kickboxer muito louco (1991)
► Pélvis Desalocada
Police Story – A Guerra das Drogas (1985)
► Vértebra Fraturada
Police Story – A guerra das Drogas (1985)
► Chan diz que também já quebrou praticamente todos os dedos da mão e já nem se lembra como.

 

 

 

 

Compre o livro na amazon: bit.ly/estradaparayellowrose

Adicione seu comentário VIA FACEBOOK

Powered by Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *