Subterrâneo, é um filme que mistura drama, suspense e um pouco de mistério. O filme é do diretor Matthew Miller.

O filme tem um lado ousado no teor psicológico ao mostrar uma pessoa que passou a vida toda em um lugar fechado, sem luz, sem contato humano, ou seja, sem nada do que é conhecido e normal para nós.

Ele traz um dilema interessante, que pode ser comparado, a uma criança que passa sua vida preso aos pais super protetores e um dia deve cortar radicalmente seus laços e é jogada em uma sociedade, que para tantos é a ordem, mas para ele é inteiramente o caos. E agora deve aprender a confiar não apenas no que ouve, sente, mas também nas pessoas.

Como saber o que é confiar? O que é mentir? Como viver em um mundo que não é o seu?

São perguntas e dilemas que Subterrâneo traz. Não é um filme rápido e nem mesmo simples. Tem um trato diferente com as câmeras, com a trilha e as brincadeiras com as luzes.

Sua temática é filosófica e experimental. Um tanto voltado para o lado Gótico, um pouco com teor musical, já que o filme tem referências no álbum Subterranea da banda inglesa IQ, lançada em 1997. Por sinal, a trilha do filme é feita por Mike Holmes, criador de IQ.

A trama tanto da música quanto do filme seguem a história de um homem que vive enclausurado praticamente com privações sensoriais. No final ele escapa ou é solto. Não está claro se ele realmente escapa ou é solto de propósito, como parte do experimento. O interessante, é observar que assim como no filme, os membros da banda deram várias explicações.

Leia mais  Ghost in the Shell é a melhor surpresa do Sci-Fi dos últimos anos, confira nossa opinião

Portanto, Subterrâneo pode ser um ótimo filme, ou um péssimo. Dependerá de sua interpretação, assim como de uma música.

O filme foi lançado em DVD pela Focus.

Compre o livro na amazon: bit.ly/estradaparayellowrose

Adicione seu comentário VIA FACEBOOK

Powered by Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *