Posts Relacionados

Finalmente o novo game da Bandai Namco chega para os amantes da franquia Gundam. Gundam, mais conhecido como Mobile Suit Gundam, foi criada em 1979 por Yoshiyuki Tomino e pela Sunrise pelo pseudônimo de Hajime Yatate.

A série desde então já teve várias versões com seus Mechas (robos), entre mangás, animes, OVAs e games. Além de ter muitos amantes entre os colecionadores de bonecos, conhecidos como Gunplas (Gun de Gundam e Pla de Plástico), a franquia é tão forte no Japão, que a série possui um Mecha em tamanho real, que se meche, na cidade de Tóquio.

O novo game traz em sua bagagem 35 anos de história e mais de 90 Mechas para os fãs se divertirem. Gundam versus possui opções de combate de 2 contra 2. Como era de se esperar, cada Gundam possui suas próprias características e armas vindas da própria série.

Logo na abertura já somos apresentados a dois clássicos (como se todos não fossem), o RX78 e o Barbatos do Iron Blood Orphans, que por sinal está disponível no canal Crunchyroll.

Neste primeiro texto iremos fazer apenas uma leve apresentação de Gundam Versus, que recebemos da Bandai Namco, e aos poucos iremos colocar mais vídeos do game e análises.

Gundam EZ8, da série 08th MS Team. Imagem de abertura de escolha do game.

O jogo possui entre seus modos de batalha um Arcade, outro em que o jogador enfrenta vários mobiles em formato de onda, um modo versus e o online. Na tela de opções de seu Mobile, temos uma grande quantidade de Mechas das séries a serem escolhidas, e outros para serem comprados com dinheiro real. O game infelizmente não possui uma opção de criar o seu próprio Mobile como o que acontece no jogo do Gundam Breaker.

Os Mechas durante o game estão em CGI e são fáceis de serem manobrados. O jogador percebe a diferença na hora do combate dependendo do Mecha escolhido. Por exemplo: O Barbatos que é mais voltado para combate corpo a corpo, possui uma força maior nas armas de curto alcance e menos poder de fogo nas de longo alcance. Já o Dynames, é mais forte em ataques de longo alcance, do que de perto.

Barbatos da série Iron Blood Orphans, possui um ataque forte de curto alcance. Imagem do game.

Existem também aqueles mais balanceados para os novos jogadores que começaram na franquia agora, como o RX78, que é o primeiro Gundam da franquia de 1979.

Durante as batalhas o jogador tem liberdade total de manobra, podendo voar, andar, correr, tudo dentro de uma arena delimitada. O game não é de mundo aberto. Lembrando que Gundam versus, como o nome diz, é de Arena, ou seja, de batalha e não de RPG.

A operadora Soma, do Gundam 00, que pode ser escolhida pelo gamer. Imagem do game.

Durante as batalhas, temos a narração de um operador pré escolhido pelo jogador para ajudar o player durante as lutas. Não é nada de outro mundo. Apenas um personagem te dando incentivo e avisando da chegada de outros inimigos.

Portanto, tanto faz qual operador você escolha. O que é bacana é que o narrador utiliza frases saídas do próprio anime.

E esta é a primeira parte que traremos para vocês. Na próxima iremos abordar o MENU de opções do game.

Abaixo você pode conferir 12 minutos do gameplay com o Wing Gundam Zero.

Plataforma: Playstation 4

Empresa: Bandai Namco

Status: Lançado

Vamos falar mais sobre o Superman

Adicione seu comentário VIA FACEBOOK

Powered by Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *