23ª edição de VerCiência – Mostra Internacional de Ciência na TV


Posts Relacionados

A Mostra Internacional de Ciência na TV VerCiência deste ano terá Sessão Especial no domingo, dia 29, com exibição do documentário inédito, seguida de talk show com o matemático escocês Graham Smith e trazendo uma exposição da arte japonesa
de dobrar papel

A arte e ciência milenar dos origamis vai muito além das simples dobraduras que viram sapos e passarinhos. Ela está presente nas asas dos besouros, nas flores, na arquitetura de móveis – e até na construção de prédios e sondas espaciais. É com esta surpreendente descoberta que a 23ª edição de VerCiência – Mostra Internacional de Ciência na TV apresenta em sua Sessão Especial do domingo, dia 29, no Museu do Amanhã, o documentário “Origami: a Geometria da Vida” (The Origami Code, 53min), de François-Xavier Vives, ganhador de vários prêmios internacionais e que este ano será homenageado com o Premio Especial VerCiência 2017.

A Mostra é um dos eventos oficiais da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, promovida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, de 23 a 29 de outubro em todo o Brasil. No Rio de Janeiro, a principal sessão da Mostra vai acontecer no auditório do Museu do Amanhã, no domingo, dia 29 de outubro, das 14h às 17h, com a exibição de “Origami, a Geometria da Vida”. Após a exibição, haverá a entrega do Premio Especial VerCiência 2017 ao documentário, seguida de talk show com a participação do matemático escocês Graham Smith, professor do Instituto de Matemática da UFRJ e estudioso dos origamis.

Mediado por Sergio Brandão, curador Internacional da VerCiência, o bate-papo contará também com a participação do artista plástico e psicólogo Bruno Ferraz, que há mais de 20 anos se dedica à arte e a terapias com origamis. “O filme ‘Origami: a Geometria da Vida’ revela que a tradicional arte das dobraduras de papel japonesa está hoje no centro de uma revolução científica e tecnológica, com importantes aplicações na medicina e na indústria aeroespacial”, diz Sérgio.

O Consulado Geral do Japão no Rio também vai participar do evento, com uma exposição de origamis junto à entrada do auditório do Museu do Amanhã, durante o domingo, 29 de outubro.

A produção da 23ª edição da VerCiência vem de encontro ao pensamento do Museu do Amanhã, dada a importância de se divulgar a ciência para o público em geral. Leonardo Menezes, gerente de Conteúdo e Exposições do Museu do Amanhã enfatiza o evento: “O Museu do Amanhã tem a missão de divulgar a ciência junto com experiências lúdicas, como apresentado pela Mostra VerCiência. Muitos avanços estão acontecendo pelo uso das formas de origami – inclusive no Brasil – seja na área de saúde, onde alguns medicamentos interferem na correção de dobraduras malformadas do nosso DNA, ou até mesmo na tecnologia, por meio da abertura de painéis solares de satélites, também inspirada nas dobraduras de um origami”.

As inscrições são gratuitas e abertas ao público. Poderão ser feitas pelo site do Museu do Amanhã diretamente no link clicando aqui.

Importante: a inscrição para o evento não dá acesso às exposições.

Mais informações no site www.verciencia.com.br.

Sobre François-Xavier Vives:

François-Xavier Vives vive e trabalha em Paris. Ele se formou na Escola Nacional de Cinematografia Louis Lumière em 1991 e logo passou a se dedicar à produção de documentários para canais de televisão franceses seguindo seus temas favoritos: música, natureza e ciência. Desde 2003 vem desenvolvendo também projetos de filmes de ficção. “Landes”, seu primeiro longa-metragem para o cinema (intitulado “Under the Pines” em inglês), foi exibido em 2013, e premiado no World Film Festival de Montreal.

Paralelamente, ele tem trabalhado com o canal de TV franco-alemão Arte em diferentes produções documentais, como “Plant Secrets” (“Segredos das Plantas”), uma série veiculada em 2010 que trata das interações entre as plantas e a sociedade contemporânea. Mais recentemente, François-Xavier dirigiu filmes científicos para a rede de TV pública France 5. Seu filme “The Origami Code” já ganhou vários prêmios internacionais, como o de melhor filme da European Academy of Science Film 2017 e o Prêmio de Tecnologia e Inovação no Jackson Hole Festival nos EUA.

Serviço:
VerCiência 2017 – 23ª Mostra Internacional de Ciência na TV
Local: Museu do Amanhã – Auditório
Dia 29 de outubro, das 14h às 17h
Entrada gratuita
inscrições pelo endereço: http://bit.ly/2il4nso
(Importante: a inscrição para o evento não dá acesso às exposições do Museu do Amanhã)
Classificação etária: 14 anos

Artigos relacionados

É possível aprender sem atenção? *Por Samir Iásbeck Você marca um encontro com seus amigos para colocar o papo em dia e nota que todos estão olhando para seus smartphones ao invés ...
Aberta série de painéis e rodadas de negócio da MA... Às 9h30 da manhã da quarta-feira, 23 de agosto de 2017, na Serraria Souza Pinto, em Belo Horizonte, foi aberta oficialmente a série de painéis e rodad...
Programadores mirins disputam viagem ao Vale do Si... https://www.youtube.com/watch?v=uyROtNfiF9U&list=PLmuFyAWB4zYtPO0RZAWxp98pzP6IOqk3N Durante o evento Inforuso 2017, crianças e adolescentes ent...
Maratona de desenvolvimento de jogos eletrônicos s... Inscrições gratuitas poderão ser feitas presencialmente no dia do evento O Sebrae Minas e a pré-aceleradora de games Playbor lançam desafio para pr...
Agosto é o mês de combate à Leishmaniose Visceral ... Com a hashtag #NãoMateTrate, ARCA Brasil e Brasileish mobilizam redes sociais para salvar a vida de cães. A ação alerta a população sobre o direito qu...

Adicione seu comentário


Powered by Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *