Posts Relacionados

O filme Os Últimos Jedi agradou imensamente aos críticos, mas foi uma decepção por parte dos fãs. Entre esse ou outro motivo, principalmente, foi o destino do principal vilão da trama, o lorde supremo Snoke.

Antes da estreia do episódio VIII muitos eater eggs foram jogados aos fãs mas a história criada por Rian Johnson veio na contra mão do que J.J. Abrams criou no capítulo anterior.

Fato este que a volta de Abrams foi motivo para alegria de muitos fãs.

O site First Orders News fez um vídeo explicando que até então na fase JJ o grande líder era Darth Plagueis, a grande revelação da prequel idealizada por George Lucas e um personagem forte de toda a franquia canon.

O vídeo sugere que a atriz Daisy Ridley em algumas ocasiões deixou “escapar” que realmente Snoke era Darth Plagueis.

Para quem não lembra ele foi descrito como a seguir.

 

“Darth Plagueis foi um Lorde Sombrio de Sith tão poderoso e tão sábio, que podia usar a Força para influenciar as midi-chlorians para criar vida. Ele tinha tantos conhecimentos do lado sombrio, que podia impedir aqueles com quem ele se importava de morrer.”―Palpatine

 

Darth Plagueis foi um Lorde Negro dos Sith e Mestre de Darth Sidious. Ele adquiriu conhecimento considerável na manipulação de midi-chlorian, mas foi traído e assassinado por seu aprendiz, de acordo com a “Regra de Dois”. Sidious mais tarde repassou o conto de seu falecimento para atrair o Cavaleiro Jedi Anakin Skywalker para o lado sombrio da Força.

Isso reforça a teoria de que a imagem de Snoke e o seu holograma apresentado nos dois primeiros filmes eram bastante diferente. E há quem aposte que o “truque” usado por Luke Skywalker (Mark Hamill) foi usado para enganar Rey e Kyle Ren.

Em recente declaração JJ Abrams que assumiu a produção e direção do último capítulo disse estar feliz com o resultado e que conseguiram “amarrar” todas as teorias apresentadas em todos os filmes. Vamos torcer que sim. E como eu sempre digo, a trilogia só acaba quando termina.

 

Conheça o 501 Legion st Divisão Brasil Star Wars

Adicione seu comentário VIA FACEBOOK

Powered by Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *