Posts Relacionados

No livro Simplesmente amor da autora Helena Andrade, Alicia sofre um terrível acidente de carro e acaba perdendo a memória de meses de sua vida. Mesmo assim, o romance que teve com Miguel não é apagado totalmente de suas lembranças, e por meio de dicas que seu próprio corpo dá, ela aos poucos tenta recuperar os registros das experiências que viveu ao lado do amado.

A amnésia sofrida por Alicia se chama “retrógrada”, ela é caracterizada pela incapacidade de acessar memórias que aconteceram antes da lesão sofrida no cérebro. As lembranças afetadas variam, a pessoa pode perder o registro de um dia, uma semana, meses ou anos, é impossível prever com certeza. Esse tipo de amnésia não afeta a capacidade do indivíduo de gerar novas lembranças e guardar tudo o que ocorreu após seu acidente, assim como também não é capaz de apagar memórias motoras, como andar de bicicleta ou escrever, por exemplo.

Outro tipo é a amnésia “anterógrada”, em que a pessoa mantêm intacta suas memórias antigas, anterior ao acidente que a afetou, porém, ela não tem mais a capacidade de criar novas lembranças.

No caso da amnésia dissociativa, ela não ocorre por conta de um acidente ou uma forte pancada na cabeça, mas sim em decorrência de traumas emocionais. Ela se manifesta quando o indivíduo quer “se proteger” de um determinado ocorrido que foi muito forte e assim “bloqueia” essa memória em sua mente.

Além de sua grande paixão pela escrita, Helena Andrade também trabalha na área da saúde e em suas obras sempre realiza uma grande pesquisa para sustentar suas narrativas. Em Simplesmente amor ela explora a mente humana e em seu lançamento Divina Essência, a autora mostra a busca pela cura da talassemia, doença crônica que atinge as células sanguíneas.

SOBRE O AUTORA  Helena Andrade: Apaixonada pela expressão através das palavras e estudiosa das técnicas de escrita, Helena Andrade vê na literatura uma possibilidade de aflorar sonhos. Suas histórias têm o poder de encantar e conquistou os leitores já em seu romance de estreia intitulado Despertar. Envolvida no mundo literário, organizou a antologia Encontros e Desencontros com outras seis autoras, deixando sua marca na obra com o conto Moinho de Vento. Seu último livro Simplesmente Amor foi indicado no ano de 2017 a dois dos principais prêmios de Literatura em Língua Portuguesa: Oceanos e Jabuti e figurou na lista dos mais procurados no Skoob, a maior rede social de leitores do país. Além da escrita, Helena também organiza e participa de eventos literários pelo Brasil, unindo autores, blogueiros e leitores com o intuito de estimular a leitura e a divulgação da literatura nacional. Por seu engajamento no mundo literário, no ano de 2015, ela foi contemplada com o Troféu Cecília Meireles.

Sinopse: Um amor que nem mesmo a perda da memória foi capaz de apagar. Imagine encontrar o amor verdadeiro, vivenciá-lo em sua plenitude e depois perdê-lo nas entranhas da mente. Ao realizar uma viagem de férias à Europa, Alicia vive momentos que não só podem mudar seu futuro, mas também lhe trazem revelações do passado. Quando retorna ao Brasil, um acidente a coloca entre a vida e a morte, tendo como consequência a perda das lembranças. Sem consciência de suas experiências, ela retoma sua vida, casa com o antigo namorado e deixa o acaso conduzi-la. Porém, seu corpo começa a mostrar-lhe que existem mistérios por trás da amnésia, algo tão profundo que nem mesmo a perda da memória foi capaz de apagar.

Obra indicada ao Prêmio Oceanos 2017

Ficha Técnica
Autor: 
Helena Andrade
Título: Simplesmente amor Editora: Ler editorial
Páginas: 207
Preço: R$ 41,00

Adicione seu comentário VIA FACEBOOK

Powered by Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *