Posts Relacionados

Finalmente conheci a área 51, pelo menos no #emotionescape aqui em São Paulo, na Rua da Moóca 1601.

Nesse local já visitei o Metro Hell 7, você não pode perder a oportunidade de conhecer.

Agora foi a vez da minha experiência no Fuga Alienígena, igualmente legal e interativa.

Não vou contar o spoiler da sala, mas vou contar a trama da nossa aventura e as observações sobre a nossa experiência.

Tudo começa com um pequeno vídeo da Dra. Mina que pede ajuda ao nosso grupo para desvendar a famosa Área 51: “Escrevo a vocês sabendo que são os principais ufólogos, cientistas e pesquisadores de temas relacionados a fenômenos alienígenas. Tenho informações da localização exata da famigerada Área 51. Ela existe mesmo! Tenho certeza de que muito se esconde lá dentro. Com a sua ajuda, tenho a esperança de entrar e sair a salvo da ala mais bem guardada do complexo. “

Só que algo dá errado, como sempre, e a aventura começa quando somos descobertos e presos pelos seguranças da Área 51 e temos que descobrir uma rota de fuga nos conhecidos 60 minutos.

No momento da entrada que tudo fica totalmente diferente das outras que já participei. O grupo fica dividido em dois, e para desvendarmos as pistas temos que interagir com o grupo que está preso do outro lado, uma grande novidade já que normalmente (pelo menos nas salas em que participei), ficamos juntos o tempo todo. Ponto para o ET.

Uma outra grande novidade, é a quase total ausência de cadeados, apenas um que faz parte da trama e não é usado para abrir caixinhas. A sala tematizada como um grande laboratório exige dos jogadores um raciocínio lógico diferente para desvendar cada enigma que pode estar em qualquer lugar do cenário em um ambiente totalmente computadorizado e interativo.

Eu “me perdi” tentando desvendar alguns enigmas de forma errada, o que prejudicou o tempo da equipe em alguns momentos, confesso que foi um “vício” que adquiri em alguns escapes que já participei deixando algumas pistas e resolução de enigmas passarem despercebidos. Então por mais experiente que você seja, os desafios podem te surpreender, então não adianta a “bagagem” que você tem, tudo é bem diferente. Mais um ponto positivo para a sala.

Mas vou deixar uma diquinha e um recadinho para vocês. Há necessidade de silencio principalmente no começo quando os grupos estão separados, o que aumenta muito mais a imersão na história. Você precisa ouvir a diquinha do grupo do outro lado. É muito divertido. E o recadinho é que tem pistas sim. Um ET fofo nos acompanhou em toda a aventura e deu super dicas divertidas para que conseguíssemos escapar, não tendo limites como é exigência em algumas salas.

Então está aí mais uma super local para você se divertir. Se você nunca jogou Escape na vida não se preocupe, 80% da minha turma era de “novatos” e conseguimos interagir muito bem e entender o jogo, e ainda saímos a tempo faltando 8:31 segundos.

E o mais legal é que todos os participantes amaram a experiência, então monte a sua equipe e símbora conhecer os Escapes de São Paulo, e comece pelas mais legais do Emotion Escape que fica no Max Arena onde há outras lojas com o Pitta Board Games  e o Mundo Pop, e um local que é um ponto de encontro geek de São Paulo. Aproveite para visitar.

Onde:
Max Arena (um enorme galpão)
Rua da Mooca, 1601
Funcionamento de Terça a domingo, das 10h às 23h.
Desça da estação Juventus-Mooca da CPTM, é bem pertinho. E não se deixe enganar pelo Google Maps que vai te “jogar” lá no Brás.

Grupo mínimo de 4 pessoas.
Menores de 14 anos necessitam de acompanhante.

 

 

Não percam o Escape Week

Escape Week na Emtion

Escape Week de 15 a 24/06 50% de desconto em todas as salas, está você não pode perder.

Posted by Emotion Escape on Friday, June 8, 2018

 

 

 

Adicione seu comentário VIA FACEBOOK

Powered by Facebook Comments