Posts Relacionados

Sophie (Amanda Seyfried) está prestes a reinaugurar o hotel da mãe, agora totalmente reformado. Para tanto convida seus três “pais”, Harry (Colin Firth), Sam (Pierce Brosnan) e Bill (Stellan Skarsgard) e as eternas amigas da mãe, Rosie (Julie Walters) e Tanya (Christine Baranski), ao mesmo tempo em que precisa lidar com a distância do marido Sky (Dominic Cooper), que está fazendo um curso de hotelaria em Nova York. O reencontro serve para desenterrar memórias sobre a juventude de Donna (Lily James), no final dos anos 70, quando ela resolve se estabelecer na Grécia.

Mamma Mia!, com o perdão do trocadilho. Esta sequência que mostra o passado de Donna, desde sua saída da escola a descoberta do mundo e como chegou a Grécia, pode não ter a mesma magia do primeiro filme, mas ainda encanta.

O sexteto de atores jovens conseguem segurar bem seus papéis. E o ponto positivo para eles é não tentarem ser suas versões mais velhas, mas mostrarem a ingenuidade da juventude, seus sonhos e desejos internos que jamais são compartilhados com outros, mas apenas com quem se confia, mesmo que seja aquela estranha maluca.

Vale destacar, que como no filme anterior, toda a jornada continua com a trilha da banda ABBA, contando toda a história. Parece que o grupo escreveu as músicas no passado pensando em Mamma Mia. É praticamente impossível não se envolver com o que acontece na tela.

O filme navega horas de mar sereno, seguindo para ondas mais contagiantes chegando a tormentas e voltando a brisa. Como no filme anterior, o roteiro mantém o amadurecimento dos personagens.

Esta sequência infelizmente possui alguns erros de continuidade (ou Donna que nos enganou em seu Diário), mas que em nada estragam a história.

Pierce Brosnan, Stellan Skarsgård e Colin Firth continuam com o seu carisma e “charm”. Mas o destaque fica para  Lily James, que interpreta a jovem Donna. É fantástica a semelhança da atriz com Meryl Streep. Ela consegue cativar com sua interpretação doce e alegre. Mostra porque Donna é quem é. Uma excelente escolha.

Mamma Mia! Lá Vamos Nós de Novo, continua a tirar lágrimas, cativar a todos os corações e mostrar que esta história é de amor. De amor pela vida e por tudo o que ela trouxe e ainda está por trazer.

Fala de sonhos, onde muitos apenas veem pesadelos. Fala de esperança e de amigos que jamais irão lhe deixar cair.

E principalmente, canta a toda alma.

Veja nos cinemas, cante, dance e não tenha medo de viver! E fiquem até o final, pois existe uma cena pós crédito!

E que subam as cortinas e até a próxima!

Vamos falar mais sobre o Superman

Adicione seu comentário VIA FACEBOOK

Powered by Facebook Comments