Artigo | Ascensão do Coringa no Oscar

Artigo | Ascensão do Coringa no Oscar

08/01/2020 Off Por Surya Bueno

Considerado um dos maiores vilões da história nas HQs o personagem Coringa é de longe o mais enigmático de todos.

Ele está a altura do seu contraponto o Batman em todos os gêneros.

Falar do Coringa hoje é como chover no molhado, então vamos ao que importa.

Joaquin Phoenix é um dos favoritos em ganhar vários prêmios como o Príncipe do Crime e se realmente conseguir tal feito será um dos poucos atores a receber a estatueta por interpretar um personagem de quadrinhos, algo bastante raro na academia.

Por enquanto o filme levou um Leão de Ouro pela direção de Todd Phillips e roteiro adaptado no Satellitte Award, Hildur Guðnadóttir levou dois prêmios com a trilha sonora, O Golden Globe e o Satellite Award. Por enquanto Joaquin Phoenix levou somente o Globo de Ouro. Perdeu como melhor filme para 1917.

Os anos 2000 marcaram a escalada do ator em busca dos grandes prêmios do cinema. Foi no papel de Commodus, um cruel general do filme Gladiador, que Phoenix conquistou suas primeiras indicações para o Globo de Ouro e para o Oscar.

Os anos 2000 marcaram a escalada do ator em busca dos grandes prêmios do cinema. Foi no papel de Commodus, um cruel general do filme Gladiador, que Phoenix conquistou suas primeiras indicações para o Globo de Ouro e para o Oscar.

Cinco anos depois o ator repetiu a dose com Johnny & June, em que interpreta o famoso músico country Johnny Cash. Porém, desta vez Joaquin Phoenix levou o Globo de Ouro de melhor ator em comédia ou musical, mas perdeu o Oscar. Em 2012, mais uma vez o artista conseguiu a indicação para as duas principais premiações, mas saiu de mãos abanando nos dois eventos.

Durante as filmagens de Coringa, Joaquin Phoenix deslocou o joelho, segundo algumas informações. (abaixo)

Anteriormente por coincidência a ganhar o Oscar e vários outros foi Heath Ledger que venceu o Oscar póstumo de melhor ator coadjuvante por sua atuação como o Coringa em “Batman – O cavaleiro das trevas”. O australiano morreu em janeiro de 2008 por overdose de medicamentos, antes mesmo da estreia do longa nos cinemas.

Foram receber o prêmio em nome de Ledger seu pai, Kim, sua mãe, Sally, e sua irmã mais velha, Kate. A filha de Ledger, Matilda, 3, com sua ex-noiva Michelle Williams, vai se tornar a proprietária da estatueta quando completar 18 anos, segundo decisão dos organizadores da premiação.

O filme Coringa está entre os preferidos nas categorias consideradas “nobres” do Oscar, filme, direção, roteiro e ator e atriz. Os raros foram Pantera Negra e Homem-Aranha no Aranha-verso e Logan. 

É comum filmes desse gênero concorrerem a prêmios técnicos. Abaixo a lista dos que já foram indicados. (fonte site minhaserie)

1. Superman (1978)
O primeiro grande filme de super-herói foi lançado em 1978 e arrecadou US$ 134 milhões nos Estados Unidos – em valores reajustados, são mais de US$ 518 milhões! O longa que foi um dos precursores do termo “blockbuster” acabou fazendo bonito no Oscar: foi indicado nas categorias melhor edição, melhor som e melhor trilha sonora (para a composição magnífica e icônica de John Williams). Não ganhou nenhum deles, mas levou um Oscar especial pelos efeitos visuais inovadores.

Leia mais  Ben Affleck somente fará parte da produção de The Batman segundo a Production Weekly

2. Batman (1989)
Outro grande marco na história dos filmes de super-heróis é o primeiro longa do Cavaleiro das Trevas. Com críticas excelentes, principalmente em relação à atuação do vilão Coringa, vivido por Jack Nicholson, acabou vencendo a única categoria na qual foi indicado ao Oscar: melhor direção de arte e cenários.

3. Batman: O Retorno (1992)
A continuação de Batman (1989) chegou 3 anos depois do original e também caiu no gosto da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas. A produção foi indicada aos Oscars de melhores efeitos visuais e melhor maquiagem, principalmente por conta da transformação de Danny DeVito no maquiavélico Pinguim.

4. Batman Eternamente (1995)
No terceiro filme, a crítica começou a achar que os rumos do super-herói estavam um pouco bagaceiros demais – o longa tem apenas 39% de aprovação no Rotten Tomatoes, para você ter uma ideia… Ainda assim, conseguiu indicações de melhor som, melhor fotografia e melhores efeitos visuais no Oscar do ano seguinte. Perdeu o primeiro para Apollo 13 e os outros dois para Coração Valente.

5. Homem-Aranha (2002)
Depois de Superman e Batman, era preciso colocar o Cabeça de Teia em uma grande produção cinematográfica. E o filme de 2002 não fez feio, sendo indicado a melhor som e a melhores efeitos visuais. Uma curiosidade: um dos indicados a melhor som foi o técnico Greg P. Russell, que acumula 17 indicações sem nunca ter vencido.

6. Homem-Aranha 2 (2004)
A segunda parte da primeira trilogia do Amigão da Vizinhança foi indicada aos Oscars de melhor som e melhor mixagem de som, além de vencer na categoria de melhores efeitos visuais. Anos mais tarde, Homem-Aranha 3 (2007) não conseguiu repetir o sucesso dos antecessores e não foi indicado a nada!

7. Os Incríveis (2004)
Desenhos animados não costumam fazer muito sucesso no Oscar além de categorias específicas, mas Os Incríveis fez tanto barulho de crítica e público que acabou se tornando um ponto fora da curva. A produção levou os Oscars de melhor animação e melhor som, além de ter sido indicada a melhor roteiro original (!) e melhor mixagem de som.

8. Batman Begins (2005)
Depois de Batman & Robin (1997), demorou quase 1 década para que o Homem-Morcego voltasse às telonas. Batman Begins marca o início de uma trilogia elogiadíssima, dirigida por Christopher Nolan. O filme foi indicado ao Oscar de melhor fotografia, mas perdeu para Memórias de Uma Gueixa.

9. Superman: O Retorno (2006)
Depois do fiasco de Superman IV (1987), um dos mais famosos super-heróis só voltou às telas de cinema após quase 2 décadas. Superman: O Retorno tinha seus problemas, mas acabou arrecadando US$ 391 milhões em bilheterias ao redor do mundo. No Oscar, perdeu o prêmio de melhores efeitos visuais para Piratas do Caribe: O Baú da Morte.

Leia mais  Confira o line-up de Disney, Fox, Warner, Paris, Downtown, Paramount, Universal, Sony e Diamond

10. Homem de Ferro (2008)
O filme que inaugurou o Universo Cinematográfico Marvel fez um grande sucesso, arrecadando quase US$ 600 milhões em bilheterias. A Academia gostou do resultado e o indicou a melhor som e melhores efeitos visuais.

11. Hellboy II: O Exército Dourado (2008)
Hellboy II tem 86% de aprovação no Rotten Tomatoes – uma porcentagem bastante alta para qualquer filme! Ele concorreu ao Oscar no mesmo ano de Homem de Ferro, mas em uma categoria diferente: melhor maquiagem. Perdeu para O Curioso Caso de Benjamin Button.

12. Batman – O Cavaleiro das Trevas (2008)
O ano de 2008 foi fantástico para os filmes de super-heróis: além dos dois citados anteriormente, foi o ano de O Cavaleiro das Trevas, que levou mais de US$ 1 bilhão em bilheterias. No Oscar, o longa fez história ao premiar postumamente Heath Ledger, estupendo no papel do Coringa, como o melhor ator coadjuvante do ano. Também venceu o prêmio de melhor som e foi indicado a outras seis categorias (fotografia, edição, direção de arte, maquiagem, mixagem de som e efeitos visuais).

13. Homem de Ferro 2 (2010)
O primeiro filme tentou, mas não levou o Oscar de melhores efeitos visuais. Por isso, Homem de Ferro 2 até se redimir, porém continuou só na vontade: perdeu esse prêmio, o único ao qual concorria; quem levou foi A Origem, a obra-prima de Christopher Nolan.

14. Os Vingadores (2012)
Fechando com chave de ouro a primeira fase do Universo Cinematográfico Marvel, Os Vingadores reuniu vários super-heróis que já tinham estrelados filmes solo, arrecadou uma bilheteria insana de US$ 1,5 bilhão e levou a indicação na categoria de melhores efeitos visuais. Perdeu o prêmio para As Aventuras de Pi.

15. Homem de Ferro 3 (2013)
Seria desta vez que o Homem de Ferro levaria seu Oscar de melhores efeitos visuais para casa? Não! Na única indicação da terceira parte, o filme perdeu para Gravidade.

16. Capitão América: Soldado Invernal (2014)
A sequência de Capitão América: O Primeiro Vingador (2011) tentou o que outros heróis da Marvel como Homem de Ferro e os Vingadores não conseguiram: ganhar o tão sonhado prêmio de melhores efeitos visuais. Outra derrota, novamente para um trabalho de Christopher Nolan, Interestelar.

17. X-Men: Dias de Um Futuro Esquecido (2014)
Outro que perdeu o Oscar de melhores efeitos especiais para Interestelar foi X-Men: Dias de Um Futuro Esquecido. Curiosamente, foi apenas no sétimo filme baseado no universo X-Men que a Fox conseguiu uma indicação ao prêmio máximo do cinema.

Leia mais  [ARTIGO] Soldado Invernal terá novo codenome em Guerra Infinita; como será seu futuro no MCU

18. Guardiões da Galáxia (2014)
A categoria de melhores efeitos especiais estava incrível em 2015: Guardiões da Galáxia foi outro filme que perdeu o prêmio para Interestelar. A produção também foi indicada no quesito melhor maquiagem.

19. Operação Big Hero (2014)
O Oscar de 2015, porém, não ia ver as produções de super-heróis saírem de mãos abanando: Operação Big Hero fez as honras da casa e levou como melhor animação, a única categoria em que concorria.

20. Esquadrão Suicida (2016)
O Esquadrão Suicida conseguiu os feitos de ser o primeiro filme do Universo Cinematográfico da DC a ser indicado e vencer um prêmio Oscar. A categoria foi a de melhor maquiagem.

21. Doutor Estranho (2016)
A categoria de melhores efeitos visuais de 2016 contava com apenas um filme de super-herói; era Doutor Estranho no páreo. Quem levou, porém, foi Mogli: O Menino Lobo.

22. Logan (2017)
Logan foi um filme tão aclamado sobre o Wolverine que muita gente apostava em uma indicação para Hugh Jackman na categoria de melhor ator. Ela não aconteceu, mas o longa-metragem conseguiu emplacar indicação a melhor roteiro adaptado – o primeiro filme de super-herói a alcançar tal façanha.

23. Guardiões da Galáxia: Vol. 2 (2017)
Em busca de seu merecido segundo Oscar na categoria de melhores efeitos visuais, após Homem-Aranha 2 (2004), a Marvel conseguiu mais uma indicação com esse filme. Porém, também enfrentou outra derrota, dessa vez para Blade Runner 2049.

24. Pantera Negra (2018)
Enfim, chegamos aos indicados deste ano. Pantera Negra fez história ao ser indicado em sete categorias: melhor filme (a primeira vez em que um filme de super-herói concorre ao prêmio principal), melhor canção, melhor trilha sonora, melhor figurino, melhor design de produção, melhor som e melhor mixagem de som.

25. Vingadores: Guerra Infinita (2018)
A Marvel ainda tenta outro Oscar de melhores efeitos visuais, desta vez com Vingadores: Guerra Infinita, que surge como favorito neste ano, mas O Primeiro Homem e Jogador Nº 1 podem frustrar os planos.

26. Os Incríveis 2 (2018)
Assim como seu antecessor, Os Incríveis 2 pretende levar o prêmio de melhor animação. Entretanto, ele não é o favorito da categoria, já que estamos falando de…

27. Homem-Aranha no Aranhaverso (2018)
É isso mesmo! O Oscar de melhor animação deste ano já tem nome: Homem-Aranha no Aranhaverso. O filme foi aclamado pela crítica e já levou diversos prêmios. Só uma grande zebra o impediria de ganhar o maior dos prêmios. Levou como melhor animação.

28. Vingadores: Guerra Infinita
2019 foi o ano de Pantera Negra, o capítulo final dos primeiros vingadores não levou nenhum Oscar que concorria, Melhor Trilha Sonora, por Alan Silvestri, Efeitos Visuais, que levou foi o filme O Primeiro Homem.

 

Compartilhe: