MUBI e MIS anunciam exibição gratuita De The Staggering Girl

14/05/2020 Off Por Surya Bueno

EXIBIÇÃO EXCLUSIVA E GRATUITA NO CANAL DO YOUTUBE DO MIS, EM SESSÃO ÚNICA, NO DIA 14 DE MAIO, ÀS 20H

 

Escrito e dirigido por LUCA GUADAGNINO
Em colaboração com PIERPAOLO PICCIOLI eVALENTINO
Estrelando JULIANNE MOORE, MIA GOTH e KYLE MACLACHLAN
Trilha sonora de RYUICHI SAKAMOTO

 

7 de maio de 2020 – A plataforma de curadoria, streaming e distribuição de filmes MUBI, em parceria com o MIS – instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, anuncia uma exibição especial e gratuita do curta-metragem de Luca Guadagnino THE STAGGERING GIRL , com exclusividade para o Brasil, no dia 14 de maio, às 20h. Todo o figurino é assinado pela Maison Valentino. Parte da iniciativa #MISemcasa, a exibição única terá bate-papo após o filme com as participações dos jornalistas Lilian Pacce (curadora e consultora de moda) e Sérgio Rizzo (crítico e curador de cinema) e  mediação do jornalista e cineasta Duda Leite.

Dirigido por Guadagnino (Me Chame Pelo Seu Nome), THE STAGGERING GIRL foi produzido por FrenesyIbla FilmRai Cinema e Valentino, com roteiro do dramaturgo norte-americano Michael Mitnick (A Batalha das Correntes).

O filme de 37 minutos conta a história de Francesca, uma escritora ítalo-americana (Julianne Moore), que vive em Nova York e deve retornar à Roma para rever sua mãe idosa. Com estreia oficial Na Quinzaine des Réalisateurs do Festival de Cannes de 2019, o curta tem um elenco estelar. Ao lado de Julianne Moore (Mapa Para as EstrelasPara Sempre Alice), aparece Mia Goth (Suspiria), Kiki Layne (Se a Rua Beale Falasse), Kyle MacLachlan (Twin Peaks), Marthe Keller (Maratona da Morte) e Alba Rohrwacher (Lazzaro Felice).

O compositor vencedor do Oscar Ryuichi Sakamoto (O Último Imperador, Furyo: Em Nome da Honra) assina a trilha sonora do filme. Além disso, o aclamado diretor de fotografia Sayombhu Mukdeeprom, de Me Chame Pelo Seu Nome e Suspiria, volta a colaborar novamente com Guadagnino.

 

EXIBIÇÃO ÚNICA E GRATUITA THE STAGGERING GIRL
Dia 14 de maio, às 20h
Canal do YouTube do MIS
Após a sessão, bate-papo com Lilian Pacce e Sérgio Rizzo, e mediação de Duda Leite

 

Sobre os convidados:

LILIAN PACCE – Jornalista, escritora, curadora e consultora de moda, reconhecida como expressiva autoridade de moda do país. Estudou na London College of Fashion e na Central Saint Martin’s College of Art and Design, em Londres, apresentou e coordenou o programa semanal GNT Fashion, no canal de televisão GNT entre o ano 2000 e 2017. Cobre os desfiles do eixo Paris-Milão-Londres-Nova York desde 1987, também atuou como editora e colunista de moda dos jornais Folha de S. Paulo, Jornal da Tarde e O Estado de S.  Paulo. É autora dos livros “Pelo Mundo da Moda”, “Ecobags – Moda e Meio Ambiente” e “Herchcovitch; Alexandre”. Recebeu duas vezes o prêmio de melhor jornalista de moda do país, pelo Phytoervas Fashion (1998) e pela ABIT Fashion Brasil (2000). 

SÉRGIO RIZZO – Crítico e curador de cinema, é formado em Jornalismo pela Universidade Metodista de São Paulo na turma de 1986, concluiu em 1994 o mestrado em Artes/Cinema pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, onde fez também o doutorado em Meios e Processos Audiovisuais, com tese defendida em 2011. Como jornalista, sua carreira inclui experiências em editoras de revistas e livros, redações de jornais diários, emissoras de rádio, TV e portais de Internet, e em comunicação empresarial. Como professor universitário desde 1991, teve passagens pelos cursos de Comunicação da Metodista, da Universidade de Mogi das Cruzes, da Faculdade Cásper Líbero e da Universidade Presbiteriana Mackenzie.

DUDA LEITE – Jornalista, cineasta e curador, foi colaborador internacional de cinema e música para diversos canais de televisão, como Eurochannel, HBO, Cinemax, Max Prime, VH1, e para o grupo Discovery Networks. Dirigiu e produziu a série documental “Tudo sobre Cannes”, o documentário “Mundo inovação: imprimindo o futuro” e o autoral “Tikimentary”, sobre a cultura Tiki nos EUA. Dirigiu e roteirizou o curta-metragem de ficção “Serial clubber killer”. É curador do Music Video Festival e colabora  desde 2017 com artigos para revista e site da Vogue Brasil. Em 2012, assinou a adaptação da curadoria brasileira das exposições “Spectacle: the music video” e, em 2019, “Musicais no Cinema”, ambas no MIS. Mantém desde 2018 o podcast “Pop Op Drops”, na Rádio Sabiá,  sobre cinema e cultura pop.

 

No tags for this post.