Ultraman Geed | Primeiras impressões

16/07/2017 0 Por Alan Uemura

A mais nova série de da é estrelada por um novo herói chamado Geed. Geed é filho de Belial, o primeiro Warrior maligno que estreou no filme “Mega Monster Battle Galaxy”, de 2009. É a história de um jovem Warrior que, carregando o DNA de um pai infame, luta para se tornar um herói da justiça. Esta série também conta com a presença de outros personagens populares, como , Belial e outros Warriors do passado.

Os dois primeiros episódios já foram ao ar pelo e se contar o episódios , que é um resumo do que virá pela frente, são três.

Geed segue a mesma fórmula de Orb, ou seja, se transforma utilizando dois Ultras para a sua forma. Não vou me ater em explicar por aqui. Isso já está no Episódio ! Portanto, vai lá e se divirta.

O que é interessante nesta nova série, é que Geed quebrou alguns pontos das séries anteriores dos Ultras. Uma delas é o aparecer a noite em sua primeira batalha, o personagem não saber de sua origem, portanto não ter o contexto herói que chega no Planeta e fica com um hospedeiro ou herói que precisa se misturar a população local e participar de uma equipe. Tudo bem que nas últimas séries, isto tem mudado um pouco, como visto em Orb e Nexus.

E outra mudança é o segredo do herói! Todos sabem que o grande mistério da identidade secreta é algo emocionante! Ficamos durante uma temporada querendo que a mocinha descubra quem ele é. E isso só acontece no final da série e muitas vezes nem isso. E em Geed… assista!

O ator Tatsuomi Hamada que faz Riku Asakura, a forma humana de Geed, é um ótimo ator. Ele consegue passar o que os fãs esperam do personagem sem fazer o mínimo de esforço. Por ser filho de um dos maiores inimigos dos Ultras e da humanidade, Belial, Riku também sofre com a desconfiança do planeta que pretende defender.

E ele consegue passar isso sendo quem ele é, sem precisar fazer caras de sofrimento ou o clichê “não vou salvar este planeta porque me odeiam”, até acontecer algo para mudar isso.

O roteiro também é excelente nessa parte. Os outros personagens que servem de pano de fundo para a trama, são ótimos. Com destaque para a atriz Chihiro Yamamoto, que interpreta Raiha Toba. Ela é uma expert em luta com espadas e a primeira cena de luta dela é muito bem coreografada.

Abaixo trailer de contagem regressiva com a atriz.

Por sinal, para este que escreve, a forma mais legal é a segunda de Geed, a Solid Burning, a versão “porrada” do personagem, com a fusão de Seven e Leo. A terceira e mais rápida, com e , é fenomenal em seu estilo de luta.

A primeira é a básica e os fãs também vão adorar, que é a fusão do clássico com Belial. O que fica muito bonito é quando Geed lança seu raio, o Wrecking Burst.

Até o momento só foram mostradas essas formas. Mas já sabemos que virão outras por aí!

Geed é uma ótima série da Irmandade . Mas se você é novo e nunca assistiu nada de , bem, não é por aqui deve iniciar. O melhor é iniciar pela série anterior, Orb, que também está no . E quando terminar os 25 episódios, já pode ir sem problema para Geed!

Portanto vá agora sem demora e confira!!!

E que subam as cortinas!!! Até a próxima!!!

Curiosidades:

  • O personagem fala várias vezes a frase “Quem dorme no ponto, não vai a lugar nenhum”, em inglês “SittinG around DOing nothing will get us nowhere!”, e que em japonês fica ttoshite temo nimo naranē! Daí o nome do personagem “Geed”. Pronuncia-se GIDO.
  • As três primeiras formas se chamam (imagens abaixo na sequência): Primitive ( e Belial), Solid Burning ( e Leo) e Acro Smasher ( e ). Estas são apresentadas no episódio . As outras que já divulgadas são: Magnificent (Father of and .) e Royal Mega Master ( King), que é a forma “utimate” de King.

  • As frases de transformação são em inglês dizendo a frase “Fusion Rise” e o nome dos Ultras escolhidos.