HBO FAZ MARATONA DE DOCUMENTÁRIOS SOBRE CRIMES FAMOSOS NO ESQUENTA PARA ‘TRUE DETECTIVE’

São Paulo, 4 de janeiro de 2019 – Alguns dos crimes mais famosos da história recente foram documentados em oito produções originais da HBO, que serão apresentadas em uma maratona, no dia 7 de janeiro, a partir das 9h30 no canal HBO Signature. A sequência de documentários servirá como um aquecimento para a chegada da terceira temporada da série TRUE DETECTIVE.

Os documentários que fazem parte da maratona são:

AMERICA UNDERCOVER – PARADISE LOST: CHILD MURDERS AT ROBIN HILLS, às 09h30

O primeiro de uma interessante trilogia de documentários que segue o julgamento de Jessie Misskelley Jr., Damien Echols e Jason Baldwin – três jovens acusados do assassinato e mutilação de três crianças pré-adolescentes, em 1993, em West Memphis, Arkansas (EUA), cujos corpos foram encontrados em uma área conhecida como Robin Hills. Apesar de terem álibis sólidos e sem provas concretas, os três acusados enfrentaram investigação por terem alegado satanismo.

AMERICA UNDERCOVER – PARADISE LOST: REVELATIONS, às 12h

A segunda parte desta trilogia revisita a história cinco anos após a sentença que, em 1994, mandou três adolescentes para a prisão pelo assassinato de três crianças em Arkansas. Marcado por insinuações de satanismo, alegações de confissões forçadas e declarações dos pais das vítimas, o caso se tornou um dos mais polêmicos da história. Este segundo documentário investiga o mistério que ainda persiste: eles são realmente culpados?

AMERICA UNDERCOVER – PARADISE LOST 3: PURGATORY, às 14h25

A conclusão da trilogia começa depois que os réus passam 20 anos na prisão, quando novos testes de DNA revelam que eles podem ser inocentes de um crime tão horrível.

Leia mais  Doraemon volta para TV Brasileira TV Bandeirantes vai exibir DORAEMON!

VALENTINE ROAD, às 16h30

Um documentário impressionante que investiga o assassinato de um jovem que começou a explorar sua identidade sexual, revelando os motivos por trás do crime horrível e, além disso, narrando suas complexas consequências.

THE CHESHIRE MURDERS, às 18h

O chocante documentário segue os acontecimentos de 23 de julho de 2007, quando dois ex-condenados assassinaram brutalmente uma família em Cheshire. O programa apresenta entrevistas exclusivas com familiares e amigos dos criminosos.

BEWARE THE SLENDERMAN, às 20h

Um olhar sobre o terrível caso de duas meninas de 12 anos, em Wisconsin, que esfaquearam uma colega 19 vezes em uma tentativa de homenagear Slenderman, um monstro fictício da internet. Este documentário vai além das manchetes e examina como o isolamento adolescente, a saúde mental e a natureza conflitante da internet mudaram a vida de duas jovens.

 MOMMY DEAD & DEAREST, às 22h

A história arrepiante de Claudine “Dee Dee Blanchard” e sua filha, Gypsy Rose Blanchard, que confessou ter matado a mãe por causa da manipulação e dos abusos cometidos contra ela desde a infância.

THOUGHT CRIMES: THE CASE OF THE CANNIBAL COP, às 23h25

O filme aborda o estranho caso de Gilberto Valles, um ex-policial de Nova York, que foi acusado, em 2012, de planejar o sequestro de mulheres para, depois, assassiná-las e comê-las.Sobre HBO Latin America HBO Latin America é a rede de televisão premium por assinatura, líder na região, respeitada pela qualidade e pela diversidade de sua programação, que inclui séries, filmes, documentários e especiais originais e exclusivos. A rede exibe também alguns dos mais recentes blockbusters de Hollywood, antes de qualquer outro canal premium. Os conteúdos são exibidos em HD em mais de 40 países da América Latina e do Caribe por meio dos canais HBO®, HBO2, HBO Signature, HBO Plus, HBO Family, MAX, MAX Prime, MAX UP e o canal básico Cinemax®. A programação é oferecida também por meio de várias plataformas, como a HBO GO® e HBO On Demand®. HBO Latin America é uma joint venture entre Home Box Office, Inc. (subsidiária da Warner Media, LLC) e Ole Communications, Inc.

Leia mais  Canal Sony reformula sua grade de programação

Compartilhe:

Adicione seu comentário VIA FACEBOOK

Powered by Facebook Comments