O ditado é certo, nos pequenos fracos existem os melhores perfumes. E se esse perfume tiver um nome, no caso do longa “O peso do passado” com certeza será Nicole Kidman.

A diretora Karyn Kusama (“O Convite”), conseguiu nesse thriller pessoal extrair ao máximo todas as emoções necessárias para dar a Kidman qualquer indicação a prêmios. Ela é Erin Bell, uma detetive da polícia de Los Angeles que anos atrás se infiltrou, como agente disfarçada, no submundo do crime.

Uma mulher arrependida de algumas decisões tanto no passado quanto do presente, que busca a todo o custo redimir-se através da vingança.

A diretora usa e abusa dos recursos técnicos, o uso de câmeras lentas para os momentos de devaneio, lembranças e nostalgia, durante todas as duas horas, isso dá ao telespectador uma sensação de continuidade bastante agradável e inteligente.

Seria bastante cansativo se todo o passado de Erin fosse contado no começo e depois a sua história atual no tempo restante.

Dessa maneira as cenas intercaladas entre o presente e o passado deram a personagem a profundidade emocional necessária para entender melhor as suas ações.

Os coadjuvantes serviram de excelente apoio para Nicole Kidman em toda a sua jornada, dois deles tem um maior destaque, Toby Kebbell (Silas), o chefe da gangue de assaltantes de banco e Sebastian Stan (Chris), que é o parceiro de Erin nessa missão desastrosa.

A princípio Erin e Chris fingem ser amantes, mas com o tempo e vencendo as dificuldades da missão eles acabam se apaixonando de verdade, culminando na tarefa desastrosa, deixando marcas na vida da policial.

DESTROYER | Official Clip 2

No surprises. Watch a new clip from DESTROYER, starring Nicole Kidman and Sebastian Stan – in select theaters Christmas Day. Get tickets now: http://bit.ly/FandangoDestroyer

Publicado por Destroyer Movie em Quinta-feira, 20 de dezembro de 2018

Anos depois, ela volta a se envolver com as mesmas pessoas da gang, numa busca obsessiva pelo líder. Assombrada por suas memórias e por demônios adormecidos, Erin deve lidar com sua própria culpa.

A história segue em um ritmo acelerado, urgente e Nicole demonstra isso em cada cena, cada olhar maltratado pelas noites sem dormir e pela raiva que domina a personagem, nesse ponto a equipe de maquiagem está de parabéns, rejuvenescendo e envelhecendo gradativamente Kidman.

O uso de locações externas foi um ótimo recurso da direção, o mesmo vale para takes fechados com os atores.

Mas não se engane pelo clichê vingança de super-herói, esse filme nem passa perto disso. Tudo ecoa de maneira tão real que é impossível até de se virar na cadeira e prepare-se para um plot twist sensacional, prova que não é necessário um orçamento nas nuvens para a produção de um excelente filme.

“O Peso do Passado”, que participou dos festivais de Londres e Toronto deste ano, tem ainda no elenco Toby Kebbell, Sebastian Stan, Tatiana Maslany, Bradley Whitford. O filme tem previsão de estreia no Brasil em 17 de janeiro de 2019, com distribuição da Diamond Films. 

 

Powered by flickr embed.

Compre o livro na amazon: bit.ly/estradaparayellowrose

Adicione seu comentário VIA FACEBOOK

Powered by Facebook Comments