Longa é estrelado por Thiago Fragoso, Fiuk, Luiz Henrique Nogueira e grande elenco

O_GALÃ_FIUK_THIAGO_FRAGOSO_4_FOTO_RENATA_FALZONI.jpg

O papel de protagonista da próxima novela está em jogo. No páreo estão Júlio Bastos (Thiago Fragoso) – um ator desempregado que sonha em ser famoso – e Raul Cardoso (Fiuk) – um jovem talentoso reconhecido por todos. A corrida se torna ainda mais divertida com o fato de o autor da trama ser o meio-irmão de Júlio, Beto Bastos (Luiz Henrique Nogueira), com quem ele é brigado há anos. A busca pelo sucesso, disputas amorosas e superações dão o tom de “O Galã”, comédia de Francisco Ramalho Jr. que estreia nos cinemas dia 7 de fevereiro. O longa conta ainda com Christine FernandesChristiana UbachCristina Mutarelli e Roney Facchini no elenco. A distribuição é da H2O Films.

A vida não está fácil para Júlio. Os alugueis estão atrasados e seu desempenho nos testes sempre deixa a desejar. Enquanto isso, Raul vive o auge de sua carreira, assediado pelos fãs e desejado pelos contratantes. Beto é um escritor de novelas que, embora famoso e talentoso, vive uma vida reclusa, cheia de fobias e TOC’s.  Com as personagens de Christine Fernandes (Rachel) e Christina Ubach (Adriana), “O Galã” ganha tons de romance e o viés da comédia ganha ainda mais força com as divertidas atuações de Cristina Mutarelli (Solange – governanta da casa de Beto) e Roney Facchini (Paulo Roberto – dono da emissora que exibirá a novela).

Para Francisco Ramalho Jr., a comédia é um gênero que trabalha com clichês e pede leveza na direção. E mesmo tendo personagens tão tipificados, sua intenção à frente da direção de “O Galã” foi mostrar as camadas interiores de cada um deles. “Para o ator que sonha ser galã, fica evidente a dificuldade de ter um lugar ao sol na carreira, sua luta para não desistir e continuar sonhando. No caso do escritor, mesmo sendo ele um fóbico maluco que gera muitos efeitos cômicos, mostro sua solidão, sua necessidade de afeto e seu sofrimento pela pressão contínua da emissora de televisão que produz a novela. E para manter a leveza, tive sempre uma câmera livre pronta para improvisar e seguir o elenco. Foi um enorme prazer dirigir atores e atrizes soltos nos sets, livres para criar e brincar.” – vibra o diretor.

Thiago Fragoso também ressalta que, na história, embora Júlio seja um personagem cômico – e às vezes até patético, ele também vive momentos que retratam com realismo os dilemas da carreira: “É muito cômica a forma como ele se joga nas cenas. O Júlio é um ator frustrado, que idealiza personagens e vai interpretando como forma de se motivar. Ele é muito vaidoso, mas por trás disso existe uma grande insegurança. Há momentos em que ele fica mais humano e toca em aflições que sofrem os atores de modo geral”.

Sobre o Diretor – FRANCISCO RAMALHO JR.:

Francisco Ramalho Jr. estudou engenharia eletrônica da Escola Politécnica da USP, curso inacabado para ir à carreira cinematográfica. Ramalho também é roteirista de seus filmes e tem obras premiadas em vários festivais. No início de sua carreira, até o início dos anos setenta, exerceu a função de distribuidor ao lado de vários cineastas. Também foi produtor e produtor executivo de diversos filmes e esteve associado a Hector Babenco em vários filmes e projetos, entre eles, “O Beijo da Mulher Aranha”.

Como diretor, “O Galã” é o décimo longa, de uma filmografia inclui títulos como “Caju com Pizza” (2014), “Canta Maria” (2006/2007), “Besame Mucho” (1987), “Filhos e Amantes” (1981), “O Cortiço” (1978), “À Flor da Pele” (1977), entre outros.

Sobre a Produtora – RAMALHO FILMES:

A Ramalho Filmes tem por associados Francisco Ramalho Jr e Érica Cardoso. Produziu com a Buena Vista a comédia “O Galã”, em lançamento em 2018. Realizou o telefilme de ficção dramática “Caju com Pizza” (direção de Ramalho) e coproduziu “A Primeira Missa” (de Ana Carolina, com Alessandra Maestrini e Fernanda Montenegro).  Produziu a parte brasileira do projeto internacional “Soaring the World”, da Disney, em exibição em seus parques temáticos, e coproduziu a peça teatral “Fora de Mim”, com direção de Ramalho sobre texto de Martha Medeiros e o documentário “A Virada”, com direção de Ricardo Dias, a para a ESPN. A Ramalho Filmes também produziu, em 2011, “A Suprema Felicidade”, filme que marcou o retorno de Arnaldo Jabor à direção; “O Contador de Histórias” (dirigido por Luiz Villaça), em 2010; e “Canta Maria” (2006).

Sobre a distribuidora – H2O FILMS:

Fundada em 2012, a H2O Films é uma distribuidora de Cinema com capital 100% nacional. Sua missão é potencializar ao máximo o desempenho dos filmes que lança, com prioridade para as produções brasileiras. Em seu quinto ano de atuação, já é responsável pela distribuição de mais de 30 filmes, incluindo títulos nacionais e internacionais. Dentre os filmes internacionais, distribuiu “Ouija – O Jogo dos Espíritos”, em uma de suas parcerias com a Universal Pictures que arrebatou mais de 500 mil espectadores, e o primeiro filme da saga de grande sucesso “Fallen”. Dentre os nacionais, a H2O Films lançou “Made in China”, com direção de Estevão Ciavatta e protagonizado por Regina Casé, com mais de 400 mil espectadores; Cássia Eller, de Paulo Henrique Fontenelle, que, com 72 mil espectadores, um dos documentários mais bem-sucedidos de mercado e de crítica; “Vai Que Cola – O Filme”, com a maior bilheteria de abertura nacional do ano de 2015, que contou com um público de mais de 3,2 milhões de espectadores; a continuação da comédia de Andrucha Waddington “Os Penetras 2 – Quem dá mais?” e o longa “Um Tio Quase Perfeito”, com Marcus Majella, ambos em 2017.

SINOPSE:

Júlio (Thiago Fragoso), um ator desempregado, e Raul (Fiuk), um ator em ascensão, vivem uma divertida disputa pelo papel de “galã” na nova novela de uma grande emissora de televisão. O fato de o escritor da trama ser Beto (Luiz Henrique Nogueira), o meio-irmão de Júlio – com quem é brigado há anos – só aumenta a confusão, que envolve, ainda, conquistas amorosas e grandes superações.  

ELENCO:

Thiago Fragoso – Júlio

Fiuk – Raul Cardoso

Luiz Henrique Nogueira – Beto

Christine Fernandes – Raquel

Cristina Mutarelli – Solange

Christiana Ubach – Adriana

Roney Facchini – Paulo Roberto

FICHA TÉCNICA:

Produzido por Ramalho Filmes em associação com MIRAVISTA

Associados a Thiago Fragoso, Diego Senra, Loccal, Dot e Luis Erlanger

Direção – Francisco Ramalho Jr.

Produção – Francisco Ramalho Jr. e Erica Cardoso

Roteiro – Francisco Ramalho Jr. e André Catarinacho

Roteiro no desenvolvimento – Emilio Boechat. e Marília Toledo

Baseado na peça teatral “Meio Irmão”, de Emilio Boechat

Argumento inicial – Laura Rissin e Alessandra Poggi

Direção de Fotografia – Lúcio Kodato, ABC

Montagem – Manga Campion

Produção Executiva – Erica Cardoso 

Co Produtora Executiva – Andreia Ramalho

Produtor Associado – Andrez Castilho

Diretora de Produção – Raissa Drumond

Música – Vivian Aguiar-Buff 

Supervisor Musical – Luiz Augusto Buff

Direção de Arte – Fernanda Fernanda Carlucci

Figurino – Diogo Costa

Som Direto – Romeu Quinto, ABC

Design de som – Adriano Nascimento

Mixagem – Ariel Henrique 

Assistentes de Direção – 1º Flavia Vilela / 2º Julia Ferreira

Maquiagem – Gabi Moraes 

Compre o livro na amazon: bit.ly/estradaparayellowrose

Adicione seu comentário VIA FACEBOOK

Powered by Facebook Comments