Nesses últimos meses muitos influencers analisaram frame a frame os trailers de Vingadores: Ultimato, e as possibilidades e teorias que podemos tirar deles.

Os Russos declararam que não jogarão na rede qualquer cena importante que possa estragar o filme. “Falamos sobre todas as escalas de marketing. A coisa mais importante para nós é preservar a surpresa da narrativa. Quando eu era uma criança, eu assisti O Império Contra-Ataca às 11 da manhã no dia da estreia. Me emocionou tanto porque eu não sabia nada sobre a história que eu ia assistir. Queremos replicar essa experiência.”

É claro que eu não fiquei de fora e como todo fã da franquia também fiz a minha parte.

Mas eu percebi que neste último trailer de Ultimato apresentou uma peculiaridade que talvez tenha revelado um grande segredo. Eu decidi juntar as peças desse quebra-cabeças, e separar as pistas.

O que temos até agora, pela declaração dos Russos.

  • Todo material de marketing mostrará apenas os primeiros 20 minutos do filme.
  • Os Vingadores não vão viajar no tempo
  • Ultimato englobará elementos desses 10 anos de Marvel nos cinemas.

Acompanhando essa lógica, e tendo tudo como verdade, cheguei a conclusão do seguinte. Acompanhem aí.

Para criar uma boa história é necessário apresentar ao público objetos e elementos que fazem realmente sentido e que sejam importantes.

Tendo esses depoimentos como verdadeiros e adicionando novos fatos vamos a nova teoria.

Em algumas fotos dos paparazzis durante as filmagens de Ultimato vemos os Vingadores de volta ao cenário do primeiro Vingadores, em Nova York quando os Chitauris destruíram a cidade. Na cena os heróis usam luvas com um detalhe de luz. Essas luvas estão também na linha de brinquedos.

Leia mais  Confira lista dos personagens que poderão aparecer em Guerra Infinita
Detalhe na mão do boneco

A teoria viralizada é que os heróis vão viajar no tempo ou entrar no reino quântico. Mas como dito acima, eles não vão viajar no tempo, então temos essa teoria como não valida.

Mas uma cena interessante neste último trailer de Ultimato me chamou atenção. Thanos enfrentando os heróis em uma cena épica.

Detalhe da mesma luva na mão de Tony Stark.

Bem, se tudo que vemos nos trailers está condensado em 20 minutos, segurem a minha teoria a seguir.

E se tudo que estamos vendo até agora nada mais é do que uma projeção do Binária Argumentação de Forma Ornamental, BAFO.

Para quem não se lembra esse simulador de realidade virtual foi apresentado por Tony Stark em Guerra Civil, para o tratamento pós traumático.

Agora vamos a teoria que é a cereja do bolo.

Talvez tudo que estamos vendo até agora nos trailers (ou pelo menos parte deles) nada mais é do que um ambiente da realidade simulada de Tony do BAFO para emular as lembranças de cada membro dos Vingadores para conseguir pistas de como enfrentar THANOS entre as 14 milhões de possibilidades.

Ou seja, aquelas roupas prateadas que aparecem nos trailers nada mais são do que roupas para entrarem no ambiente virtual para que cada herói projete nesse ambiente suas lembranças e pistas que foram deixadas em todos os filmes.

Então tudo que vimos até agora se encaixaria perfeitamente nos 20 primeiros minutos e o resto seria uma grande surpresa. Afinal, por qual motivo o BAFO seria mostrado ao público em Guerra Civil tendo tamanha importância.

Update: O uso do BAFO não seria algo conclusivo no embate contra Thanos, acredito que seria somente mais uma alternativa para descobrir uma das possibilidades de vitória da equipe, já que tudo que acontece depois para nós será um mistério, segundo os roteiristas.

Leia mais  SDCC 2017 | Divulgado o trailer do Homem-Aranha em Marvel vs. Capcom: Infinite

Agora o que acontece depois dos 20 minutos continua sendo um grande mistério. E se nós erramos, tudo bem, está entre as 14 milhões de possibilidades.

Afinal como os irmãos declararam.

“Vemos o trailer como uma experiência muito diferente à do filme, e o público de hoje é tão preditivo que é preciso ser muito inteligente sobre como dar forma ao trailer, pois a audiência pode assistir ao vídeo e basicamente dizer o que vai acontecer no filme. Nós consumimos muito conteúdo. Temos aqui diferentes planos que não estão no filme e que podemos manipular através dos efeitos visuais para contar uma história que queremos contar para o trailer e não para o filme.”

Compre o livro na amazon: bit.ly/estradaparayellowrose

Adicione seu comentário VIA FACEBOOK

Powered by Facebook Comments