Loading | Um fim inesperado

28/05/2021 Off Por Surya Bueno

Caiu como uma bomba a notícia do “cancelamento”, literalmente falando, do canal geek que estava no ar desde o dia 7 de dezembro de 2020, ocupando a frequência da antiga MTV Brasil, canal 32 HD.

O nascimento de um canal de TV aberta focado no entretenimento e ao público jovem, era a melhor notícia que poderíamos ter. Afinal, as pessoas estão em casa devido a pandemia.

Com programação 24/7 multiplataforma, ao vivo nas plataformas digitais, conteúdo on demand sem necessidade de assinatura e transmissão nas redes sociais, TV  a cabo e aberta – com a quinta maior cobertura, presente em São Paulo, e em  todo país na internet.

Na grade, programas próprios como Multiverso, Mais Geek, Desafio Gamer, Gameshark e Mega Crush,  a têm parcerias e detém títulos de grandes estúdios e produtores globais de conteúdo  como Crunchyroll, Hasbro, Funimation, Sony Pictures Entertainment e Tsuburaya Productions.

Segundo divulgado nas redes sociais o comunicado foi dado apenas uma hora antes da entrada ao vivo do programa Multiverso e a notícia foi vazada pela imprensa sem um pronunciamento oficial.

“Gente, a acabou. Recebemos essa notícia às 17h. Não tem mais. Obrigado a todo mundo que assistiu, interagiu, compartilhou. Estamos tentando absorver tudo o que aconteceu. Foi (e está sendo) muito louco. Obrigado, de verdade. Vocês mudaram minha vida”, lamentou Felipe Goldenberg.

Apesar da parte do conteúdo estar disponível por streaming. Contudo, porém, todavia, vivemos em um país onde o acesso a grandes eventos, museus e um cinema ainda é muito caro para grande parte da população. Durante esse período o canal foi um oásis geek e conquistou um público que não conhecia cultura nerd em geral e que realmente estava curtindo e acompanhando os animes e os doramas.

A decisão do encerramento da emissora levou a uma mobilização na internet e vários fãs levantaram a hastag contra a principal patrocinadora que “pulou fora do barco”.

A programação será mantida sem as entradas ao vivo e os programas seguirão até a finalização do contrato dos patrocinadores segundo divulgado no site do UOL.

Durante a madrugada vários dos profissionais demitidos estiveram em uma live e “jogaram conversa fora” como uma típica conversa de bar após uma demissão em massa.

Tentaram manter um bate-papo informal em meio aos agradecimentos.

Vale lembrar que durante os últimos meses toda a programação ao vivo foi feita home-office devido a pandemia. E a equipe da está de parabéns em ter conseguido manter a programação.

Parabéns galera. Vocês farão falta na TV aberta.

Até agora não houve um pronunciamento oficial da emissora sobre o ocorrido.