Aviação e arte – Parte 2


Muito além do cinema.


Uma forma ainda mais famosa de nose art é a que ostenta belas e fascinantes mulheres na fuselagem de aviões, mais conhecida e popular durante a Segunda Guerra Mundial. Claro que muitos dos desenhos eram bem apelativos e de péssimo gosto, ao passo que outros eram verdadeiras obras de arte. As meninas ajudavam os militares a relaxar nas folgas da dura rotina da guerra, e muitas delas eram inspiradas em trabalhos de artistas, publicados em revistas da época.

Um dos mais famosos desses artistas era Alberto Vargas, que se transformou em verdadeira lenda com suas garotas maravilhosas e sensuais, publicadas em revistas como a Esquire. Com traços, cores e texturas absolutamente irretocáveis, as garotas de Vargas com certeza deram uma importante contribuição para a vitória aliada. Suas poses, olhares e roupas eram mais reveladoras do que se podia imaginar, e seus originais atingem hoje cotações astronômicas.

 width=480
The Pin-up – Vargas

Outro artista muito conhecido era Norman Pett, que criou para o jornal inglês Daily Mirror uma personagem chamada Jane, que era publicada em tiras de quadrinhos e enlouquecia os rapazes britânicos que lutavam nos fronts.

width=296

Depois dos desenhos iniciais, em 1938 Pett conheceu Chrystabel Leighton-Porter, que passou a posar nua e servir de modelo para ele. Pett a fotografava e depois usava a foto como modelo, vestindo-a apenas no desenho final. Naturalmente, Jane em breve estava na fuselagem de muitos aviões britânicos do conflito.

Aviation art

De longe a mais importante, a mais nobre e sem dúvida mais bela forma de arte ligada a aviação é a chamada aviaton art. Trata-se de imagens, pinturas, gravuras e similares, que exibem qualquer tipo de cena ligada a aviação, tanto militar quanto civil. No exterior, especialmente na Europa e Estados Unidos, transformou-se em um gênero altamente valorizado, e as associações consideram que apenas quadros, óleo sobre tela, merecem o título de aviation art.

Claro que, evoluindo junto com a fotografia, a aviação muito se beneficiou da mesma para seu registro histórico. Fotógrafos especializados são considerados artistas, e têm seus trabalhos publicados nas mais importantes revistas. Mas a aviation art é bem diferente. Utiliza bem mais a imaginação, testemunhos e uma paciente e acurada pesquisa histórica, para recriar momentos da aviação de todas as épocas em todo o mundo.

Não raro, as cores, formas e tramas nos trazem momentos marcantes da aviação de modo que nenhuma fotografia poderia exibir! O movimento da aviation art começou a se consolidar mesmo a partir dos anos 1970, quando os artistas começaram a ter maior destaque e a se unir em associações.

width=480
The Blitz of London – Robert Taylor

Nos EUA, começou com encomendas feitas a artistas por fabricantes de aeronaves, na época da Segunda Guerra Mundial. Sem as facilidades tecnológicas de hoje, cabia aos artistas dar uma visão mais próxima da
realidade aos projetos das indústrias.

Com o passar dos anos e das décadas, esses desenhos passaram até a estampar caixas de kits plásticos, aquelas fantásticas miniaturas que muitos de nós montamos em algum momento da vida. Entre os artistas estrangeiros, existem alguns nomes que se destacam, como o britânico Robert Taylor, considerado o maior artista do gênero. O também inglês Nicolas Trudgian também é muito mencionado, bem como Stan Stockes, Domenic de Nardo, Michael Turner e vários outros.

width=275
Arte de Nelson Anaya – acerto Abaae

Aqui no Brasil, como sempre, vivemos de antagonismos e incoerências. O país do Pai da Aviação enfrenta atualmente outro apagão, o aéreo! E por incrível que pareça, as façanhas do Primeiro Grupo de Caça na Itália nem sequer constam de nossos livros escolares! Como em muitas outras manifestações culturais, também a aviação tem dependido, para sua divulgação e registro histórico, de pessoas que sentem que precisam fazer algo a respeito.

E, felizmente, pessoas altamente motivadas, capazes e talentosas existem para essa tarefa! Deve ser citado Ignácio Justo, considerado o pioneiro brasileiro da aviation art. A partir de 1962 ele começou seu trabalho, sendo publicado pelas revistas Combate, Conquista e outras, contando através de sua arte as façanhas de nossos pilotos nos céus da Itália, durante a Segunda Guerra Mundial.

Outros nomes são os de Marco Antonio Coelho Pullin, Durval Santos de Oliveira, Alberto Barbosa Nascimento, Carlos Bourdiel, Nelson Francisco Anaia, e Lauro Ney Batista, a quem gostaria de dirigir os maiores agradecimentos pelas imagens que generosamente cedeu para ilustrar este artigo, além das importantíssimas informações que muito me ajudaram na pesquisa.

width=480
Focke-Wulf Fw 190A-7 – acervo Lauro Ney

Estes e muitos outros dedicados e talentosos artistas brasileiros, que não ficam nem um pouco atrás de seus colegas na Europa e Estados Unidos, têm feito crescer a aviation art brasileira, estando reunidos na ABAAE, a Associação Brasileira de Artistas em Aviação e Espaço. Aqui o critério é bem mais flexível, com a entidade aceitando nomear de aviation art trabalhos de desenho ou pintura, originais físicos e únicos realizados com pincel, lápis, caneta e outros materiais. Em publicações, trabalhos em computação gráfica acabam entrando também, e esses artistas produzem imagens mais detalhadas e apaixonantes do que qualquer fotografia poderia trazer, imortalizando cenas de nossa aviação, e ilustrando matérias em publicações na forma de imagens, desenhos em várias vistas de aeronaves, e até mesmo diagramas em corte. E a aviation art segue crescendo no Brasil, incentivada pelo trabalho da ABAAE.

Voar, o mais antigo sonho da humanidade, realizado afinal por um franzino mas genial brasileiro há mais de um século, sonho esse que permanece nos mantendo nas nuvens e mais além, pela arte extraordinária desses grandes talentos.

O autor gostaria de agradecer a revista Asas, cuja consulta foi essencial para a realização deste artigo, http://www.revistaasas.com.br

Os artistas brasileiros de aviation art se concentram na ABAAE, Associação Brasileira de Artistas em Aviação e Espaço, http://abaae.sites.uol.com.br

A arte de Lauro Ney pode ser conferida em http://lauroney.sites.uol.com.br

Adicione seu comentário


Powered by Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *