Confira entrevista com Jennifer Morrison de Once Upon a Time, com vídeos

Jennifer Morrison  é mais conhecida aqui no Brasil por interpretar a médica Allison Cameron em uma das séries mais assistidas no mundo, House.
Mas não foi para falar sobre House que a atriz de 33 anos esteve no Brasil, e sim por causa de uma série da ABC (aqui no Brasil pela Sony) que está apenas na primeira temporada e está dando o que falar, Once Upon a Time.


DSC04374a

DSC04375a

Confira vídeo de sua entrada.

Quando Jennifer abandou a sua personagem em 2010, talvez não imaginasse a reviravolta em sua jornada artística.
A série é exibida pelo canal Sony Entertainment Television e estreou no Brasil no dia 12 de abril de 2012. Episódios inéditos são exibidos legendados, toda quinta-feira, às 21 h, com reprise meika noite às 0 horas e sexta-feira às 14h. Durante os finais de semana são exibidos o último episódio da semana dublado nos seguintes horários: sábado às 11h, domingo às 10h, 18h e 22h.
Até a data de hoje, já foram ao ar quatro episódios inéditos da primeira temporada da série, sendo que o quinto, intitulado “That still small voice” será exibido nesta quinta-feira, dia 10 de maio.
MG_5248

 

Once Upon a Time foi criada pelos produtores executivos de Lost, Edward Kitsis e Adam Horowitz, e conta a história de uma jovem, Emma Swan que vê sua vida mudar completamente na noite do seu aniversário de 28 anos quando recebe a visita inesperada do filho de 10 anos de idade abandonado por ela logo após o nascimento. O menino Henry (personagem de Jered Gilmore, de Mad Men) acredita que Emma seja filha da Branca de Neve e conta a ela o seu grande segredo: uma rainha má lançou uma poderosa maldição contra os personagens do mundo encantado condenando todos eles a viverem no mundo real, numa pequena cidade chamada Storybrooke. Henry acredita que Emma seja a única pessoa capaz de salvar todos os seres mágicos da terrível maldição.
Mesmo sem acreditar na história do menino, Emma se vê atraída por ele e sua estranha cidade. Preocupada decide ficar por um tempo e logo começa a perceber que Storybrooke é mais do que aparenta ser.

 

 
Muito simpática e extrovertida Jennifer demonstrou simpatia e carisma. “As filmagens são em Vancouver, o elenco é ótimo. Nós gostamos muito da história.” E completa sobre o clima, literalmente, das filmagens. “Tentamos a todo custo não morrermos de frio, pois as locações são externas, e chove muito.”
A atriz demonstrou bastante cumplicidade pela personagem Emma e acrescentou: “Emma sofre muita pressão em ser uma heroína, mas o seu maior esforço é em ajudar Henry,  que sofre por causa desta situação.” E completa. “Emma não gosta de Regina, não chega a ser um ódio por causa da maldição, (pois ela não acredita nisso), mas simplesmente pelo fato que Regina não tenha tratado o garoto como ele merecia.” (confira vídeo)


Jennifer vai além e revela algo interessante. “A maldição faz com que as pessoas se comportem de maneira diferente. Os personagens no mundo real são bem diferentes quando estão no mundo encantado. A branca de neve por exemplo é destemida e segura, já no mundo real ela é tímida e insegura. Já com Emma acredito que esta interferência da maldição não ocorra pois ela sempre viveu no mundo real e nunca foi atingida pela maldição, por isso é muito provável que ela tenha a mesma personalidade no reino dos contos de fadas. Mas é isso que eu acredito. (risos).

 

tumblr_lyj8iedqoP1qiu5oao2_500

 

tumblr_lyj8iedqoP1qiu5oao1_500

 

goodwinx-large

 

Ginnifer-Goodwin-Visits-WWoHP-2
Ela disse também que o elenco é unido e que uma vez uma foto de Halloween “vazou” na internet. “Ginnifer Goodwin é maluca por Harry Potter, e ela teve esta idéia de se vestir de Harry Potter para o Halloween. Fomos até uma loja e compramos todas as roupas dos personagens, como no filme. E fizemos estas fotos.  Nós temos uma amizade muito boa, eu até chamo Josh (O Príncipe Encantado) de papai.”
Eu cresci ouvindo a noite as histórias dos personagens da Disney, a Bela e a Fera, Cinderela, Branca de Neve. E a série me faz lembrar um conto de Natal. Os dois personagens que eu mais gosto já estão na série. As personagens Cinderela e Alice são as minhas favoritas e já tive o prazer de ter uma história com estes personagens.” “Tive muita sorte dos produtores me escolherem para o papel de Emma.”
“Sinceramente, não me preparei para ser a filha da Branca de Neve, tudo que eu faço é por intuição e tento levar a personagem Emma o máximo da realidade possível.”
Mas esse não foi o maior desafio para a carreira da atriz, o que é mais difícil para ela, interpretar ou dirigir um Fusca? Entre risos. “É mais difícil dirigir um Fusca, não é um carro fácil de guiar, o carro do filme é de 1974, todos que tentam não conseguem e eu tenho que dar uma ajudinha. “ (risos) (confira vídeo)


Fazendo um comparativo entre as duas séries. O que é mais assustador, uma rainha má ou um mau cirurgião? E ela responde:   House e a Rainha Má são assustadores por diferentes razões. Emma não sabe em “Once upon a time” que Regina Mills (Lana Parrilla) é a bruxa, portanto ela não leva suas ameaças a sério. É muito mais aterrorizante quando alguém com a inteligência de House (Hugh Laurie) tem o poder de manipular os outros .” (confira vídeo)


Sobre a sua vida particular ela acrescenta: “Eu acho que já vivo o meu “final feliz”, eu faço o que eu gosto e para completar  o meu príncipe encantado tem que ser honesto,  generoso e com espírito de aventura.”
A atriz demostra simplicidade e completa. “Há momentos uso as minhas próprias roupas no episódio. No meu dia a dia tento me vestir de maneira mais confortável possível, algumas vezes de acordo com meu humor, mas sempre mantendo a linha clássica. Das jaquetas de Emma a cor que mais gosto é a azul.” E ela dá um conselho de beleza. “Bebam bastante água.”
Sobre o futuro ela diz que gostaria de fazer um personagem de ação, usando armas, como Tomb Raider, por exemplo. (confira vídeo)


Sobre a curiosidade do final de House ela brinca. “Vocês tem que assistir o final da série, não vou contar nada do que vai acontecer.” E completa. “Para mim a  cena mais difícil de fazer foi o final… o episódio é cheio de fortes emoções, com certeza.”

Neste domingo, 13, vai ao ar nos Estados Unidos o último episódio da primeira temporada da série. Jennifer faz mistério: “Tudo o que posso dizer é que muita coisa acontece. Cada personagem se transforma, cada um se vê tomando decisões importantes e você definitivamente vai ficar se perguntando o que pode acontecer na próxima temporada. É um ótimo final.”

Powered by flickr embed.

 

 

 

 

Adicione seu comentário

Powered by Facebook Comments

Deixe uma resposta