Westworld | Nós já assistimos ao primeiro capítulo da série com Rodrigo Santoro e grande elenco


westworld

Western pipoca é um dos meus gêneros favoritos. É uma pena que com o passar dos anos a eterna briga bandidos e mocinhos no “velho oeste” tenha entrado em coma.

Dá para contar nos dedos nestes últimos anos quantos filmes foram feitos com esse tema, e mais ainda, quantos fizeram realmente sucesso.

Coincidentemente esta semana estreia Sete Homens e Um Destino, também um remake espaguete que dá um pouco mais de sobrevida a este gênero.

Mas não é desse filme que estamos falando e sim de Westworld, que é um reboot com 10 capítulos do cult de 1973 com Yul Brynner e grande elenco.

Na época a mistura de western e ficção científica agradou alguns, nem tanto a outros mas acabou virando cult pela ousadia.

Uma outra tentativa que mistura ficção e velho oeste ocorreu com o interessante Cowboys e Alienígenas de 2011 com Daniel Craig como protagonista e Harrison Ford, em uma história tão improvável quanto este atual.

Mas na realidade o forte da série é basicamente o conflito entre a grande questão e o terror do homem moderno. Será que um dia o ser humano criará uma espécie que terá consciência?

No cinema já tivemos vários filmes, desde Metrópolis com a andróide Maria, talvez uma das mais famosas imagens da história do cinema, passando pelos fofíssimos C3P0 e os “quase” humanos Exterminadores.

Já na TV  a série Viagem Fantástica onde o vilão Dr. Jonathan Willoway  interpretado por Roddy McDowall (confira o vídeo)  vivia em uma cidade com seus filhos androides.

Mas vamos falar de Westword. J.J. Abrams assina a produção desde remake de 1973. Não é de hoje que o diretor de Star Trek e Star Wars é fascinado por andróides com consciência.

Em 2013 ele também assinou a produção da série Almost Human (confira o trailer) que teve apenas 13 episódios e foi cancelado sem conclusão, Karl Urban era o policial John Kennex e seu amigo cibernético Dorian era interpretado por Michael Ealy.

Já a série atual Westworld é uma mistura de Blade Runner, com Ilha na Fantasia e Jurassic Park. Não que eu esteja achando isso ruim, mas é uma prova que a ideia o enredo já era explorado desde a década de 70, além é claro da sensacional trilha sonora assinada por Ramin Djawadi  de Game of Thrones.

Mesmo com o piloto incompleto, faltando efeitos especiais, créditos e “acabamento” em geral, deu para perceber que a HBO não está de brincadeira com a série e promete que esse será o próximo sucesso. Na nossa opinião razão não falta para isso. Com roteiro inteligente e que faz as pessoas “pensarem”, a grande dúvida é se os atores conseguirão agradar ao público do canal, independente da história ser boa ou não. No elenco está também Rodrigo Santoro (Som & Fúria, Lost, Hoje é Dia de Maria), como Harlan Bell, um fugitivo que tenta sobreviver, um personagem enigmático chave para toda a trama que merece a atenção do público brasileiro.

Esta é a segunda série com base no filme (que ainda teve uma sequência em 1976 com o título de Futureworld). Em 1980, a MGM produziu a primeira temporada de Beyond Westworld, uma série exibida pela CBS que apresenta a sequência dos dois filmes. Na série, o cientista que criou os andróides planeja utilizá-los para dominar o mundo. A produção foi cancelada com apenas cinco episódios.

A estreia da série sofreu dois atrasos. Originalmente prevista para 2015, a estreia de Westworld precisou ser  adiada em função da seleção do elenco. Programada para a Summer Season deste ano, a estreia da série foi novamente adiada quando, em janeiro, a produção foi suspensa para que pudessem ser feitas mudanças criativas e refilmagens de algumas cenas.

 

Com dez episódios de uma hora de duração cada um, Westworld é uma odisseia obscura sobre o despertar da consciência artificial e o futuro do pecado, explorando um mundo onde cada desejo humano, independentemente do seu nível de nobreza ou depravação, pode ser perdoado.

“A partir do provocador conceito do filme original, nós quisemos levantar a seguinte questão: se uma pessoa pudesse ser completamente imersa em uma fantasia em que fosse possível fazer o que quisesse, ela descobriria coisas sobre si mesma que preferiria não saber?”, explica o cocriador Jonathan Nolan.

“Nós também quisemos explorar o que significa ser humano do ponto de vista externo, por meio dos olhos dos “hóspedes”: os personagens realistas com inteligência artificial que são as principais atrações do parque. É uma meditação sobre a consciência – a bênção e o peso dela – retratada lindamente pelo nosso excelente elenco”, acrescenta a cocriadora Lisa Joy.

Westworld é estrelada por Anthony Hopkins (ganhador do Oscar® por “O Silêncio dos Inocentes”; indicado ao Oscar® por “Vestígios do Dia,” “Nixon,” “Amistad”), Ed Harris (ganhador do Globo de Ouro® e indicado ao Emmy® por “Virada no Jogo”, da HBO; indicado ao Oscar® por “Pollock,” “Apollo 13 – Do Desastre ao Triunfo”), Evan Rachel Wood (indicada ao Globo de Ouro® por “Aos Treze”; indicada ao Emmy® e ao Globo de Ouro® por “Mildred Pierce”, da HBO), James Marsden (saga “X-Men”), Thandie Newton (“Missão Impossível 2”) e Jeffrey Wright (“Confirmação”, da HBO; ganhador do Emmy® e do Globo de Ouro® por “Angels in America”, da HBO).

O elenco conta também com Tessa Thompson (“Creed – Nascido para Lutar”), Sidse Babett Knudsen (“Borgen”), Jimmi Simpson (“The Newsroom”, da HBO), Rodrigo Santoro (“Golpe Duplo”, “Os 33”), Shannon Woodward (“Raising Hope”), Ingrid Bolsø Berdal (“Chernobyl”), Ben Barnes (os filmes “As Crônicas de Nárnia”), Simon Quarterman (“Filha do Mal”), Angela Sarafyan (“A Saga Crepúsculo: Amanhecer”), Luke Hemsworth (“Infini”) e Clifton Collins, Jr. (“Star Trek”).

A série foi criada para a televisão por Jonathan Nolan (“Interstelar,” “Batman – O Cavaleiro das Trevas”, “Person of Interest”), que também assina a direção, e Lisa Joy (“Pushing Daisies,” “Burn Notice”), ambos roteiristas e produtores executivos, junto a  J.J Abrams, Jerry Weintraub e Bryan Burk. A série é inspirada no filme de 1973 “Westworld – Onde Ninguém Tem Alma”, com roteiro e direção de Michael Crichton. A produção é da Kilter Films, Bad Robot Productions e Jerry Weintraub Productions, associadas à Warner Bros. Television.

 

Fontes: HBO e Veja Abril 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Artigos relacionados

Thor Ragnarok | Confira pôster nacional e o novo t... O novo teaser de Thor: Ragnarok, com cenas inéditas do confronto entre o asgardiano (Chris Hemsworth) e Hulk (Mark Ruffalo). Outros trechos mostram...
Especial Grandes Filmes com Grandes Indicados ao E... Lena Headey em cena de 300 A partir deste ano, a TNT passa a ser o canal oficial da transmissão do EMMY® Awards. A premiação que acontece no dia 17 d...
Michelle Pfeiffer perturba a paz de Jennifer Lawre... DISTRIBUÍDO PELA PARAMOUNT PICTURES BRASIL, O LONGA DE TERROR PSICOLÓGICO CHEGA AOS CINEMAS BRASILEIROS EM 21 DE SETEMBRO “Por que você não quer te...
Diretor Darren Aronofsky vem ao Brasil para divulg... Darren Aronofsky, diretor indicado ao Oscar e ao Globo de Ouro por “Cisne Negro”, vem ao Brasil para divulgar seu novo longa, ‘Mãe!’, terror psicológi...
UCI abre pré-venda de “Thor: Ragnarok”, com sessõe... A rede de cinemas exibirá o filme nas salas de todo o país, incluindo IMAX 3D, XPLUS 3D e 4DX Na UCI Cinemas, os fãs do super-herói da Marvel, int...

Adicione seu comentário


Powered by Facebook Comments

Written by 

Jornalista e Diagramadora, trabalhou por 9 anos na Editora Meio & Mensagem, por 6 anos na Editora OnLine produzindo os produtos licenciados como Harry Potter, Star Wars, Transformers, Hulk, Homem-Aranha, My Litte Poney, Ben 10, Revista Rebeldes, Yes Teen e mais de mil revistas. Na editora Mythos como freelancer foi responsável pelas capas dos quadrinhos TEX entre outros. Desde 2004 é editora de conteúdo e marketing do site Aumanack. Também conhecido por: Sol Curte: Star Wars, Smallville, Ultras, A Princesa e o Cavaleiro, Arquivo X. Contato: aumanack@aumanack.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *