Delegação brasileira no SXSW terá 62 empresas


A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) está finalizando a seleção de 62 empresas para participar de ações de promoção de negócios e imagem durante o festival South by Southwest (SXSW) 2017, que será realizado de 10 a 19 de março em Austin, Texas. Esta é a maior delegação brasileira desde que a Agência começou a organizar a participação nacional no festival, em 2014.

As empresas participantes integram os setores de audiovisual, produção publicitária, games, música, moda, design, marketing, tecnologia e entretenimento. Entre elas, há empresas de pequeno e médio porte com potencial exportador ou que já exportadoras, e também startups, que buscam investimentos e parcerias.

Considerado um dos mais importantes eventos para os setores de Economia Criativa e Tecnologia do mundo, o festival já foi palco para lançamento de aplicativos como Twitter, Foursquare, Uber e AirBnB. Em 2016, reuniu cerca de 350 mil pessoas que participaram de mais de 2,4 mil painéis de discussão. O público é formado, principalmente, por empreendedores, investidores estrangeiros e líderes de grandes empresas.

“Além de o evento ser uma plataforma de promoção de imagem e reunir players importantes que atuam na chamada economia criativa, os Estados Unidos têm se destacado como mercado com oportunidades para serviços ligados ao audiovisual e artes contemporâneas. Nessa linha, consideramos também os Estados Unidos um mercado promissor para o setor de games do Brasil”, comenta Christiano Braga, gerente de Exportação da Apex-Brasil.

Já foram escolhidas 56 integrantes da delegação e as restantes serão anunciadas até o final desta semana. As selecionadas vieram de um grupo de 100 inscritas e foram avaliadas segundo requisitos relacionados com perfil e maturidade exportadora.

Negócios

As empresas terão acesso a plataformas organizadas pela Agência para realização de negócios e prospecção de oportunidades, investimentos e parcerias. Serão seis plataformas formatadas para atender a diferentes maturidades exportadoras e distintos objetivos.

O Trade Show é uma feira tradicional de negócios em que 17 empresas brasileiras exporão seus produtos e serviços. Seis dela integram o setor de moda, em uma iniciativa organizada em parceria com o Sistema Moda Brasil, e as outras são dos setores de games, música e produção audiovisual.

O Platinum Connection, o Silver Connection e o Gold Connection são plataformas de organização de reuniões entre possíveis compradores e as empresas brasileiras, de acordo com o perfil e grau de maturidade de cada empresa.

Em uma das novidades deste ano, na véspera da abertura do SXSW será realizado o Brazilian Directors Showcase, evento de apresentação de 10 produtoras brasileiras para um grupo de compradores norte-americanos, organizada pela Apex-Brasil em parceria com a Associação Brasileira das Produtoras de Obras Audiovisuais – APRO).

Participação recorde

O Brasil teve, em 2016, a 5ª maior delegação internacional em termos de números de pessoas inscritas para assistir ou expor no festival, atrás apenas do Canadá, Reino Unido, Alemanha e Japão. Para 2017, a expectativa é que o país fique em quarto lugar em número de inscritos: já há 600 brasileiros cadastrados para participar do evento.

A música será outro ponto forte do Brasil no festival. Oito bandas nacionais foram selecionadas para fazer shows dentro da programação do festival: Max de Castro, Liniker e os Caramelows, Capela, Autoramas, Lista de Lily, Maglore, Rashid, ToTi, FingerFingerr e Boogarins.

Programação

O SXSW selecionou profissionais brasileiros para liderar onze painéis de sua programação oficial. Além dos painéis, duas sessões de mentoria serão conduzidas por brasileiros: Igor Kupstas, da O2 Filmes, e Felipe Braga, da produtora Los Bragas.

A Apex-Brasil apoia dois painéis no evento. Um deles, com o tema Diversity Now: Pushing Boundaries Forward, será apresentado pelos atores Wagner Moura e Alice Braga, que discutirão a presença de atores latinos americanos em Hollywood.

O segundo, com o título Brazilian VR: Creativity to hit million of views, será feito pela O2 Filmes, que vem focando no tema: a produtora já fez 360 vídeos em Realidade Virtual (VR), com mais de 50 milhões de visualizações em 2016.

Também com apoio da Agência, ocorre o Meet UpInnovation in Brazil’s fashion industry: a human story of design, technique, craftmanship and, above all, collaboration”. Organizado pelo Sistema Moda Brasil, o Meet Up será apresenatdo pelo estilista Ronaldo Fraga e pelo consultor de moda e design, Evilásio Miranda.

Confira os outros nove painéis que terão participação de brasileiros:

Educação

Eduardo Valladares, do site Descomplica, apresentará uma palestra com o tema Just Small Change: How to Teach Students Autonomy, em que falará sobre como ensinar os estudantes a terem autonomia de estudo. A ideia é que eles assumam a responsabilidade e aprendam a se organizar para aprender.

O painel Students as Education innovators debaterá estratégias para engajar estudantes na co-criação e implementação de inovações educacionais. O grupo Porvir está organizando o painel e apresentará a pesquisa Nossa Escola em (Re)Construção, que ouviu mais de 135 mil jovens de diversos estados do país para entender como gostariam que a escola fosse e como gostam de aprender. A discussão contará com a presença de Mailson Cruz de Aguiar, estudante de 19 anos que participou da construção do questionário da consulta e da análise dos resultados. A inovadora social Bruna Waitman, do Media Education Lab (MEL), vai levar para o debate a experiência na construção e aplicação de uma metodologia de escuta e co-criação em São Miguel dos Campos, em Alagoas, e em uma escola ocupada em Goiânia, em Goiás, disponíveis na plataforma Faz Sentido. A mediação do debate será feita pela diretora do Inspirare, Anna Penido.

Ainda no tema da educação, no painel How to Engage over a Million Teachers Everyday, Leandro Beguoci, da associação Nova Escola, debaterá com Denis Mizne, da Lemann Foundation, sobre estratégias e plataformas de diálogo com professores.

Startups

No tema de empreendedorismo e startups, o painel Not Another Valley: Startup Hubs in Latin America captará a experiência de hubs de startups no Brasil, Colômbia e México e discutirá a criação de ecossistemas que favoreçam o surgimento de novas empresas. Bruno Peroni, da Semente Negócios, será o debatedor do Brasil.

Moda

No tema da Moda, o consultor de moda e design Evilásio Miranda falará sobre o tema Indie (Yet Global) Fashion Businesses, em que discutirá estratégias e ferramentas para que a moda independente tenha alcance global.

Criatividade

No workshop Hack Creativity with Neuroscience, Arts and Tech, Elisa Gijsen, da organização brasileira FLAGCX, que funciona como aceleradora e consultora de srtarutps, discutirá com o neurocientista do MIT e artista Adam Haar Horowitz, como ocorre o processo criativo e como alguns métodos podem ser usados para estimular novos insigths.

Arquitetura

O professor de Arquitetura e Urbanismo do Centro Universitário Belas Artes de São Paulo, Alexandre Kuroda, apresentará o painel From Mud Cracks to Buildings: Endemic Interstices, que abordará processos computacionais para a elaboração de modelos de arquitetura.

A apresentação discorrerá sobre o uso de formações não lineares complexas organizadas por meio de ferramentas digitais de design, inspiradas nos padrões de rachaduras de várias formações de terra, e usadas para gerar estruturas de edifícios que possuem estabilidade estrutural, proteção solar e controle de fluxo de ar.

Música

Os brasileiros do projeto Around the World in 80 Music Videos serão palestrantes na conferência Making Film & Episodics. Idealizado por Leo Longo e Diana Boccara, o ATW80 consiste na filmagem de videoclipes em plano- sequência, com 80 bandas ao redor do mundo. Os vídeos estão sendo produzidos desde março de 2015, de forma que semanalmente – as segundas-feiras – o material é publicado, em conjunto com um episódio de making of, no canal do Youtube.

Cinema

O Videocamp – plataforma criada por brasileiros para conectar filmes com um propósito social a audiências em todo o mundo será apresentado no painel: Air BnB of Movie Theatres: Free, Anytime, Anywhere. A plataforma já promoveu exibições de mais de 7 mil filmes, em 52 países.

Adicione seu comentário


Powered by Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *