Posts Relacionados

Mais uma notícia bomba para completar a noite.

Acompanhar a história dos diretores de Star Wars nos dias de hoje é como acompanhar o BBB.
Qual vai pro paredão?
Depois de Phil Lord e Chris Miller terem sido demitidos da direção do derivado focado em Han Solo, agora é Colin Trevorrow que sai da cadeira de diretor do episódio IX de “Star Wars”.
Afinal deve ser bem complicado trabalhar com uma das maiores franquias da história do cinema, e trazer coisas novas e “driblar” as teorias e exigências dos fãs, não deve ser nada fácil. E a melhor desculpe é a tal diferença criativa para situações assim
Mas é claro que algumas pistas apontam que a possível a demissão de Trevorrow tenha a ver com o recente fracasso de seu último trabalho, “The Book of Henry”, que com orçamento de dez milhões de dólares arrecadou apenas quatro milhões nas bilheterias americanas, Trevorrow dirigiu Jurassic World e arrecadou 1,6 bilhão de dólares no mundo.

Segundo carta oficial:
Lucasfilm e Colin Trevorrow decidiram mutuamente tomar caminhos separados em “Star Wars”. Colin tem sido um colaborador maravilhoso durante todo o processo de desenvolvimento do filme mas nós todos chegamos à conclusão que nossas visões para o projeto eram diferentes. Nós desejamos a Colin o melhor e estaremos divulgando mais informações sobre o filme em breve” declarou a Lucasfilm em comunicado.

Mas já correm boatos que o diretor não acertou o jeito com o roteiro e que Kathleen Kennedy, a mão de ferro da franquia, não deixou a peteca cair e como sempre não hesitou em substituir o diretor.

Vale lembrar que dependendo da história do episódio 8, o novo filme ainda terá que “explicar” a ausência de Carrie Fisher como a General Leia. Tarefa nada fácil e particularmente triste para os fãs da saga.

Rogue One: Uma História Star Wars (2016), derivada da trama original da série, precisou da assistência de Tony Gilroy para filmar cenas adicionais após o trabalho inicial do diretor Gareth Edwards.

Na internet fãs já fazem apostas de quem poderia assumir a cadeira da direção, além é claro de George Lucas (que divide opiniões), a diretora de Mulher-Maravilha Patty Jenkins está entre a preferida do público, além da volta de J.J. Abrams.

Atualmente, Colin Trevorrow está trabalhando como produtor executivo e roteirista de Jurassic World 2.

Antes agendadas para janeiro de 2018, não sabemos se as filmagens sofrerão algum tipo de atraso, mas a data de estreia continua prevista para maio de 2019.

 

 

 

 

 

 

Adicione seu comentário VIA FACEBOOK

Powered by Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *