ELENCO COMENTA PROTAGONISMO FEMININO DE ‘ENTRE IRMÃS’ EM VÍDEO INÉDITO

Marjorie Estiano, Nanda Costa e Letícia Colin destacam a força das personagens no longa que estreia dia 12 de outubro

Duas irmãs costureiras que tecerão suas próprias histórias em cenário francamente adverso à afirmação feminina. É o que conta o filme ENTRE IRMÃS, de Breno Silveira, que estreia dia 12 de outubro. Luzia (Nanda Costa) e Emília (Marjorie Estiano) vivem destinos antagônicos em um período de grandes transformações políticas e sociais: o nordeste do país nos anos 20 e 30. Em vídeo inédito, as atrizes falam sobre a importância do protagonismo feminino.

 

– Acho quando a gente resgata e pensa que essas mulheres viviam na década de 20 é ainda mais inspirador porque era tudo ainda tão mais difícil. O que é natural para gente hoje, poder estudar, poder fazer suas escolhas, não casar, foi uma conquista dessas mulheres, dessas precursoras. Eu sou muito grata a essas figuras – revela Marjorie. “- É muito importante a gente ter um filme feminino, o Breno mesmo já dirigiu vários filmes que o universo era mais masculino. Ele tem muita sensibilidade”, completa Nanda.

Baseado no elogiado e premiado livro “A Costureira e o Cangaceiro”, de Frances de Pontes Peebles, o longa conta a história da corajosa Luzia, que faz a opção de seguir um violento grupo de cangaceiros, e Emília, a jovem que sonha com um príncipe encantado e em se mudar para a capital. Criadas para serem costureiras, essas mulheres tecerão suas próprias histórias em cenário francamente adverso à afirmação feminina. Apesar de lutas, conquistas e derrocadas, as duas irmãs separadas pela distância e pelas escolhas, sempre cultivaram uma mesma certeza: que só podiam contar uma com a outra.

– Escrever sobre mulher foi alívio. Todos os protagonistas dos filmes anteriores eram masculinos, é a primeira vez que a gente trabalha com protagonistas femininas. É o meu universo, minha essência máxima – comenta a roteirista Patrícia Andrade.

Com produção Conspiração Filmes, coprodução Globo Filmes, distribuição Sony Pictures e codistribuição H2O Films, ENTRE IRMÃS tem roteiro assinado por Patrícia Andrade, parceira do diretor em seus longas anteriores. O filme foi financiado com recursos públicos obtidos através da Chamada Pública BRDE/FSA PRODAV 06-2013/2014 e dos artigos 1 e 3-A da Lei do Audiovisual (Lei Federal nº 8.685/93). O patrocínio é da empresa Copergás.

Sinopse:

Nos anos 30, duas irmãs separadas pelo destino enfrentam o preconceito e o machismo, uma por parte da alta sociedade na cidade grande, e a outra de um grupo de renegados no interior. Apesar da distância, elas sabem que uma só tem a outra no mundo e cada uma, à sua maneira, vai se afirmar de forma surpreendente.

Leia mais  HyperX apresenta o Cloud Revolver S, seu primeiro headset com som surround Dolby 7.1 Plug-and-Play

Sobre o diretor

Um dos mais admirados diretores de cinema do país e responsável por sucessos como “2 Filhos de Francisco” e “Gonzaga – De pai pra Filho”, Breno Silveira formou-se em direção de fotografia pela École nationale supérieure Louis-Lumière, de Paris. “ENTRE IRMÃS” é seu quinto longa-metragem. Sua carreira inclui ainda sucessos na direção de TV, de Publicidade e de Documentários, bem como a direção de fotografia de mais de dez filmes, incluindo obras aclamadas, como “Carlota Joaquina” e “Eu Tu Eles”. É sócio da produtora Conspiração Filmes desde 1996 e dirige comerciais para grandes marcas e agências de publicidade. O longa “2 Filhos de Francisco” levou mais de 5 milhões de espectadores aos cinemas em 2005, tornando-se o filme número um do mercado e superando a bilheteria de todos os blockbusters de Hollywood naquele ano.

O filme foi a indicação brasileira ao Oscar de Filme Estrangeiro de 2006. Seguiram-se “Era Uma Vez” (seleção oficial do Festival de Toronto), “À Beira do Caminho” (vencedor de 5 troféus, incluindo Melhor Filme, no Festival Cine PE) e “Gonzaga – De pai pra Filho”, (que atraiu 1,3 milhão de espectadores aos cinemas e venceu o prêmio de Melhor Filme no Grande Prêmio Cinema Brasil). No ano passado, foi escolhido pelo Comitê Olímpico Internacional para dirigir o filme oficial olímpico dos Jogos Rio 2016, atualmente em pós-produção. Em TV, dirigiu a série “1 Contra Todos”, produção original de ficção de maior audiência na história da FOX no Brasil, depois de “The Walking Dead”, cuja terceira temporada encontra-se em produção. Seu próximo longa-metragem será a cinebiografia de Roberto Carlos, prevista para 2018.

Sobre a Conspiração Filmes

A Conspiração é uma das maiores e mais completas produtoras de audiovisual do país em Publicidade, TV, Branded Content, Digital e Art+Music. Com 34 filmes lançados no cinema, é a produtora independente com o maior número de lançamentos, responsável por vários destaques como “Vai que Cola – O Filme”, “Os Penetras”, “A Mulher Invisível” e “2 Filhos de Francisco”. No portfólio da TV conta com títulos que são sucessos de audiência, como as séries “Magnífica 70” (HBO), “1 Contra Todos” (Fox) e “Detetives do Prédio Azul” (Gloob) e programas como “Superbonita” (GNT) e “Bela Cozinha” (GNT). Se destaca ainda no mercado publicitário: são mais de 5 mil filmes para marcas e agências nacionais e internacionais. Conta ainda com a Conspira+, núcleo que desenvolve e produz projetos de branded content, como a websérie “Madrugada Desperada”, (criada para a marca de cerveja Desperados, apresentada por Fernanda Young, cujos vídeos somam mais de 3 milhões de views no Youtube); o videoclipe “O Rolê é nosso” com quase 20 milhões de views, estrelado pela rapper karol Conka; a websérie “aBRAçando o BRAsil” (criada para o Bradesco, que acompanhou a Tocha Olímpica pelo país e ultrapassou 12 milhões de views só no Youtube); canais autorais no Youtube como “Canal da Bela” (da chef e apresentadora Bela Gil), e “Canal Sensacionalista” (do famoso site de notícias fictícias). A Conspiração tem cerca de 200 funcionários, e três unidades: Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais.

Leia mais  ENTRE IRMÃS | No dia do irmão, não poderia faltar o lançamento de mais um trailer do filme!

Sobre a Globo Filmes

Desde 1998, a Globo Filmes já participou de mais de 200 filmes, levando ao público o que há de melhor no cinema brasileiro. Com a missão de contribuir para o fortalecimento da indústria audiovisual nacional, a filmografia contempla vários gêneros, como comédias, infantis, romances, dramas e aventuras, apostando na diversidade e em obras que valorizam a cultura brasileira. A Globo Filmes participou de alguns dos maiores sucessos de público e de crítica como, ‘Tropa de Elite 2’, ‘Minha Mãe é uma Peça 2’ – com mais de 9 milhões de espectadores -, ‘Se Eu Fosse Você 2’, ‘2 Filhos de Francisco’, ‘Aquarius’, ‘Que Horas Ela Volta?’, ‘O Palhaço’, ‘Getúlio’, ‘Carandiru’ e ‘Cidade de Deus’ – com quatro indicações ao Oscar. Suas atividades se baseiam em uma associação de excelência com produtores independentes e distribuidores nacionais e internacionais.

Sobre a Sony Pictures

Com presença marcante no mercado nacional, a Sony Pictures distribuiu e/ou co-produziu no Brasil, 22 dos 25 longas nacionais lançados na década de 90, momento da retomada. Em 2016, através do investimento em inúmeras produções, apostando em novos talentos e diferentes gêneros ao longo dos últimos anos, a Sony Pictures chega à marca de mais de 60 filmes nacionais distribuídos e/ou co-produzidos, entre eles: Deus é Brasileiro, Carandiru, Cazuza, 2 Filhos de Francisco, Meu Nome Não é Johnny e As Vidas de Chico Xavier.

Sobre a H20 Films

Fundada em 2012, a H2O Films é uma distribuidora de Cinema com capital 100% nacional. Sua missão é potencializar ao máximo o desempenho dos filmes que lança, com prioridade para as produções nacionais. Em um mercado altamente competitivo, a H2O Films busca tratar e pensar cada projeto de forma exclusiva. Para isso, tem como grande diferencial a expertise em marketing e o know-how em programação de sua equipe. Em seu quinto ano de atuação, já é responsável pela distribuição de mais de 30 filmes, incluindo títulos nacionais e internacionais. Dentre os filmes internacionais, distribuiu “Ouija – O Jogo dos Espíritos”, em uma de suas parcerias com a Universal Pictures, que arrebatou mais de 500 mil espectadores. Dentre os nacionais, a H2O Films lançou “Made in China”, com direção de Estevão Ciavatta e protagonizado por Regina Casé, com mais de 400 mil espectadores; Cássia Eller, de Paulo Henrique Fontenelle, que, com 72 mil espectadores, um dos documentários mais bem-sucedidos do mercado e de crítica; “Vai Que Cola – O Filme”, com a maior bilheteria de abertura nacional do ano de 2015, que contou com um público de mais de 3,2 milhões de espectadores, e “Um Tio Quase Perfeito”, protagonizado por Marcus Majella, com um público de mais de 550 mil espectadores.

Leia mais  Sebastian Stan diz estar preparado para trabalhar em um filme solo da Viúva Negra

 

Ficha Técnica:

Direção: Breno Silveira

Produção: Conspiração Filmes

Coprodução: Globo Filmes

Distribuição: Sony Pictures

Codistribuição: H2O Films

 

Elenco:

Marjorie Estiano – Emília

Nanda Costa – Luzia

Julio Machado – Carcará

Romulo Estrela – Degas

Letícia Colin – Lindalva

Gabriel Stauffer – Felipe

Cláudio Jaborandy – Dr. Duarte

Cyria Coentro – Tia Sofia

Ângelo Antônio – Dr. Eronildes

Fábio Lago – Orelha

Rita Assemany – D. Dulce

 

Equipe:

Roteiro: Patrícia Andrade

Baseado na obra de Frances de Pontes Peebles “A Costureira e o Cangaçeiro”

Direção de fotografia: Leo Ferreira

Direção de arte: Claudio A Peixoto

Figurinos: Ana Avelar

Caracterização e Maquiagem: Martín Macias Trujillo

Cenografia: Ciça Cristo

Montagem: Vicente Kubrusly

Música original: Gabriel Ferreira

Supervisão Musical: Antonio Pinto

Produção de elenco: Cibele Santa Cruz

Som direto: Valéria Ferro

Desenho de som e mixagem: Alessandro Laroca, Armando Torres Jr., ABC, Eduardo Virmond Lima e Renan Deodato

Supervisão de pós-produção: Adriana Basbaum

Coordenação de pós-produção: Leo Moraes

Supervisão de efeitos visuais: Claudio Peralta

Colorista: Ely Silva, ABC

Direção de Produção: Clara Machado

Produtora Delegada: Lili Nogueira

Coordenação de produção executiva: Fernanda Chasim

Coprodutoras executivas: Lorena Bondarovsky, Mirela Girardi, Mônica Siqueira, Clarisse Goulart e Tania Pacheco

Produtores Associados: José Alvarenga Jr. e Eneide Maia

Produtores executivos: Gustavo Baldoni, Leonardo M Barros, Eliana Soárez, Maria Amélia Teixeira e Renata Brandão

Dirigido e produzido por: Breno Silveira

https://www.instagram.com/filmeentreirmas/
https://www.facebook.com/FilmeEntreIrmas

Compartilhe:

Compre o livro na amazon: bit.ly/estradaparayellowrose

Adicione seu comentário VIA FACEBOOK

Powered by Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *