Posts Relacionados

15/1, segunda-feira, 23h15


Após encher de lixo a casa de uma amiga, mulher terá de procurar outro lar, esta semana, em Acumuladores Compulsivos

Os personagens de Acumuladores Compulsivos (Hoarders), série exclusiva do A&E, parecem pessoas comuns, mas escondem transtornos que muitas vezes os levam a perder família, amigos, dignidade e também a liberdade. Eles fazem de suas casas ambientes insalubres, pois acumulam objetos que não têm nenhuma utilidade, transformando os espaços em verdadeiros lixões. Muitos estão prestes a serem despejados ou sofrerem intervenção de entidades de saúde pública, em virtude de denúncia de vizinhos incomodados com tamanha sujeira e desordem.

Ao contrário de colecionadores, são pessoas que sofrem do transtorno mental conhecido como colecionismo. Elas têm uma condição patológica séria e participam do programa com tratamento específico para cada caso, sempre com a orientação qualificada de terapeutas, na tentativa de recuperá-las desse transtorno.

No inédito de hoje, Judy encheu sua casa de lixo e, após ser diagnosticada com câncer, foi morar com uma amiga. Agora, após vários meses de convívio com a acumulação, sua amiga exige que ela vá embora. No outro caso, alguém queimou a casa abarrotada de coisas de Jerry, e ele terá que limpar todo o lixo que sobrou, ou irá perder seu lar.

 

Classificação Indicativa: 16

 

 

16/1, terça-feira, 21h35

 

Em um dos casos de Polícia 24H, fuga de assaltante termina em frente à base policial

As câmeras são testemunhas do trabalho que os profissionais da Segurança Pública realizam dia após dia em pleno exercício de suas funções. Sem maquiagem, atores ou roteiros, a série Polícia 24H traz casos em que os protagonistas são a comunidade e a polícia. Eles fazem parte de um espetáculo no qual, apesar de o objetivo ser o bem-estar geral da população, as histórias nem sempre têm um final feliz.

No episódio desta terça, durante patrulha, a equipe da Polícia depara-se com alguns suspeitos. Na hora da abordagem, uma denúncia afirma que um deles havia enterrado alguma coisa no local. Após a varredura, são encontradas armas e drogas. Depois, um homem comete assalto a uma mulher e, na hora da fuga, acaba saindo em frente à base da Polícia Militar. Ele alega que está desempregado e precisava de dinheiro, por isso decidiu assaltar. Em outro caso, a Polícia aborda quatro menores. Um deles era fugitivo e o outro constava no sistema como desaparecido. Eles são conduzidos à Delegacia da Criança e do Adolescente para que os responsáveis fossem buscá-los. E, ainda, a equipe da Polícia recebe uma denúncia de que um homem foragido está numa chácara.

CI: 12

 

 

17/1, quarta-feira, 20h50

Inédito de Escravos da Cientologia mostra a verdade sobre os campos educacionais para crianças problemáticas

A reveladora série Escravos da Cientologia (Leah Remini: Scientology and the Aftermath) , vencedora de um prêmio Emmy em 2017 (Melhor série Informativa/Especial) e exclusiva do A&E, aborda os dramas daqueles que decidem deixar a seita. Sob o comando da atriz Leah Remini, que deixou a instituição em 2013, a produção traz à tona histórias terríveis vividas por aqueles que abandonaram a igreja e tiveram coragem de falar abertamente sobre suas experiências.

Nesta segunda temporada, Leah Remini e o também ex-membro da Cientologia Mike Rinder apresentam histórias impactantes de abuso, angústia, extorsão e assédio, vividas por pessoas que deixaram a instituição. O objetivo é ajudar aqueles que sofreram com a igreja e tentar alertar quem ainda faz parte dela. Os casos incluem a perda de entes queridos por suicídio, a experiência de ter crescido na organização paramilitar da igreja (The Sea Organization – A Organização do Mar) e o depoimento terrível da vivência pessoal do cineasta ganhador do Oscar Paul Haggis (CrashMenina de Ouro).

No episódio de hoje, Os ranchos, os supostos campos educacionais para crianças problemáticas da Cientologia eram, na realidade, campos de trabalho onde os alunos suportavam castigos físicos e árduas condições de vida. Dois antigos estudantes contam a Leah e Mike toda a verdade sobre os Ranchos Mace-Kingsley.

CI: 14

 

 

19/12, sexta-feira, 20h

 

Especial Crianças Que Matam apresenta a realidade de menores que cometem assassinatos

 

O que acontece quando um menor de idade comete um assassinato? O especial inglês de duas horas de duração que o A&E apresenta nesta sexta,Crianças Que Matam (Kids Who Kill) , mergulha nas mentes de jovens assassinos e conta as intensas histórias de vida dos menores criminosos e de suas vítimas, com acesso exclusivo às famílias envolvidas.

 

As histórias reais e emocionais entram fundo em momentos trágicos de violência e mostram os efeitos negativos sobre as famílias das vítimas e sobre os próprios assassinos. Entrevistas profundas com os advogados de defesa e acusação de cada um dos casos, bem como com especialistas em psicologia infantil, levantam um debate sobre punição versus reabilitação, e as competências da mente adolescente.

Canal A&

 

21/1, domingo, 20h30

A&E Movies exibe neste domingo o longa 21 – Quebrando a Banca, com Kate Bosworth e Laurence Fishburne

Ben Campbell (Jim Sturgess) é um brilhante estudante do M.I.T. (Instituto Tecnológico de Massachusetts), recrutado para integrar o grupo dos seis estudantes mais talentosos da escola, que todos os fins-de-semana vão a Las Vegas, com falsas identidades e grandes probabilidades de ganhar no blackjack.

O grupo é liderado pelo professor de matemática e gênio da estatística Micky Rosa (Kevin Spacey). A contagem das cartas e um esquema de sinais permitem à equipe ganhar muito dinheiro nos grandes cassinos. Seduzido pelo estilo de vida de Vegas, e por sua amiga inteligente e sexy Jill Taylor (Kate Bosworth, de Para Sempre Alice e Superman – O Retorno), Ben começa a ultrapassar todos os limites.

21 – Quebrando a Banca (21, 2008, EUA)
Gênero: crime, drama
Direção: Robert Luketic
Elenco: Jim Sturgess, Kate Bosworth, Kevin Spacey, Laurence Fishburne

Adicione seu comentário VIA FACEBOOK

Powered by Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *