Akira | Obra prima de Katsuhiro Otomo quase teve uma versão em live action


Em alguns dias da estreia de Ghost in The Shell – A Vigilante do Amanhã nos cinemas, os poucos minutos que assisti fiquei fascinada com a beleza do filme, mas a todo o momento imaginei que finalmente (e não tão cedo) os EUA deve se render as excelentes histórias de Animes / Mangás orientais. Durante todo o momento eu imaginava como seria sensacional se tivéssemos finalmente uma versão em Live Action (depois desse pontapé inicial de Ghost in The Shell), de Akira (アキラ?).


Criado por Katsuhiro Otomo, é considerado um clássico do estilo cyberpunk que acabou dando origem a um longa-metragem de animação com o mesmo nome com roteiro e arte de Katsuhiro Otomo.

Para quem não se lembra Akira foi um mangá criado por 1982, e mostra a história de pessoas com poderes paranormais e como elas sobrevivem aos conflitos políticos da época. A história toda se passa depois da III Guerra Mundial, e que supostamente foi iniciada pelo crescimento incontrolável de poderes sobrenaturais de uma criança chamada Akira.

Recordo-me que foi decepcionante saber que o título do longa não era do personagem que aparece logo no início do filme, ou do pôster, Akira e sim Kaneda Shotaro. Mas é claro que depois da história esse detalhe foi esquecido.

Em 2014 Osric Chau (Kevin Tran) de Supernatural assumiu o papel do líder Kaneda em um curta metragem, ou fanvid, Akira Project, a empresa de produção baseada em Montreal Cineground em Julho de 2012 começou uma campanha de crowdfunding para o Projeto Akira, cujo objetivo era produzir um trailer que fielmente adaptado do mangá e anime de uma forma que Hollywood provavelmente nunca vira na época.

Um trabalho bastante complicado para uma obra prima desse nível. Tudo isso embalado pela trilha sonora, magnífica. (Desculpe o exagero mas esse anime é sensacional) de Geinoh Yamashirogumi.

A versão de colecionador foi lançado aqui no Brasil (e nós deixamos passar) e está esgotada.

 


Confira o trailer do anime original

Akira Project

 

 

Vamos torcer para que Akira agora saia do papel, ou melhor, do fan film
Facebook: fb.com/projectakira
Twitter: twitter.com/Project_Akira

 

Até nos Simpsons

Até que não podia faltar: Trailer de Akira ao melhor estilo dos Simpsons, não perca um segundo. Bartkira.


História:
A Neo-Tokyo do século XXI foi erguida sobre os escombros de Tóquio, uma cidade destruída por uma criança – o colosso psíquico conhecido como Akira. Akira foi mantido em animação suspensa desde o holocausto, mas outros sobreviventes do programa militar secreto, anciões psíquicos formidáveis em corpos de crianças, sabem que um dia Akira vai despertar. Surgem Tetsuo e Kaneda, membros de uma gangue de jovens motociclistas. Um acidente violento desperta os poderes tele cinéticos dormentes em um furioso e instável Tetsuo, que logo explode em uma revolta psíquica contra amigos e inimigos, e transformando Kaneda de irmão de sangue em inimigo mortal. O misterioso Coronel, líder de “O Projeto”, usa uma super droga para manter Tetsuo sob controle, mas Tetsuo logo se desenvolve além do controle do Coronel e de suas crianças psíquicas – Takashi, Masaru e Kiyoko – e a descoberta da existência de Akira por Tetsuo lhe estimula o desejo de confrontar o superser.

As ruas de Neo-Tokyo estão sob vigilância de patrulhas militares e de sentinelas – robôs zeladores. Kaneda, Kei e Chiyoko – uma mulher da resistência – são traídos por Nezu, que toma Akira para usá-lo como uma arma contra o governo. Chiyoko e os outros lutam para escapar da morte e recapturam Akira, mas as forças do Coronel os cercam, e Akira se reúne com seus velhos amigos Masaru, Kiyoko e Takashi. Tentando matar Akira para que ninguém o use, Nezu atira em Takashi, cuja morte liberou os poderes de Akira. Depois de uma onda cataclísmica que devastou Neo-Tokyo, Tetsuo aparece e se une a Akira.

Surge o Grande Império de Tóquio, seguidores loucos de Akira sob o controle maléfico de Tetsuo, que planeja neutralizar as crianças psíquicas e Lady Miyako, outra sobrevivente do Projeto cujo templo se tornou um oásis para refugiados. Tetsuo administra a super droga em “voluntários”. Os poucos que sobrevivem tornam-se a tropa de choque psíquica de Tetsuo, que capturam e executam um grupo de agentes de inteligência militar. Um operativo, Yamada, evita ser capturado.

Kei, Chiyoko e Ryu, junto com os incapacitados Masaru e Kiyoko, sobreviveram à fúria de Akira, mas Kaneda foi aparentemente morto. Chiyoko e Kei vão atrás da ajuda de Miyako, que entrega a super droga para ser dada a Masaru e Kiyoko e as instrui para que eles sejam trazidos até ela. Enquanto isso, Ryu encontra Yamada e se oferece para ajudar o agente. Sem nenhuma proteção, Masaru e Kiyoko são raptados por espiões do Império. Kei e Chiyoko os enfrentam e libertam Masaru, mas os raptores de Kiyoko escapam. Kei segue com Masaru até o templo enquanto Chiyoko vai atrás de Kiyoko.

Por diversão, Tetsuo dá a droga para algumas jovens. Todas morrem exceto uma, Kaori, que não ingeriu a pílula. Ela se torna a companheira de Tetsuo e babá de Akira. Tetsuo sente que Akira está manipulando seus pensamentos, e quando ele confronta a criança, Akira mergulha Tetsuo no redemoinho caótico de sua mente. Tetsuo recua aterrorizado, mas ele eventualmente se recupera e vai atrás de Miyako, que conta a ele sobre o Projeto e como a super droga atualmente inibe seu desenvolvimento. Sem a droga, ele pode ficar no mesmo patamar que Akira, o que Miyako sente que secretamente é o único modo de controlar a super criança.

Chiyoko recaptura Kiyoko, mas é encurralada e gravemente ferida. As duas são resgatadas pelo Coronel e levadas até um laboratório ainda intacto. O coronel coloca Kiyoko dentro de um robô zelador e começa a árdua jornada até o templo de Miyako. Ele leva consigo um dispositivo de mira para o satélite SOL.

Tetsuo entra em um redemoinho de agonia. Seu tenente organiza um ataque ao templo de Miyako. Muitos inocentes morrem, mas o ataque é finalmente repelido pelos poderes psíquicos dos sacerdotes do templo. Tetsuo aparece para Ryu e Yamada, dizendo a eles sobre a chegada da frota americana. Yamada tenta atirar em Tetsuo, que o para facilmente e então desaparece. Enquanto o Coronel se aproxima do templo, O Império ataca novamente. Encurralado, o Coronel prepara-se para disparar o satélite SOL. Kei, Masaru, Miyako e seus monges se refugiam na torre do templo, mas um agonizante Tetsuo aparece implorando por drogas. Quando o superlaser de SOL é disparado, Tetsuo se lança ao ar, liberando seu poder e lançando edifícios destruídos como se fossem brinquedos. Mas Tetsuo continua, transcendendo tempo e espaço, revivendo seu nascimento, e eventualmente chegando até… Akira. Tetsuo se ajoelha diante de seu mestre.

Kaneda, ferido e surrado, mas ainda respirando, emerge dos destroços e se reúne com Kei e seu velho amigo Kaisuke no templo de Miyako. Momentos depois, o ferido Coronel chega com Kiyoko, e Miyako os conduz à Kei para dentro. Kiyoko e o Coronel são atendidos, mas mais tarde o coronel diz à Kei que ele pretende concluir sua missão, usar SOL para destruir Tetsuo e Akira. Kei, preocupada com Chiyoko, concorda em acompanhá-lo, e eles saem em segredo rumo ao esconderijo do Coronel.

Kaisuke leva Kaneda pela cidade baixa em torno do templo até um velho adversário dele, o Coringa, com quem desenvolve um plano de libertação. Miyako convoca Kaneda e implora para que ele encontre Kei. Kaneda e Kaisuke “pegam emprestadas” as motos reconstruídas do Coringa e vão atrás dela. Soldados do Império, tendo seguido Kei e o Coronel, invadem o esconderijo. Kei é atacada por um psíquico do Império antes que o Coronel possa matá-lo. Kaneda e Kaisuke, guiados por uma projeção psíquica de Kei, chegam e seguem com a operação de entregar Kei e Chiyoko ao templo de Miyako.

Enquanto a força-tarefa dos Estados Unidos se prepara para entrar em ação, cientistas a bordo do navio de comando estudam freneticamente o fenômeno em volta da emergência do “Jovem A” – ou seja, Akira. Um tsunami psiquicamente induzido atinge o navio, e Tetsuo se materializa entre os cientistas. Ele conversa com eles brevemente antes de demonstrar seu poder, ferindo gravemente um dos cientistas, e então desaparece.

Yamada recupera uma encomenda aérea, um sistema de armas bioquímicas, na intenção de destruir Akira – e qualquer outro sem sorte que ficar no caminho. Ryu tenta impedir Yamada, mas é nocauteado. Tetsuo retorna à fortaleza de Akira, onde seu auxiliar o convence a reunir os cidadãos do Império, cujo fervor diminuiu diante da liderança mais benigna de Miyako. Reunidos no Estádio Olímpico, os cidadãos do Império contemplam uma demonstração de poder, que culmina com Tetsuo abrindo uma imensa cratera na lua! A fé aumenta, mas os efeitos de tão grande destruição causam ondas massivas que inundam a cidade. Com Tetsuo se tornando uma ameaça potencialmente maior que Akira, Miyako decide Lutar com ele usando Kei como foco para os poderes combinados de seus aliados psíquicos. Para proteger Kei, Kaneda planeja matar Tetsuo primeiro, alistando seus velhos amigos da gangue. Coringa consegue consertar com sucesso uma plataforma voadora militar, e se seu bem guardado arsenal, ele produz um rifle laser para Kaneda usar contra Tetsuo.

Um esquadrão especial para assassinar Akira se une a Yamada, e os americanos violam a segurança de SOL para tomar controle da arma. Um cientista do Projeto impede que o sistema seja invadido, dando ao Coronel tempo para destruir Tetsuo antes que SOL risque Neo-Tokyo do mapa. O Coronel encontra Tetsuo – com seu corpo sofrendo horríveis mutações por causa do Poder – mas Tetsuo desaparece antes que o Coronel possa atirar nele. Tetsuo ataca a frota americana, causando uma incrível destruição, incluindo o disparo de armas nucleares. Enquanto Tetsuo se enfurece no deque do navio de comando, Kei aparece e ajuda Miyako a atingir Tetsuo com um míssil errante. Tetsuo sobrevive e contra-ataca, mas Kei desaparece, e Tetsuo faz o mesmo.

A gangue chega ao Estádio Olímpico. Enquanto o Coringa vigia do alto em uma plataforma voadora, Kaneda e Kaisuke lideram os motociclistas em terra num robô-zelador. O Coronel finalmente encontra Tetsuo, e utiliza o dispositivo de mira para disparar SOL. Reagindo ao ataque, Tetsuo sofre mutações grotescas e se torna um ser disforme gigantesco. O Coringa surge e tenta detê-lo atirando com a metralhadora da plataforma voadora, mas não é o bastante para matar Tetsuo. Kei aparece e perfura o corpo monstruoso de Tetsuo até que ele se despedace e se reconstrua, retornando à sua forma original.

Enquanto isso, o tenente de Tetsuo planeja eliminar seu mestre utilizando Akira como arma. Kaori põe-se em seu caminho, e ele a mata. Yamada e as forças especiais surgem e atacam os psíquicos do Império com armas químicas. Tetsuo, pressentindo a morte de Kaori, vai até o local. Os militares utilizam um gás de bactérias para tentar matá-lo, mas este só funciona como uma droga para dar a Tetsuo o controle de seus poderes e de sua mutação. Os demais membros do Império morrem devido às armas químicas. Tetsuo mata Yamada e suas forças especiais. Em seguida, Kaneda e Kaisuke surgem no robô-zelador. Kaneda ordena que Kaisuke leve Akira para longe e encara Tetsuo em um confronto, armado com um rifle laser. Kei aparece para ajudá-lo, mas é ferida.

Aviões militares americanos começam a bombardear a cidade. O plano é destruir Neo-Tokyo com Akira e Tetsuo dentro. Enquanto isso, Tetsuo e Kei se enfrentam. Tetsuo transforma o corpo de Kei em um centro de gravidade, e ela quase é esmagada. Kaneda aproveita o momento de distração de Tetsuo para nocauteá-lo. Os militares utilizam o canhão laser do satélite FLOYD e disparam em Neo-Tokyo. Tetsuo voa até o satélite e o derruba, guiando sua queda até o navio de comando da frota americana. O navio afunda e os sobreviventes escapam em botes salva-vidas.

Tetsuo leva o corpo de Kaori até a prisão criogênica de Akira, sendo seguido de longe por Ryu. Kaneda, Coringa e Akira se direcionam ao local, encontrando com Chiyoko caminho. Logo em seguida, Ryu se une ao grupo. Lá embaixo, Tetsuo sofre em silêncio pela morte de sua companheira, quando Kei chega ao local. Tetsuo sofre mutações e se torna novamente um monstro gigante.

O resto do grupo chega ao local para salvar Kei. Tetsuo implora por ajuda, e em mais uma transformação, prende Kaneda entre seus órgãos e músculos disformes. Ryu se encarrega de afastar Akira de Tetsuo para que não haja sincronia entre seus poderes e o mundo não seja destruído. Porém, tal evento parece inevitável, e a destruição começa. Assustado, Ryu atira em Akira, quebrando a ligação. Uma enorme viga de ferro cai em cima de Ryu, e ele morre. Tetsuo percebe a presença psíquica de Miyako, Masaru e Kiyoko e vai até eles, destruindo o templo. Miyako convoca Kei até o local e se prepara para a batalha. Com a ajuda de seus monges psíquicos, ela segura Tetsuo enquanto Kei se prepara. Ela voa até o satélite SOL e, guiada por Lady Miyako, dispara o laser em Tetsuo.

Tetsuo desperta seu poder máximo e inicia uma destruição semelhante àquela causada pelo despertar de Akira. Para evitar mais uma catástrofe, Masaru e Kiyoko convencem Akira a utilizar seus poderes supremos para absorver o corpo e a mente de Tetsuo definitivamente. Consequentemente, Kaneda também começa a ser absorvido por Akira. Durante o evento, Kaneda tem acesso às lembranças de Tetsuo, e encara todos os momentos ruins pelos quais seu amigo passou. Ao mesmo tempo, Kaneda percebe o quanto era importante para Tetsuo, e o quanto Tetsuo era importante para ele. Kei surge em forma espectral para resgatar Kaneda antes que ele seja absorvido por Akira.

O final mostra uma nova Neo-Tokyo governada pelo Império de Tóquio, agora liderado por Kaneda, que recusa o apoio ou a intervenção do governo e declara a cidade um império independente. Assim, Kaneda segue pelas ruas de Neo-Tokyo sempre tendo na lembrança seus bons e velhos companheiros de gangue.

 

1- O filme é composto de 2.212 fotos e 160.000 imagens únicas, que é 2/3 vezes mais do que uma animação normal. Foram usadas 327 cores diferentes, o que é um recorde para filmes de animação. Cerca de 50 dessas cores foram criadas exclusivamente para o filme. Uma razão para todos estes detalhes terem sidos concluídos é que o trabalho foi realizado a noite aumentando assim a percepção dos animadores para novas cores.

2- O filme se passa no ano de 2019 em Neo-Tokyo, nela é mostrado a construção de um novo estádio Olímpico. Vale lembrar que Tóquio foi escolhida para sediar os Jogos Olímpicos 2020.

3- Este foi um dos primeiros filmes em anime a ter as vozes gravadas antes de a animação ficar pronta. É normal encontrar a dublagem antes da animação em trabalhos americanos, no Japão é mais comum o contrario, onde animação é feita depois inserido a dublagem.

4- A trilha sonora do filme foi concluída antes de qualquer um dos compositores ter assistido algo sobre o filme ou até mesmo ler o roteiro. Por causa disso,  a música teve de ser editado para ser encaixada em algumas cenas.

5- Na cena em que Kaneda está escolhendo músicas no Jukebox, você pode ver os logotipos de algumas bandas famosas do Rock Clássico como: Led Zeppelin e The Doors.

 

6- O orçamento da produção foi de quase US$ 10 milhões, o que foi um recorde para um filme de animação japonesa para época.

7- Em algum momento da década de 1990, a Sony encantada com o sucesso da produção, tentou fazer um filme live action, mas desistiram da ideia quando o orçamento inicial bateu a casa US$ 300 milhões. Hoje em dia, apesar de algumas informações, ainda sim está difícil da produção decolar.

8- Na cena do motim, quando Kei é empurrado por um homem, ele está vestindo uma camisa estampada “Young Magazine ‘. Estenome é o mesmo da revista Young Magazine onde Akira era lançado no formato bimestral da época.

Young Magazine

9- Katsuhiro Otomo originalmente criou o mangá de AKIRA como uma homenagem ao mangaká Mitsuteru Yokoyama, que criou Tetsujin nijûhachi-go em 1963. Ele também é conhecido como Tetsujin 28. Ambos Akira e Tetsujin 28 tem um personagem principal chamado Shotaro Kaneda e Akira. O numero 28 no nome tem referencia a designação do robô, o Nº 28.

Aiyo_no_Shisha_Tetsujin_Nijūhachi-gō

10- A dublagem de Kaneda no idioma americano é feita por Johnny Yong Bosch, conhecido por interpretar  Adam, o Ranger Preto em Mighty Morphin Power Rangers de 1993 e ainda tem uma banda de Rock nos EUA.johnny-yong-bosch

Fontes: http://www.animexis.com.br

Wikipedia

 

Artigos relacionados

SDCC | Resumão Comic Con Internacional até 23 de J... Conhecido como o maior evento de marketing nerd no mundo e esperado por muitos para o pontapé inicial de mais um ano de lançamentos entre filmes e sér...
Confira a lista das 10 séries mais vistas na Netfl... Os assinantes do Netflix ficaram bem assustados com os cancelamentos de The Get Down e Sense8, vale lembrar que a série Sense 8 teve um retorno incrív...
Supernatural ganha grupo de discussão exclusivo no... Os fãs da série agora podem participar do fórum e saber das novidades em primeira mão Buscando cada vez mais estar próxima do seu públi...
Ninja Jiraiya, BLANC7, Bruno Sutter e mais de 100 ... Tradicional evento de cultura japonesa recebe remodelagem inovadora, novo formato e deve surpreender público de 70 mil pessoas em São Paulo Anime F...
Ghost in the Shell | Scarlett Johansson leva fãs d... Scarlett Johansson, Takeshi Kitano, and Rupert Sanders getting interviewed during the Ghost in the Shell Fan Event at Tabloid in Tokyo, Japan Novembe...

Adicione seu comentário


Powered by Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *